Pescada – O que é, Benefícios e Como Preparar

Pescada – O que é, Benefícios e Como Preparar

Revisado por

Nutrição - CRN6-MA 16199

A Pescada é um peixe rico em nutrientes como todos os outros, o diferencial é que a Pescada é muito mais acessível, o que facilita o seu consumo. Então para que você se beneficie com todos os seus inúmeros nutrientes, trouxemos algumas dicas e informações sobre a Pescada.

De pouco em pouco, o brasileiro está botando peixe no prato. Pelos dados oficiais, o consumo per capita cresce modestamente e hoje chegamos a 10,6 quilos por ano – índice abaixo do preconizado pela Organização Mundial da Saúde, que é 12 quilos.pescada

Embora a FAO, o braço das Nações Unidas para alimentação, estime uma ingestão nacional de 14,5, ainda assim ficamos aquém da média global, que beira 20 quilos anuais por pessoa. E um deses peixes que traz tantos benefícios é a Pescada, que é bem comum no Brasil.

O que é a Pescada

A Pescada e a Pescada Amarela (Cynoscion acoupa) são espécies de peixe de escamas com corpo alongado, subcilíndrico pouco comprimido, cabeça moderada, sem barbilhão no queixo. Boca inclinada, o maxilar inferior projetando-se um pouco à frente do superior. Dentes caninos com um par anterior no maxilar superior maior que os demais.

Dorsal espinhosa e mole com profundo entalhe entre elas, mas unidas na base, bastante próximas. Escamas ctenóides, rastros longos. Caudal romboidal em adultos. Linha lateral prosseguindo pelos raios centrais da caudal, como toda a família.

Segundo espinho da dorsal maior que os demais, característica da espécie. Coloração amarela. Pode alcançar 1 m de comprimento e 30 Kg de peso. É muito apreciada como alimento, sendo importante na pesca comercial. Veja a seguir os principais Benefícios da Pescada:

1. Benefícios da Pescada Para Evitar a Doença de Alzheimer:

A deterioração das funções cerebrais é uma das principais consequências do processo de envelhecimento. Embora isso seja normal até certo ponto, existem doenças degenerativas mais graves, tais como alguns tipos de câncer ou doença de Alzheimer. Nos últimos tempos, os estudos têm mostrado que pessoas que comem Pescada regularmente têm menores taxas de declínio cognitivo.

Esse resultado pode estar associado à matéria cinzenta, um dos principais tecidos funcionais no cérebro, onde os neurônios processam informações e armazenam memórias: um estudo recente mostrou que as pessoas que comem Pescada toda semana tem uma maior concentração de matéria cinzenta que aquelas que não o consomem.

receita com pescada

 

2. Reduz o Risco de Doenças Cardíacas:

Infartos e acidentes vasculares cerebrais (AVC) são duas das principais causas de morte prematura em todo o mundo. Vários estudos têm mostrado que pessoas que consomem Pescada  regularmente têm menor risco de ataque cardíaco, derrame ou morte por doença cardíaca.

Os cientistas acreditam que a Pescada é mais benéfica para o coração por causa de sua alta concentração de ômega 3 e, portanto, para reduzir o risco de doenças cardíacas em até 20%, recomenda-se comer duas ou três porções de Pescada por semana.

3. Benefício da Pescada Para o Desenvolvimento:

Pescada é rica ômega 3, e ele é essencial para a fase de crescimento dos bebês, especialmente quando se trata do desenvolvimento dos olhos e cérebro e, por esta razão, os médicos recomendam que grávidas ou lactantes incorporem mais Pescada à sua dieta.

Como alguns tipos de peixes, como a Pescada têm concentrações elevadas de mercúrio, que está associado à complicações no desenvolvimento do cérebro, é importante que as mulheres grávidas limitem o seu consumo aos tipos de peixe com níveis mais baixos desse mineral, tais como salmão, Pescada, truta e sardinha, em porções de não mais que 340 gramas por semana.

4. Fornece Nutrientes Vitais Para o Corpo:

Em geral, todos os peixes são benéficos para a saúde, pois contém os nutrientes mais importantes para o nosso corpo, incluindo proteínas complexas, iodo, e várias vitaminas e minerais. No entanto, é impossível negar que alguns peixes são melhores que outros, como a Pescada.

Os Peixes gordos estão entre os mais recomendados devido ao seu alto teor de nutrientes lipídicos, tais como a vitamina D, um nutriente que atua como um hormônio esteróide, e do qual muitas pessoas não possuem o suficiente.

Além disso, esses tipos de peixe são uma excelente fonte de ômega 3, um ácido graxo essencial para o funcionamento do corpo e do cérebro, e a prevenção de várias doenças.benefícios da pescada

Receitas com Pescada

Filé de Pescada Super Fácil

Ingredientes

  • 400g de filé de Pescada ou qualquer peixe branco
    3 gemas
  • 3 limões (suco)
  • 1/2 cebola picada opcional
  • 2 dentes de alho picados
  • sal
  • Pimenta do reino
  • Cheiro verde

Modo de Preparo:

  • Bata com um garfo as gemas com o suco dos limões , o sal a pimenta o alho e a cebola.
  • Coloque a Pescada em um refratário e a mistura líquida por cima leve ao formo por 20 minutos.
  • Quando estiver pronto salpique cheiro verde picado e sirva.
  • É uma receita fácil, rápida e gostosa.

Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

INFORMAÇÃO DO AUTOR: Ana Karolynne Goncalve

Sou graduada no curso de Nutrição pela Universidade Federal do Maranhão(UFMA), CRN6-MA 16199, com Mestrado na área da Nutrição Clínica com relação ao metabolismo, prática e terapia nutricional, realizado também na Universidade Federal do Maranhão(UFMA), Atualmente trabalho no campo de pesquisa sobre a Qualidade e Inovação em Alimentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *