Parassónia – O que é, Causas, Sintomas e Tratamentos

Revisado por

Dr. Valeria Carneiro Graduada em Ginecologia e Obstetrícia!

Especialista do Cura Natural

Parassónia O que é? Quais são as Causas e Sintomas? Quais os Tratamentos para Parassónia? estes são algumas das dúvidas que iremos abordar neste artigo. Além disso, parassónias  são transtornos comportamentais causados ou exagerados pelo sono, afora a apneia do sono. São uma categoria de distúrbios do sono que envolvem movimentos anormais, comportamentos, emoções, percepções e sonhos que ocorrem ao adormecer, ao despertar ou durante o sono, principalmente o sono excitado.

Algumas parassonias são mais comuns durante a infância e diminuem com a idade. Elas podem ser desde acontecimentos inócuos até outros dramáticos, especialmente se associados a sonhos ou alucinações.

Esses movimentos involuntários prejudicam o repouso, o que pode causar sonolência e cansaço durante o dia, além de fazer com que os desempenhos cognitivo e físico se tornem mais reduzidos.

Pode não perceber porque se sente fatigada, pois não se costuma lembrar do que ocorreu durante uma crise de parassonia.

Sintomas da Parassónia:

  • Sonambulismo: O sonambulismo é caracterizado pela realização de atividades motoras bem coordenadas, como andar, comer, trocar de roupa, dirigir ou escrever uma carta, embora o indivíduo esteja dormindo e não se lembre de nada depois de acordar.
  • Pavor Noturno: O pavor noturno talvez seja o mais bem estudado dos transtornos do sono. Tem ocorrência mais frequente numa criança, mas também pode acontecer num adulto. Cerca de trinta minutos após o início do sono a pessoa senta na cama, grita e sua e tem a expressão aterrorizada.
  • Enurese Noturna: A enurese noturna é um distúrbio mais frequente em crianças emocionalmente perturbadas. É mais frequente em meninos que em meninas, mas também pode ocorrer em adultos jovens ou em idosos. Às vezes, tem causas orgânicas, como diabetes, cistites, anomalias do trato urinário, epilepsia, etc.
  • Síndrome das Pernas Inquietas: A Síndrome das Pernas Inquietas é um transtorno que provoca um desejo incontrolável de mover as pernas. Há uma sensação desagradável nas pernas que melhora ao movê-las. Ocasionalmente, esse mesmo distúrbio acontece quando em repouso e pode tornar difícil o dormir
  • Distúrbios Alimentares Durante o Sono: Os distúrbios alimentares que ocorrem durante o sono são uma combinação de uma Parassónia com um distúrbio alimentar. É considerado como uma categoria específica do sonambulismo ligado aos desejos conscientes de uma pessoa.
  • Despertar Confusional: O despertar confusional é mais comum em bebês e crianças, começando com grandes quantidades de movimentos e gemidos, que podem mais tarde progredir para agitações ocasionais, confusões e choro inconsolável. Geralmente a pessoa permanece na cama, assentada, e depois volta a dormir.

Causas da Parassónia:

Apesar de existirem adultos que sofrem deste distúrbio do sono, este costuma ser mais comum na infância, e vai diminuindo com o avançar da idade.

As parassonias acontecem, geralmente, devido a uma causa genética, mas podem também estar relacionadas com lesões cerebrais.

Só em casos muito raros é que o problema está ligado a um transtorno psiquiátrico, e são muitas as vezes em que as causas permanecem desconhecidas. Conheça outras causas que podem levar ao surgimento deste problema:

  • Depressão;
  • Stress;
  • Azia;
  • Apneia do sono;
  • Cafeína;
  • Drogas;
  • Antidepressivos tricíclicos;
  • Fatores biológicos.

Como Tratar Parassónia:

Muitas pessoas que sofrem parassonias melhoram simplesmente por alterar seus hábitos de sono, que incluem manter um horário regular de dormir, controlar o estresse, ter uma rotina de sono relaxante e dormir por tempo suficiente. Existem medicamentos que objetivam controlar os sintomas.

Uma pessoa com parassonia deve procurar tratamento sempre que haja risco de lesão a si próprio ou a outra pessoa. Também deve ser procurado tratamento se a parassonia perturbar o sono da pessoa ou do parceiro de cama ou de quarto, se há angústia sobre os sintomas ou se a frequência da parassonia é muito alta ou crescente.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *