Início » Doenças e Tratamentos » Os 5 sintomas da varicela e sinais para ficar em alerta!

Os 5 sintomas da varicela e sinais para ficar em alerta!

sintomas da varicela

A varicela é uma doença infecciosa altamente contagiosa causada por um vírus (herpesvirus varicellae ou V.Z.). Esta doença afeta principalmente crianças menores de 10 anos. A transmissão pode ocorrer através de gotículas de uma pessoa para outra por espirros, tosse ou ao compartilhar alimentos ou objetos.

sintomas da varicela e sinais para ficar em alerta
sintomas da varicela e sinais para ficar em alerta

Os primeiros sintomas da varicela (catapora) são: dor de cabeça, febre leve ou erupção cutânea. Com o tempo, os sintomas passam a ser característicos de infecção, com o aparecimento dos sinais cutâneos e, em particular, os famosos botões (lesões) da catapora. Estes botões então se transformam em bolhas cheias de líquido e secam, formando crostas.

A doença pode levar a complicações graves, especialmente em adultos devido ao risco pulmonar, cerebral (encefalite) ou na pele. As crianças também podem sofrer dessas complicações, mas nelas são muito mais raras. A catapora em uma mulher grávida pode levar a malformação fetal.

O que é varicela?

Também conhecida por “varicela”, a Catapora é uma infecção/virose causada pelo vírus Varicelazóster, da mesma família do Herpes (Herpetoviridae) e é altamente contagiosa, porém é benigna nas crianças, que são as mais afetadas. O termo “Catapora” tem origem no tupi tatapora, que significa “fogo que salta”, com a junção de tatá “fogo” e pora “pular”.

Quais as causas da varicela:

A varicela é causada pelo vírus Varicela-zóster, um integrante da família do herpes-vírus, que também é responsável pela herpes zóster (doença conhecida como cobreiro) em adultos. A Doença é facilmente transmitida para outras pessoas. O contágio acontece por meio do contato com o líquido da bolha ou por meio de tosse ou espirro.

Sintomas da varicela:

Os primeiros sintomas da varicela se caracterizam pela:

  1. Febre leve (menos de 38°C);
  2. Dor de cabeça;
  3. Diminuição do apetite;
  4. Fadiga;
  5. Dor de garganta.

Dois a três dias após os primeiros sintomas (notamos que eles não ocorrem necessariamente sempre) aparecem os sinais cutâneos da varicela, que são vesículas ou lesões (botões) de varicela.

Ressaltamos que levará cerca de quinze dias entre a contaminação do corpo pelo vírus e o aparecimento dos primeiros sintomas, falamos então do tempo de incubação da varicela.

Em geral, a Doença pode ser diagnosticada facilmente por um médico, em função das lesões visíveis e dos sintomas associados. Em caso de dúvida, nas pessoas com risco de complicações (grávidas,…), o médico poderá efetuar outros exames (teste viral,…).

Complicações:

As complicações em adultos pode causar complicações (infecções bacterianas secundárias pulmonares ou cutâneas bem como cerebelites e encefalites virais), especialmente nos imunocomprometidos ou em tratamento com cortisona.

Esta doença em crianças o risco de complicações graves em crianças é 10 vezes menor do que em adultos. Em caso de complicações, estas podem, assim como em adultos, afetar o pulmão, o cérebro e a pele.

sintomas da varicela
sintomas da varicela

Uma grávida que nunca teve varicela no passado ou que não foi vacinada deve evitar qualquer contato com pessoas contaminadas pela doença. Em caso desta doença em mulheres grávidas, consulte imediatamente o seu ginecologista ou médico.

Ressaltamos também que uma vez desenvolvida a doença, não é possível tê-la novamente (é possível, no entanto, desenvolver zona após algumas décadas).

Falamos então de imunização da varicela. De fato, o corpo fabricou anticorpos que vão poder atacar o vírus caso haja uma segunda infecção. A pessoa então não desenvolverá os sintomas em uma segunda infecção.

Medicamentos:

Aciclovir: receitado para pacientes acima de 12 anos de idade, com o sistema imunológico enfraquecido, como HIV positivos, em tratamento de câncer e gestantes.

  1. Paracetamol.
  2. Dipirona: para aliviar a febre.
  3. Polar amine: pomada antialérgica para reduzir a coceira.
  4. Loção de calamina.
  5. Géis que refrescam e aliviam a coceira.
  6. Anticépticos: em forma de sabonetes a base de triclosano.

Banhos com permanganato de potássio indicam melhora, mas não há estudos científicos que comprovem isso. O ideal é lavar a pele com água e sabão neutro.

Remédios caseiros para Varicela:

Outra forma de tratar esta Doença é em casa, e entre os cuidados estão:

Tomar até 3 banhos por dia, com água morna.Manter as unhas bem cortadas para evitar criar feridas na pele.
Evitar alimentos quentes ou muito salgados, devido às feridas na boca.

Formado em Comunicação Social, especialista em jornalismo digital e SEO, responsável por criar diversos projetos na internet, afim de levar conhecimento à todos sobre saúde, beleza, bem estar, natureza e entretenimento.

Deixe um comentário