Petasites – O que é, Benefícios e Como Usar

Revisado por

Nutrição e Educação Física pela UFT

Especialista do Cura Natural

Petasites – O que é, Benefícios e Como Usar
4.5 (90%) 2 vote[s]

Conheça a Petasites, planta com propriedades medicinais, e saiba como aproveitar seus benefícios. A Petasites é uma planta medicinal, também conhecida por Butterbur ou por chapéu de aba larga, sendo muito utilizada para prevenir ou tratar a enxaqueca e diminuir os sintomas de alergia, como coceira no nariz e lacrimejamento, por exemplo, devido ao seu efeito anti-inflamatório e analgésico. O seu nome científico é Petasites hybridus e pode ser comprado em lojas de produtos naturais, feiras livres e algumas farmácias. Veja tudo sobre esta planta:Petasites

Benefícios da Petasites:

Devido às suas propriedades antiespasmódicas, anti-inflamatórias, diuréticas e analgésicas, Petasites está indicado para:

  • Melhorar o ritmo respiratório no caso de doenças crônicas, como bronquite crônica ou asma;
  • Prevenir o surgimento de crises de asma;
  • Diminuir os sintomas de alergia, como coceira nos olhos e nariz, espirros, lacrimejamento e vermelhidão nos olhos;
  • Prevenir e tratar enxaqueca e dores de cabeça frequentes e fortes;
  • Tratar as dores causadas por pedras nos rins ou tratar as dores na bexiga.

Em alguns casos, também pode ajudar a tratar problemas intestinais, como dor de barriga forte ou diarreia, por exemplo.

Como usar a Petasites:

Geralmente, esta planta é usada em cápsulas, 2 vezes ao dia e só se deve tomar por indicação do médico, podendo o tratamento variar entre 1 a 3 meses, dependendo do problema a tratar.

Efeitos Colaterais da Petasites

Esta planta pode provocar sonolência, náuseas, dor nas pernas ou dor no estômago, e quando não são seguidas as indicações corretas, esta pode provocar mau funcionamento do fígado.

Contraindicações:

Esta planta está contraindicado em pessoas com alergia à planta, em grávidas e mulheres que estão a amamentar, porque pode reduzir a produção de leite.

Além disso, também não deve ser usada em pessoas com hipoglicemia, hipertensão, pessoas com doenças hepáticas ou com insuficiência renal, sem orientação do médico.

Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

INFORMAÇÃO DO AUTOR: Alan Costa

Sou nutricionista e Personal Trainer. Me formei pela Universidade Federal do Tocantins em 2002, com registro profissional no CRN-4 nº 1509723, tenho especialização em Nutrição Esportiva, Treinamento Físico e treinos Curto de alta intensidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *