Benefícios das Plantas

Bonina – o que é, benefícios e como usar!

bonina

A bonina é uma planta herbácea, florífera e perene, conhecida no mundo todo por suas propriedades medicinais e ornamentais. Suas folhas são verdes, espatuladas, carnosas, com margens crenadas ou serradas, pubescentes e dispostas em roseta basal. Além disso, as inflorescências despontam acima da folhagem, são do tipo capítulo, com pétalas em nuances róseas, brancas ou vermelhas e o centro amarelo brilhante.

bonina
bonina

Esta herbácea também é utilizada na medicina popular em forma de chá, no entanto, a bebida nunca deve ser ingerida (sendo indicada apenas para uso externo), pois as sementes e raízes da bonina ou maravilha são venenosas.

Para que serve a bonina?

Nas folhas, e especialmente nas flores, concentra-se a maior parte dos seus princípios ativos medicinais: saponinas, tanino, ácidos orgânicos (málico, tartárico, acético, oxálico, etc.), sais minerais, insulina, e um óleo essencial. Desde o Renascimento, têm-se-lhe atribuído muitas propriedades, mas as únicas que se justificam, em virtude da sua composição, são as seguintes:

  • Depurativa, laxante e ligeiramente diurética.
  • Sudorífica, febrífuga (faz baixar a febre) e expectorante.
  • Tonificante e aperitiva (abre o apetite).
  • Vulnerária (cicatriza as feridas e cura as contusões), quando aplicada externamente.

Os Benefícios da bonina são indicados nos seguintes casos:

Doenças febris e infecciosas (gripe, bronquite, catarros, sarampo, escarlatina, parotidite, etc.). Facilita a eliminação das toxinas e resíduos produzidos pela infecção (com o suor e a urina), e tonifica o organismo, encurtando o período de convalescença.

Em caso de febre alta, recomenda-se colocar sobre a testa compressas com a decocção de flores e/ou folhas de bonina, além de ingeri-la por via oral. Além disso, traumatismos, contusões, entorses, furúnculos, chagas e, em geral, qualquer lesão da pele ou dos tecidos moles em que se requeira uma ação anti-inflamatória e cicatrizante.

Benefícios da bonina:

Graças às suas propriedades medicinais, a bonina pode ser utilizada no tratamento de afecções hepáticas, chagas, cicatrização, cólica, contusão, escoriações, feridas, herpes, leucorreia, manchas na pele, sarda, vermes e DST. As partes da planta também podem ser usadas como um excelente diurético e laxante, além da raiz conter propriedades afrodisíacas.

Como usar a bonina:

Para afecções da pele, coceiras e contusões, você deve colocar, em um pilão, duas colheres de sopa das folhas e flores de Maravilha. Amasse bem até que as folhas até que virem uma pasta. Esta deverá ser espalhada sobre a gaze ou pano e aplicada nas regiões afetadas. Com outro pano, cubra a região e fixe, deixando agir por toda a noite.

beneficios da bonina
benefícios da bonina

Para vermes, lombrigas e oxiúros, a receita é diferente. Em um pilão, coloque 1 colher de sopa de açúcar e 1 colher de sobremesa da raiz fatiada. Amasse e em seguida adicione 1 xícara de água fervente. A mistura deve ficar abafada por aproximadamente 10 minutos. Em seguida, coe e consuma sempre 1 xícara de manhã, ainda em jejum.

Efeitos colaterais:

Não utilizar sementes e raízes da bonina, pois são venenosas, devido a substâncias neurotóxicas. Por isso, nunca consuma o seu chá e apenas inicie um tratamento sob orientação médica.

Formado em Comunicação Social, especialista em jornalismo digital e SEO, responsável por criar diversos projetos na internet, afim de levar conhecimento à todos sobre saúde, beleza, bem estar, natureza e entretenimento.

1 comentário

  • Gostaria de compreender melhor o uso da BONINA para fins medicinais, se o texto traz a informação de que as raízes e as sementes são venenosas, então porque a recomendação do uso das raízes para o tratamento de parasitas (vermes)?

    Ficou confuso nesse sentindo, porque hora condena o uso (para ser ingerido), porém mais a frente é recomendado o uso das raizes para ingestão.

    Grata pela atenção.

Deixe um comentário