Nutrientes

Sais minerais – o que são, fontes e benefícios!

sais minerais

Diferentemente dos carboidratos, lipídios e proteínas, os sais minerais são substâncias inorgânicas, ou seja, não podem ser produzidos por seres vivos. Além disso, a sua maior parte está concentrada nos ossos. Entre os mais conhecidos estão o cálcio, o fósforo, o potássio, o enxofre, o sódio, o magnésio, o ferro, o cobre, o zinco, o selênio, o cromo, etc.

Estas substâncias inorgânicas possuem funções muito importantes no corpo e a falta delas pode gerar desequilíbrios na saúde. Contudo, há alguns minerais como, por exemplo, o alumínio e o boro, que podem estar presentes no corpo sem nenhuma função.

sais minerais
sais minerais

O que são sais minerais?

Os sais minerais são nutrientes que fornecem o sódio, o potássio, o cálcio e o ferro. Ao contrário do que muitos acreditam, a água que bebemos não é absolutamente pura. Ela contém pequenas quantidades de sais minerais dissolvidos.

Estes sais também precisam ser repostos continuamente. É por isso que a desidratação pode matar –a carência aguda de minerais prejudica o metabolismo, como a carência de potássio, que pode causar paralisia muscular, inclusive da musculatura cardíaca.

zinco, magnésio, cobre e selênio difícil imaginar que alguém possa comê-los, não é? Mas a verdade é que, ao fazermos uma refeição balanceada, ingerimos esses minerais e alguns outros, como ferro, cálcio, sódio, potássio, iodo e flúor. Eles desempenham um importante papel no controle do metabolismo ou na manutenção da função de tecidos orgânicos.

O cálcio e o flúor, por exemplo, formam e mantêm ossos e dentes. O cálcio ainda ajuda na coagulação do sangue e participa das contrações musculares. Estes dois minerais podem ser encontrados no peixe. Leite e derivados, além de ervilhas secas, verduras, feijões e castanhas também são ricos em cálcio.

Há alguma diferença entre os sais minerais?

Há uma divisão que se usa para separar os sais minerais, geralmente são divididos em macrominerais e microminerais. Os macrominerais são responsáveis pela formação dos ossos, regulação do nosso organismo e ajudam o sistema digestivo. Já os microminerais são aqueles que ajudam nas reações bioquímicas para fortalecer nosso sistema imunológico e possuem ação antioxidante também.

Principais sais minerais e suas funções:

1. Cálcio:

É o mineral mais abundante no organismo, sendo encontrado principalmente no esqueleto. Além de formar os ossos, é um nutriente essencial para a célula, pois controla a permeabilidade da membrana. Além disso, o cálcio é importante para a contração muscular, liberação de hormônios, coagulação do sangue, entre outras funções.

2. Ferro:

Esse mineral participa, entre outras funções, da formação das hemoglobinas, um pigmento que tem a função de transportar oxigênio. Além disso, faz parte da mioglobina, que armazena oxigênio no músculo, e participa da respiração celular.

3. Flúor:

Esse mineral destaca-se principalmente por prevenir problemas dentários e ósseos, mas atua também em tecidos e células.

4. Fósforo:

Esse mineral é encontrado principalmente no esqueleto juntamente ao cálcio, formando os ossos. Além dessa função, participa da constituição das membranas celulares (fosfolipídeos), de atividades enzimáticas e fornece energia sob a forma de ATP (adenosina trifosfato).

5. Iodo:

Mineral que faz parte da composição dos hormônios da tireoide e atua nos sistemas cardiovascular, esquelético, respiratório e urinário. Resumidamente, pode-se dizer que o iodo é importante para o crescimento e desenvolvimento dos organismos.

6. Magnésio:

É um sal mineral importante, apesar de menos abundante, atuando em atividades enzimáticas, duplicação dos ácidos nucleicos, síntese de vitamina D, transmissão de influxo nervoso, trocas iônicas da membrana celular, entre outras funções.

7. Potássio:

Com o sódio, atua no funcionamento das células nervosas (Bomba de Sódio/potássio). Além disso, contribui para o metabolismo, regulação da quantidade de água no organismo, produção de proteínas e glicogênio, excitabilidade neuromuscular, controle da pressão sanguínea, entre outras.

8. Sódio:

Participa do funcionamento das células nervosas com o potássio (Bomba de Sódio/potássio). Esse mineral também forma o sal de cozinha e participa da absorção de aminoácidos, glicose e água.

Quais são os alimentos ricos em sais minerais:

1. Nozes:

Além disso, as nozes são uma das fontes principais para 7 dos 8 minerais essenciais. Estes incluem cálcio, cobre, ferro, fósforo, magnésio, selênio e zinco. As nozes também são um lanche saudável para reduzir o colesterol, no entanto elas tem bastante calorias, por isso tente não ingerir mais de 1 ou 2 porções pequenas por dia.

2. Folhas verdes:

Os frisos de folhas escuras são uma fonte muito boa de nutrientes. As folhas verdes são uma excelente adição de baixa caloria para qualquer refeição e, obviamente, fazem muito bem a saúde. Devem ser consumidos principalmente espinafre, couves, acelgas suíças e nabos.

o que sao sais minerais
o que sao sais minerais

3. Sementes:

As sementes possuem bastante minerais e nutrientes. Assim como as nozes, as sementes são repletas de nutrientes, no entanto cheia de calorias, por isso a recomendação é a mesma.

Não ultrapasse mais que uma ou duas porções pequenas por dia. Além disso, você pode consumir as sementes de girassol, de linho e de abóbora; além de fazerem bem para o seu organismo ainda são bastante saborosas.

4. Mariscos:

Os mariscos são fontes de cobre, ferro, fósforo, selênio e zinco. Eles também possuem altos níveis de ácidos graxos ômega 3, que são saudáveis ​​para o coração, além de conterem a Vitamina B12. Os moluscos que mais possuem nutrientes são as ostras, vieiras, mexilhões e amêijoas.

5. Peixes:

Os peixes, assim como os moluscos, também são uma fonte importante de proteínas e ácidos graxos ômega 3. Os peixes ricos em minerais incluem o salmão, atum e cavala.

6. Abacate:

Os abacates são gorduras muito boas e são ótimos para o bom colesterol. Os abacates estão cheios de gorduras saudáveis ​​para o coração, e fazem uma adição saborosa para qualquer salada ou sanduíche. E mesmo como guacamole, junto a diversos ingredientes com bastante nutrientes, é bem saboroso.

Outros tipos de sais minerais:

Sabemos que além desses que foram citados acima, o nosso corpo precisa de outros sais minerais como o cromo, o boro, o cobre, o manganês, o enxofre, o silício, o vanádio, molibdênio e o cloreto. Estes não foram citados por serem necessários em quantidades muito pequenas, o que já é encontrado numa alimentação normal.

Sou graduada em Ciências Farmaceuticas pela Universidade Federal do Piaui (UFPI), com pós graduação em Fármaco e Medicamentos pela Universidade de São Paulo (USP) mestrado também pela Universidade de São Paulo (USP) na área de Tecnologia Bioquímica Farmacêutica e Doutoranda pela Universidade de São Paulo (USP) na área de Farmácia Fisiopatologista e Toxicologia. Atualmente Trabalho na área de Análise Clinicas, e tambèm atuo no Instituto de Pesquisa de Ciência, tecnologia e Qualidade (ICTQ) e exerço a função de Editor no site "Dicas de Saúde".

7 comentários

  • […] são excelentes fontes de diversas vitaminas e minerais, principalmente a Vitamina D3. A cada 100g contém cerca de 81 IUs de Vitamina […]

  • […] recomendada na prevenção de problemas de saúde pelo grande número de vitaminas, antioxidantes e minerais. Pertence à família de Maracujá, sendo esta mais doce e suave ao […]

  • […] O leite materno é o único alimento de que uma criança precisa em seus primeiros seis meses de vida. Depois disso, consumir somente leite materno não é mais suficiente. A partir desse período, as dietas devem oferecer a combinação correta de proteínas de alta qualidade, gorduras, carboidratos essenciais, vitaminas e minerais. […]

  • […] benefícios do sal marinho  que torna o este sal diferente do sal da mesa é a presença de minerais mais escuros e nutrientes mais ricos. Sabemos que o sal de mesa refinado envolve processamento […]

  • […] densos em energia e muito ricos em proteínas, gorduras saudáveis, fibras alimentares, vitaminas e minerais. Além disso, eles podem promover a saúde cardíaca reduzindo o colesterol LDL (mau) e aumentando […]

  • […] vários benefícios para saúde, pois contém baixo teor de frutose , baixo índice glicêmico, minerais e antioxidantes em comparação com o açúcar branco normal, que auxiliam na prevenção e […]

  • […] em pequenas quantidades, os benefícios do açúcar de coco contém vitaminas, minerais e nutrientes. Entre outras coisas, a presença de ferro, potássio e zinco , em uma quantidade mais […]

Deixe um comentário