Sarna – O que é, Causas, Sintomas e Tratamentos

Tudo Sobre Sarna – O que é, Causas, Sintomas e Tratamentos!

Revisado por

Biomédico pela UFRGS

Especialista do Cura Natural

Sarna – O que é, Causas, Sintomas e Tratamentos que você precisa ficar atento. Além disso, a Sarna é uma condição altamente infecciosa causada pelo parasita Sarcoptes scabie, transmissível pelo contato íntimo entre pessoas ou até mesmo através de roupas.

Esse parasita fica se alimentando da queratina, uma proteína que constitui a camada superficial da pele. Depois do acasalamento, a fêmea Sarcoptes scabie põe os ovos (seis em média por fêmea) que eclodem após duas semanas.

As lesões mais comuns causadas pelo parasita Sarcoptes scabie ocorrem entre os dedos das mãos e é, principalmente, a mão que serve de veículo para levar a escabiose a outros pontos do corpo, principalmente nádegas, cotovelo, axilas e coxas. Nos homens, a infecção é comum nos genitais e, na mulher, nos seios.

Sintomas de Sarna:

Os sintomas mais comuns de Sarna humana é o surgimento de uma coceira muito intensa na pele, que piora no período noturno. Principais sintomas:

  • Placas vermelhas na pele;
  • Linhas perto das bolhas que parecem caminhos ou túneis;
  • Coceira na pele que piora durante a noite;
  • Pequenas bolhas na pele, especialmente nas dobras.

Causas de Sarna:

Os ácaros responsáveis pela Sarna se refugiam  na pele, mas também podem estar presentes um terreno fértil para a sua reprodução vivendo em lençóis, roupas e colchões.

É pois evidente que a infecção ocorra por contato direto com uma pessoa infectada ou por algum objeto ou peça de roupa onde estejam os parasitas que provocam a Sarna.

Fatores de Risco Provocado Pela Sarna:

A Sarna pode atacar qualquer pessoa, de todas as idades, não havendo, todavia, fatores de risco específicos para se contrair a doença de Sarna.

O contágio por Sarna se dá unicamente e exclusivamente por meio do contato íntimo com a pele de uma pessoa infectada ou, também, por meio de roupas, como citamos acima.

Não há evidências de que Sarna possa ser transmitida pelo compartilhamento de piscinas ou de itens, como toalhas.

Tratamento Para Sarna:

O tratamento para Sarna é feito à base de inseticidas especiais, ou escabicidas. Seu uso é tópico, ou seja, local, e deve ser aplicado no corpo inteiro, exceto acima da linha do nariz e das orelhas, por até dois ou três dias.

É importante que a aplicação seja repetida depois de sete a dez dias para combater os ácaros provenientes dos ovos que ainda não haviam eclodido na primeira aplicação.

Todos seus familiares devem ser tratados simultaneamente para evitar a reinfestação dos ácaros. Já existem remédios por via oral que também são eficientes no tratamento da Sarna.

Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

INFORMAÇÃO DO AUTOR: Kaio Rodrigues

Sou Biomédico formado pela Universidade Federal do Estado do Rio Grande do Sul (UFRGS). Tendo formação técnico-científica, com conhecimento do organismo humano tanto nos seus aspectos estruturais (células, tecidos e órgãos), quanto funcionais.

O campo de atuação do biomédico engloba toda a interface entre a biologia e a medicina clínica propriamente dita. Está apto a auxiliar no diagnóstico e avaliar clínico-laboratorialmente as doenças, os agentes etiológicos e os vetores e também exerço a função de Editor no site "Dicas de Saúde".

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *