Início » Alimentos Saudáveis » Pimenta vermelha: benefícios, usos e malefícios

Pimenta vermelha: benefícios, usos e malefícios

pimenta vermelha

A pimenta vermelha fazem parte da família Solanaceae, ela é tipicamente usada em varias receitas por todo o mundo, em vários formas. tais como molhos quentes, sopas, pratos de carne ou em alimentos grelhados para ganhar o seu sabor distinto.

Graças a essas vantagens, a planta já está classificada como alimento funcional, o que significa que, além de seus nutrientes, possui componentes que promovem e preservam a saúde.

Além disso, a pimenta vermelha deve ser sempre consumido em quantidade moderada, pois pode causar problemas digestivos graves.

Pimenta vermelha:  benefícios, usos e malefícios
pimenta vermelha

Benefícios da pimenta vermelha para saúde:

Além disso, esta pimenta é um alimento de baixa caloria pois ela fornece apenas 40 calorias por 100 gramas de seu consumo. Ela  também é rica em carboidratos e fibras alimentares.

As vitaminas como a vitamina A, vitamina B6 e vitamina C. Além de Alguns minerais tais como magnésio, ferro e potássio são encontrados na pimenta vermelha, ela também possui  a capsaicina é um composto é responsável para o calor fornecido pelo mesmo.

  • Contém efeito antioxidante;
  • Facilita sigestão;
  • Acelera o metabolismo;
  • Ajuda emagrecer;
  • Controla o colesterol;
  • Previne do câncer;
  • Combate a diabetes;
  • Atua no sistema circulatório;
  • Afasta a depressão;
  • Alivia dores;
  • Contém ação anti-inflamatória.

Usos da pimenta vermelha:

É comumente usada em saladas, carnes ou para temperar o feijão. Além disso, a quantidade diária de consumo recomendada é de 3g (no caso da pimenta em pó ou ½ pimenta.

Para que os benefícios  da pimenta vermelha  termogênico natural no regime sejam sentidos, é importante que o consumo seja feito de forma regular. Uma dica é colocar a pimenta numa salada, picotar e espalhar na comida. Fazendo assim seu estômago vai agradecer muito!

Contra-indicação:

Quem sofre de gastrite ou hemorroidas deve consumir esta pimenta com muita cautela, pois poderia ver o problema piorar. Não existem evidências, contudo, de que o uso da pimenta possa causar úlceras ou problemas digestivos, quando ingerida misturada na alimentação.

Uma vez que existem algumas contra indicações como as já mencionadas, é fundamental portanto que qualquer um que queira utilizar a pimenta como auxiliar na perda de peso passe antes por uma avaliação nutricional.

O nutricionista irá então indicar a quantidade ideal a ser consumida, além de orientar o paciente quanto à adoção de um cardápio saudável e equilibrado.

Formado em Comunicação Social, especialista em jornalismo digital e SEO, responsável por criar diversos projetos na internet, afim de levar conhecimento à todos sobre saúde, beleza, bem estar, natureza e entretenimento.

3 comentários

  • […] Erva de Bicho, também conhecida por pimenta d’água, pimenta do brejo, persicária, capiçoba, cataia ou curage é uma planta medicinal muito utilizada para […]

  • […] pimentão, aipo, rabanete, pimenta, cebola, quiabo e vagem. Na coloração vermelha e verde possuem grandes quantidades de […]

  • […] Pimenta. […]

Deixe um comentário