Xantoma – O que é, Causas, Sintomas e Tratamentos

Revisado por

Nutrição - CRN6-MA 16199

Xantoma – O que é, Causas, Sintomas e Tratamentos que todos devemos saber. Além disso, o Xantoma, ou xantelasma, é a formação “bolhas ou bolsas” com conteúdo rico em colesterol, que surge devido ao acúmulos de células contendo gorduras na pele ou tendões, geralmente, em pessoas que têm o colesterol ou triglicerídeos muito elevados.

Assim, o Xantoma não é uma doença, mas um sintoma associado a um defeito no metabolismo de gorduras e proteínas que carregam o colesterol no organismo, e podem surgir em qualquer local do corpo, mas são mais comuns nos cotovelos, joelhos, pés, coxas, mãos, pálpebras e glúteos.

O que é Xantoma:

Os Xantomas gástricos, também denominados xantelasmas ou ilhas de lipídios, são pequenos nódulos ou placas de coloração branco-amarelada que, na microscopia, representam grupos de macrófagos com citoplasma repleto de vacúolos com conteúdo lipídico (colesterol esterificado em todos os casos, associado a triglicerídeos em alguns casos).

Sem figuras de mitose ou atipias celulares, na lâmina própria da mucosa gástrica. Na maioria dos casos são lesões únicas, geralmente encontradas nas regiões do antro e piloro, especialmente ao longo da pequena curvatura, mas já foram descritos no esôfago, duodeno e jejuno.

Causas de Xantoma:

Xantomas são comuns, especialmente entre idosos e pessoas com lipídios elevados no sangue.
Os Xantomas variam em tamanho. Alguns são muito pequenos. Outros são maiores do que 7 cm de diâmetro. Estes aparecem em qualquer parte do corpo, mas são mais frequentemente vistos nos cotovelos, articulações, tendões, joelhos, mãos, pés ou nádegas.

Xantoma pode ser um sinal de uma condição médica que envolve um aumento de lipídios no sangue. Tais condições incluem:

  • Certos tipos de câncer;
  • Diabetes;
  • Hiperlipidemia;
  • Doenças metabólicas hereditárias, como a hipercolesterolemia familiar;
  • Cirrose biliar primária;
  • Pancreatite;
  • Hipotireoidismo.

Xantelasma palpebral é um tipo comum de Xantoma que aparece nas pálpebras, e que pode ocorrer sem qualquer condição médica subjacente, não podendo ser associado a um nível de colesterol ou de lípidos elevado.

Sintomas de Xantoma:

Um terço dos pacientes com esta doença gástrico é assintomático. Quando presentes, as manifestações clínicas são inespecíficas e muito variáveis e incluem plenitude pós-prandial, anorexia, náusea e dor epigástrica (dor no estômago). Porém, a relação de causa e efeito entre a lesão e os sintomas permanece duvidosa.

Tratamento Para Xantoma Gástrico:

O Xantoma gástrico ou xantelasma gástrico são bolsas amareladas de colesterol o lipídeos, com contornos um pouco irregulares, que podem medir 1 a 2 mm, localizados no estômago. Para tratar este tipo de Xantoma é necessário fazer exames de endoscopia e biópsia, e se forem descartados sinais de câncer no estômago.

Geralmente trata-se de uma situação benigna, e a conduta deve ser a observação, ou seja, deve-se acompanhar frequentemente para ver a evolução do problema. Entretanto, se há risco de formação de câncer ou sinais de piora do Xantoma, o médico poderá orientar a sua retirada, procedimento feito através de endoscopia.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *