Doenças e Tratamentos

Transtorno alimentar compulsivo – causas, sintomas e tratamentos!

transtorno alimentar compulsivo

O transtorno alimentar compulsivo são distúrbios de compulsão alimentar que é bastante comum, que pode afetar os homens e mulheres de todas as idades, o transtorno alimentar compulsivo geralmente afeta as mulheres no início da idade adulta e também em homens de meia idade.

transtorno alimentar compulsivo
transtorno alimentar compulsivo

Por estas razões, é importante compreender os fatores de risco e os sintomas do transtorno. Muitas vezes, as pessoas compulsivas escondem perfeitamente seus comportamentos.

O que causa o transtorno alimentar compulsivo? 

Os médicos não sabem o que exatamente causa distúrbios, mas uma combinação de genética, fatores biológicos, dieta à longo prazo e problemas psicológicos podem contribuir para essa desordem.

Histórico familiar: Caso um membro de sua família já tenha tido um transtorno, você pode ter herdado o gene que aumenta o risco de desenvolver um transtorno.

Problemas psicológicos: Muitas vezes, as pessoas que estão lutando contra a compulsão têm uma baixa autoestima e pensam negativamente sobre suas habilidades e suas realizações. Os desencadeantes comuns para transtorno alimentar compulsivo incluem estresse, imagem corporal fraca e tédio.

Dieta: A dieta pode ser ruim para o corpo e saúde mental. E muitas vezes, as pessoas que sofreram por longos períodos de tempo restringindo calorias e alimentos em geral – podem desencadear essa compulsão.

Idade: Afeta pessoas de todas as idades, mas na maioria das vezes a desordem é provocada no final da adolescência ou no início da década de 20.

Sintomas da compulsão alimentar: 

Embora a maioria das pessoas com transtorno alimentar compulsivo possua um excesso de peso e obesidade, você pode ter um peso normal e ainda ser afetado pela desordem. Para identificar o transtorno, procure os seguintes sinais e sintomas que são físicos e comportamentais:

Comer quantidades invulgarmente grandes de alimentos em um período de tempo relativamente curto (cerca de 2 horas).

  • Comer quando não está com fome, ou já está cheio.
  • Durante uma compulsão, comer muito rapidamente.
  • Comer até sentir-se desconfortável.
  • Comer sozinho, ou em segredo, frequentemente.
  • Ter sentimentos de vergonha, culpa, desa grado e depressão sobre comer.
  • Tentando nova dieta frequentemente e nem sempre perdendo peso.

Tratamentos: 

Muitas vezes, as pessoas com transtorno alimentar compulsivo compulsivo se tornam muito boas em ocultar esse problema. Além disso, mas caso conheça alguém que transmite os sinais e sintomas acima, é importante ter uma conversa aberta com essa pessoa sobre suas preocupações.

Você pode ajudá-los a ter o tratamento necessitado e, possivelmente, até auxiliá-lo a reconhecer um problema que até então não sabiam para pele. Além disso, o tratamento de um transtorno pode exigir certas terapias como terapia cognitivo-comportamental (TCC), terapia interpessoal (IPT), terapia dialética comportamental (DBT) ou farmacoterapia.

Drª. Wanessa Matos Dermatologista formou-se em Medicina na Unicamp e na mesma instituição realizou sua residência em Dermatologia, obtendo o título de especialista. Atua nas áreas de dermatologia clínica, cirúrgica e estética. Além disso, é sócio titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia, com registro no Conselho Regional de Medicina e Associação Médica Brasileira.

4 comentários

  • […] monetário. Ou seja, para o cleptomaníaco, o ato em si é mais importante do que o objeto. Este transtorno pode afetar tanto os homens quanto as […]

  • […] O consumo abusivo de determinados medicamentos também pode desencadear as crises de angústia. É o caso das anfetaminas, dos barbitúricos, assim como os ansiolíticos (instalação de um círculo vicioso).As drogas (cocaína, cannabis) podem levar a este distúrbio ou crises de pânico. As causas hormonais, como hipertiroidismo podem também provocar este transtorno. […]

  • […] de Pânico – O que é, Causas, Sintomas e Tratamentos que devemos conhecer. pois este transtorno é uma intensa onda de medo caracterizada por sua inesperada e debilitante, imobilizando a […]

  • […] casos casos, o processo de atear fogo é apenas considerado uma ação criminosa, sem qualquer transtorno […]

Deixe um comentário