Queilite – O que é, Causas, Sintomas e Tratamentos

Revisado por

Nutrição - CRN6-MA 16199

Queilite – O que é, Causas, Sintomas e Tratamentos que muitos desconhecem. Além a Queilite é uma inflamação nos lábios que pode ter diferentes apresentações, embora quase sempre com dor e comprometimento estético da região.

Fatores de Risco da Queilite:

  • Processo natural do envelhecimento, que provoca a queda da pele nos cantos da boca, favorecendo o acúmulo de saliva nesta região;
  • Ausência de dentes, que altera o angulação da boca, provocando efeito semelhante ao envelhecimento;
  • Uso de dentaduras mal adaptadas;
  • Uso de aparelhos odontológicos;
  • Candidíase oral;
  • Má higiene oral;
  • Alergia à pasta de dente ou a outros produtos dentários;
  • Problemas de pele que causem lesão ao redor da boca, como dermatite atópica, psoríase ou dermatite seborreica;
  • lábios ressecados, que favorecem o aparecimento de feridas;
  • Uso de drogas que ressecam a boca, como isotretinoína;
  • Compulsão por lamber os lábios, mantendo-os sempre úmidos e expostos a germes da boca;
  • Consumo excessivo de alimentos ricos em açúcar, que favorece o crescimento do fungo cândida;
  • Uso de corticoides inalatórios, que favorece o crescimento de germes na cavidade oral

Sintomas da Queilite:

  • Maior sensibilidade no canto da boca;
  • Pequenas rachaduras no canto da boca;
  • Dor, ardência e secura local;
  • Lesão se torna ainda mais sensível durante a alimentação com salgado ou ácido.

Diagnóstico da Queilite:

Em geral pode ser diagnosticada de forma inequívoca. No diagnóstico, o médico determina a extensão da inflamação. Para fazer isso, ele determina se há sintomas de outra doença, como uma infecção fúngica de toda a cavidade oral ou herpes ao redor da boca. Somente se o tratamento simples da Queilite com a ajuda de pomadas ou medicamentos não for bem-sucedido, outros testes serão realizados.

A primeira parte do tratamento para curar a Queilite é tentar eliminar ou corrigir problemas que estejam propiciando o seu aparecimento. Em muitos casos a simples eliminação dos fatores de risco da boqueira é suficiente para curar a Queilite angular. Nos idosos, o uso de uma prótese dentária adequada pode ser a única medida necessária.

Em muitos casos, todavia, só conseguimos curar a Queilite com remédios. O uso de pomadas pode resolver o problema da Queilite, mas é preciso antes investigar a presença de bactérias ou fungos nas lesões, pois a composição das pomadas muda conforme o germe que se quer tratar.

Prevenção da Queilite:

O uso de protetores solares labiais, evitar colocar objetos na boca e de morder ou lamber os lábios, limpeza e desinfecção das próteses dentárias.

É necessário se cuidar e se proteger, já que a Queilite em forma actínica pode evoluir para câncer, se não houver um acompanhamento e tratamento correto.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *