Varizes – O que é, Causas, Sintomas e Tratamentos

Varizes – O que é, Causas, Sintomas e Tratamentos!

Revisado por

Dr. Valeria Carneiro Graduada em Ginecologia e Obstetrícia!

Especialista do Cura Natural

Varizes – O que é, Causas, Sintomas e Tratamentos para acabar de vez com este mal. Além disso, as Varizes, ou veias varicosas, são veias dilatadas, alongadas e tortuosas. Além de serem prejudiciais à estética, as varizes podem causar dor, cansaço e sensação de peso nas pernas. As varizes aparecem mais comumente nas pernas, porém podem ocorrer em outras partes do corpo. Veias são vasos sanguíneos que carregam sangue dos tecidos do corpo ao coração. Elas têm válvulas que ajudam o sangue a fluir em direção ao coração.

Quando essas válvulas não funcionam corretamente, o sangue retorna e forma poças nas veias. Isso então faz as veias incharem e forma as varizes. Geralmente as varizes não causam problemas médicos. Porém, ocasionalmente podem requerer tratamento para dor, problemas de pele, coágulos sanguíneos ou outras complicações. Pessoas muitas vezes fazem tratamento para varizes por razões cosméticas.

Quais São as Causas das Varizes?

Nem todo mundo tem varizes, mesmo quando estão expostos às situações que, em outras condições, as causariam. Estima-se que no Brasil 18% das pessoas tenham varizes, a maioria delas do sexo feminino. Com o passar do tempo e devido a fatores hereditários, as veias diminuem a sua elasticidade normal e as válvulas venosas perdem sua eficiência. Com isso, o sangue passa a ficar parado ou mesmo a refluir dentro das veias, provocando a dilatação delas.

Outros fatores que favorecem o aparecimento de varizes:

  • Obesidade.
  • Traumatismos nas pernas.
  • Sedentarismo.
  • Gravidez.
  • Tabagismo.
  • Exposição ao calor.
  • Pílulas anticoncepcionais e reposição hormonal.

Quais são os Sintomas da Varizes?

Na maioria das vezes as varizes não provocam sintomas e o principal problema que causam é de natureza estética. No entanto, alguns sinais e sintomas podem ser mencionados:

  • Presença de veias tortuosas, azuladas, visíveis sob a pele.
  • Grupamento de finos vasos avermelhados, também visíveis sob a pele.
  • Sensação de queimação nas pernas e planta dos pés.
  • Inchação predominante nos tornozelos e ao final do dia.
  • Prurido ou coceira.
  • Sensação de fadiga nas pernas.
  • Sensação de peso nas pernas.
  • Cãibras.

Nas mulheres, esses sintomas tendem a piorar durante a menstruação e a gravidez.

Fatores de Risco das Varizes:

Os fatores que aumentam o risco de desenvolver varizes incluem:

  • Gravidez
  • Ser do sexo feminino
  • Idade avançada
  • Excesso de peso e obesidade
  • História familiar de varizes
  • Passar muito tempo em pé
  • Condições que aumentam a pressão no abdômen, tais como doenças do fígado, líquido no
  • abdômen ou insuficiência cardíaca
  • Fístulas arteriovenosas
  • Passado de Trombose venosa Profunda.

Tratamento Para as Varizes:

As varizes de perna podem ser tratadas pela remoção cirúrgica das veias comprometidas ou esclerose delas por meios químicos ou por raios Laser. O procedimento cirúrgico é rápido, o tempo de hospitalização é curto e a recuperação pode ser feita em casa. As veias superficiais podem ser necrosadas pela injeção de drogas, a fim de que não mais conduzam sangue e se estabeleça uma circulação colateral não varicosa e se criem novos vasos.

Esse procedimento, no entanto, não é indicado para tratar varizes maiores, nem para as que sejam profundas. Depois da recuperação, deve-se caminhar diariamente para estimular a circulação do sangue e o crescimento de novos vasos. Quando pisamos, o sangue acumulado nos pés é bombeado para cima e o mesmo acontece quando exercitamos os músculos da panturrilha. Por isso, caminhar é muito importante para prevenir ou tratar as varizes.

Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

INFORMAÇÃO DO AUTOR: Valeria Carneiro

Dr. Valeria Carneiro Graduada na Universidade Federal de Minas Gerais em Medicina Especializada em Ginecologia e Obstetrícia, Pós Graduada no Departamento de Ginecologia na UNIFESP/ EPM a 2 anos, Experiencia clinica em patologias do trato genital feminino e foco em cirurgias ginecológicas como também especialista em partos normais e cirúrgicos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *