Micose – O que é, Sintomas e Tratamentos

Revisado por

Dermatologia Graduada pela Unicamp

Especialista do Cura Natural

Micose – O que é, Sintomas e Tratamentos
4.8 (96.36%) 11 vote[s]

Micose o que é, Sintomas e Tratamentos que todos devem ficar atentos. Além disso, a micose é uma infecção da pele que é causada por bolinhas como fungos que vivem nos tecidos mortos de sua pele, cabelo e unhas. Você pode obtê-lo em qualquer um desses lugares – e em seu couro cabeludo.

MicoseQuando você começa entre os dedos dos pés, é o que as pessoas chamam de pé de atleta. Se se espalhar para a sua virilha, é conhecido como jock itch.

O que é Micose?

A micose é uma infecção cutânea muito infecciosa e comum que causa uma erupção cutânea vermelha em forma de anel. Ela é mais comum entre as crianças, mas pode afetar pessoas de qualquer idade.

O que Causa a Micose?

A micose não é causada por vermes. A infecção cutânea, também conhecida como tinea, é causada por fungos chamados dermatófitos. Os fungos são organismos microscópicos que podem viver dos tecidos mortos de sua pele, cabelo e unhas, como um cogumelo pode crescer na casca de uma árvore.

Ela é causada por um fungo que cresce na pele. Uma vez que o fungo é estabelecido, ele se espalha nos anéis. O centro do anel pode aclarar, enquanto um novo anel de infecção se desenvolve na borda do anel antigo.

Como Você Recebe Micose?

As crianças são mais propensas a obter esta infecção. A teia do couro cabeludo pode se espalhar de criança para criança quando as crianças compartilham chapéus, pentes ou escovas. Ela pode se espalhar pelo corpo através de toalhas, roupas ou equipamentos esportivos.

A higiene pessoal é importante para prevenir a sua propagação. Cães e gatos também podem ser infectados com micose e podem passar para pessoas através de contato direto.

Quais são os Sintomas da Micose?

Micose do Couro Cabeludo:

  • Pele seca e quebradiça ou perda de cabelo em manchas.
  • Comichão grave.
  • Manchas vermelhas e pequenas bolhas ou pele escamosa.

Micose do Corpo:

  • Manchas vermelhas de pequenas bolhas ou pele escamosa
  • Com frequentes apresentações de prurido grave

Consulte sua enfermeira ou médico de clínica médica se você tiver uma infecção da pele com molas vermelhas, prurido grave da pele ou couro cabeludo, uma erupção cutânea ou perda de cabelo.

Como eu Sei se eu Tenho Micose?

Seu médico provavelmente reconhecerá a característica erupção cutânea da micose. No entanto, ele ou ela também pode:

  • Olhe para a infecção com uma luz ultravioleta especial que pode detectar vestígios de materiais fluorescentes que ocorrem em uma infecção por micose
  • Raspe uma área da pele afetada e veja a amostra ao microscópio
  • Pegue uma amostra de raspagem de pele para cultura, para descobrir qual fungo está causando a infecção para selecionar o medicamento antifúngico mais efetivo

Quais são os Tratamentos Para a Micose?

Micose

O seu médico pode recomendar uma medicação antifúngica. Essas drogas funcionam para matar fungos e evitar que a condição volte. Você pode usar o agente antifúngico em sua pele como um shampoo, pó, creme ou loção medicado – ou você pode receber um comprimido para que a medicação possa se espalhar por todo o corpo. Você pode recomendar uma combinação desses tratamentos.

Como Posso Prevenir a Micose?

Uma boa higiene pessoal ajuda a prevenir a propagação da micose. Ensine seu filho a praticar boa higiene e geralmente não compartilhe pentes, escovas ou chapéus. As crianças também não devem compartilhar toalhas, roupas ou equipamentos esportivos que não foram devidamente limpos.

Micose também pode ser transmitida de um cão ou gato infectado, para evitar animais que parecem manchados ou com manchas carecas em seus pelos. Se você tem um animal que você acha que pode ter micose, leve-o ao veterinário para tratamento.

Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

INFORMAÇÃO DO AUTOR: Wanessa Mattos

Drª. Wanessa Matos
Dermatologista formou-se em Medicina na Unicamp e na mesma instituição realizou sua residência em Dermatologia, obtendo o título de especialista. Atua nas áreas de dermatologia clínica, cirúrgica e estética. Além disso, é sócio titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia, com registro no Conselho Regional de Medicina e Associação Médica Brasileira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *