Chá de Papoula – O Que é, Benefícios e Como Usar

Revisado por

Graduado em Ciências da Nutrição!

Especialista do Cura Natural

Chá de Papoula – O Que é, Benefícios e Como Usar
4.8 (96.67%) 6 vote[s]

Chá de Papoula – O Que é, Benefícios e Como Usar todos os seus nutrientes. Alem disso, planta da família Papaveraceae, a papoula, também conhecida como papoula dormideira, é a planta usada para obter o ópio. De nome científico Papaver somniferum L., sua flor pode ter coloração branca, rosa, arroxeada ou vermelha.

Seu látex, bastante semelhante ao da seringueira, extraído do fruto ainda verde da papoula, contém morfina, codeína, papaverina e outras substâncias, e é o que chamamos de ópio.

Benefícios do Chá de Papoula:

A papoula possui efeitos relacionados ao sono, pois contém alcaloides de ação sedativa. É muito usada em infusões para eliminar sintomas relacionados à ansiedade e ao estresse, além de tratar tosses, asma, coqueluche, bronquites, e de ser indicada para quem está com as vias aéreas inflamadas.

Além disso, pode ser usada ainda para combater dores de dente, pois suas pétalas, quando preparadas em infusão, possuem ação analgésica.

Possui propriedades narcóticas e hipnóticas, por isso seu consumo deve ser controlado. É preciso seguir corretamente as doses indicadas para evitar quaisquer problemas. Ao ser cultivada em casa, mantenha longe do alcance de crianças e animais.

Receita Chá de Papoula:

A infusão deve ser feita com a proporção de 6 pétalas de papoula para cada xícara de água. Ferva a água, desligue o fogo e adicione as pétalas, deixando descansar por dez minutos. Consuma no máximo três xícaras ao dia.

O xarope pode ser feito com a infusão preparada com 170 ml de água e 10 g de pétalas secas. O preparo é igual ao citado anteriormente, devendo ser coado em seguida.

Acrescente 340 g de açúcar mascavo e misture até adquirir consistência de xarope. Consuma entre duas e quatro colheres de sobremesa antes de dormir.

Contraindicações:

O uso prolongado é contraindicado, pois pode causar dependência pela presença de morfina.

Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

INFORMAÇÃO DO AUTOR: Rafael Cardoso

Com mais de 5 anos de experiência, Rafael Almeida é Graduado em Ciências da Nutrição pela Universidade Ceuma desde 2012. Atua em Atendimento Clínico-Nutricional, com foco no bem estar e qualidade de vida do paciente, através da reeducação alimentar e acompanhamento nutricional, com planos alimentares personalizados, de acordo com o objetivo e avaliação clínica individual, comprometido com o sucesso do tratamento de seus pacientes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *