Infertilidade – O que é, Causas, Sintomas e Tratamentos!

Revisado por

Nutrição - CRN6-MA 16199

Infertilidade – O que é, Causas, Sintomas e Tratamentos!
5 (100%) 2 vote[s]

Infertilidade – O que é, Causas, Sintomas e Tratamentos desse mal que vem atingindo milhares de pessoas tanto homens quanto mulheres. Além do que, a Infertilidade se caracteriza quando depois de um ano de tentativas de gravidez, um casal não consegue engravidar naturalmente.

Infertilidade causas

Após este período é preciso consultar um especialista em reprodução humana assistida que irá solicitar uma série de exames para identificar a causa da Infertilidade..

Nos casos em que a mulher tem idade superior a 35 anos, recomenda-se consultar um especialista após 6 meses de tentativas, assim como o especialista em reprodução humana também é o médico indicado para consultar em casos em que a gravidez acontece, porém por diferentes razões não se desenvolve até o nascimento do bebê, como é o aborto de repetição, por exemplo.

O que é a Infertilidade?

Infertilidade é a dificuldade de uma pessoa em se reproduzir. Geralmente, refere-se ao diagnóstico feito quando um casal não obtém gravidez mesmo sem o uso de qualquer método contraceptivo, após um ano de relações sexuais bem distribuídas ao longo do ciclo menstrual.

Em condições normais, um casal em idade fértil que mantenha relações sexuais completas, sem utilizar qualquer método contraceptivo, costuma levar alguns meses ou até mais de um ano para obter a gravidez desejada, gerando a concepção errada de Infertilidade.

Aproximadamente, a chance de um casal fértil engravidar é de 15 a 25% por mês, e após um ano de tentativas essa taxa cumulativa será de aproximadamente 80%. Por isso, é necessário esse tempo de espera para iniciar uma investigação sobre Infertilidade.

Causas da Infertilidade:

Existem diversas causas da Infertilidade feminina. O fator preponderante no prognóstico dos tratamentos, contudo, é certamente a idade, que está relacionada diretamente à quantidade e qualidade de óvulos. A faixa etária em que a fertilidade é ótima para a mulher é por volta dos 20 a 30 anos de idade.

Apenas 3,5% dos casais cujas mulheres tem menos de 25 anos de idade são inférteis. Aos 35 anos esta taxa já chega a 11% e aos 45 anos a altos 87%.

Aos 50 anos, praticamente todas são inférteis. É fato que podemos encontrar mulheres que engravidam nesta idade mais avançada de maneira natural, mas são eventos raros aos 45-50 anos ou mais de maneira natural, e a taxa de abortamentos espontâneos é muito alta.

Nesta idade é quase impossível obter-se gravidez de modo artificial, com a fertilização in vitro (FIV), pois os embriões formados em sua maioria são defeituosos e não implantam ou ocorre o aborto precoce.

InfertilidadeDe qualquer forma, em casais com mulheres mais jovens, a causa da Infertilidade pode ser masculina (40%), feminina (40%) e mista (20%). Todo casal considerado infértil, tem uma causa de Infertilidade. É sempre muito importante pesquisar a causa da Infertilidade, porque esta pode ser a razão para não engravidar, mesmo com tratamentos de alta complexidade em reprodução assistida.

Como Prevenir a Infertilidade:

Existem alguns cuidados que o casal pode adotar para diminuir a possibilidade de Infertilidade da mulher, do homem e de ambos. Confira:

  • Praticar exercícios físicos regulares e sem exagero.
  • Ter boa alimentação e tratar desordens alimentares.
  • Proteger o casal das DSTs.
  • Planejar a gravidez antes dos 35, que é a idade em que a fertilidade feminina diminui.
  • Observar os dias férteis para aproveitar este período de maior chance de gravidez.
  • O homem deve evitar roupas muito apertadas, ficar sentado por longos períodos de tempo ou
  • trabalhar em locais muito quentes.
  • O abuso das pílulas do dia seguinte também
  • Cuidar da saúde de ambos, fazendo exames periódicos e tratando o que for necessário.

Tratamentos Para Infertilidade:

Os principais tratamentos para Infertilidade são aqueles que cuidam das possíveis causas de Infertilidade no homem, na mulher ou em ambos e também existem os tratamentos de reprodução assistida.

Entre as opções de concepção assistida, encontram-se a indução da ovulação, a fertilização in vitro (FIV), a injeção de um espermatozoide dentro de um óvulo (ICSI) e a inseminação intrauterina.

Estes tratamentos devem ser feitos com o acompanhamento de especialistas, em clínicas próprias para esse fim e pode-se considerar ainda a adoção um conjunto de ações para aumentar as chances de concepção.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *