Cisto no Ovário – O que é, Sintomas e Tratamentos

Cisto no Ovário – O que é, Sintomas e Tratamentos!

Revisado por

Nutrição - CRN6-MA 16199

Cisto no Ovário – O que é, Sintomas e Tratamentos que não devem ser ignorados. além disso, o Cisto no Ovário, também conhecido como cisto ovariano, é uma bolsa cheia de líquido que se forma dentro ou ao redor do ovário, podendo provocar dor na região pélvica, atraso na menstruação ou dificuldade para engravidar.

Geralmente, o Cisto no Ovário é benigno e desaparece passado alguns meses sem necessitar de tratamento, no entanto, caso apresente sintomas, pode necessitar de tratamento médico. Então, confira sobre Cisto no Ovário – O que é, Causas e Tratamentos:

O que é Cisto no Ovário?

Os cistos ovarianos são uma espécie de bolsas de líquido benignas que se formam no ovário ou sobre ele. Os mais comuns são os cistos funcionais, que se formam durante o ciclo menstrual no qual não se consegue liberar o óvulo que, em seguida, causa a menstruação. Esse líquido que não deixa os seus ovários é o que forma o cisto.

Sintomas do Cisto no Ovário?

Cisto no Ovário geralmente não apresentam sintomas na maioria dos casos. Se existem sintomas, estes são:

Tipos de Cistos no Ovário:

Os principais tipos de cistos no ovário incluem:

  • Cisto de corpo lúteo: pode surgir após a liberação do óvulo e, normalmente, desaparece sem tratamento. Seu tamanho varia entre 3 e 4 cm e pode se romper durante o contato íntimo, mas não é necessário tratamento específico, mas se houver dor intensa, queda da pressão e batimento cardíaco acelerado, pode ser necessário retirar através de cirurgia por laparoscopia.
  • Cisto folicular: forma-se quando não há ovulação ou quando o óvulo não sai do ovário durante o período fértil. Geralmente, não apresenta sintomas e não necessita de tratamento. Seu tamanho pode variar de 2,5cm à 10 cm e normalmente diminui de tamanho entre a 4 a 8 semanas, pois não é considerado câncer.
  • Cisto de Teca-luteína: Acontece raramente, sendo mais comum nas mulheres que tomam remédios para engravidar.
  • Cisto hemorrágico: acontece quando há sangramento na parede do cisto para o seu interior, podendo causar dor pélvica;
  • Cisto adenoma: cisto ovariano benigno, que deve ser retirado através de laparoscopia;
  • Cisto dermóide: também chamado de teratoma cístico maduro, que pode ser encontrado na criança, contendo cabelo, dente ou fragmento ósseo, sendo preciso laparoscopia;
  • Fibroma ovariano: é uma neoplasia mais comum na menopausa, o tamanho pode variar desde microcistos até pesarem até 23 kg, e devem ser retirados por cirurgia.
  • Endometrioma ovariano: surge em casos de endometriose nos ovários, necessitando ser tratado com remédios ou cirurgia.

Tratamento Para Cisto no Ovário:

Ter um Cisto no Ovário nem sempre é perigoso, e geralmente o tratamento é esperar que ele diminua de tamanho sozinho, sem necessidade de tratamento. No entanto, o Cisto no Ovário também pode ser tratado com a toma da pílula anticoncepcional adequada a cada caso, e quando provoca sintomas ou dificulta o funcionamento do órgão pode-se recomendar a cirurgia para retirada do cisto, sem retirar o ovário. No casos mais graves, em que o cisto é muito grande, apresenta indícios de câncer ou em caso de torção do ovário, pode ser preciso retirar completamente o ovário.

Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

INFORMAÇÃO DO AUTOR: Ana Karolynne Goncalve

Sou graduada no curso de Nutrição pela Universidade Federal do Maranhão(UFMA), CRN6-MA 16199, com Mestrado na área da Nutrição Clínica com relação ao metabolismo, prática e terapia nutricional, realizado também na Universidade Federal do Maranhão(UFMA), Atualmente trabalho no campo de pesquisa sobre a Qualidade e Inovação em Alimentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *