Pancreatite Aguda – O que é, Causas, Sintomas e Tratamentos

Revisado por

Enfermeira

Especialista do Cura Natural

Pancreatite Aguda – O que é, Causas, Sintomas e Tratamentos
4.8 (96%) 5 vote[s]

Pancreatite Aguda – O que é, Causas, Sintomas e Tratamentos indicados para lidar com esta condição de forma adequada. Além disso, o que é, quais são as causas, sintomas e tratamentos da Pancreatite Aguda? Você encontrará todas as respostas para estas perguntas neste artigo. Se você sofre desta doença, não se preocupe, porque existe tratamento para a Pancreatite Aguda.

Normalmente, o pâncreas secreta suco pancreático no duodeno através do canal pancreático. O suco pancreático contém enzimas digestivas e inibidores inativos que desativam quaisquer enzimas que sejam ativadas no trajeto até o duodeno. A obstrução do canal pancreático por um cálculo biliar preso no esfíncter de Oddi interrompe o fluxo do suco pancreático.

E geralmente a obstrução é temporária e causa um dano limitado, que é rapidamente reparado. Contudo, se a obstrução persistir, as enzimas ativadas acumulam-se no pâncreas, ultrapassam a capacidade dos inibidores e começam a digerir as células do pâncreas, provocando uma grave inflamação.

pancreatite aguda tratamento

O que é Pancreatite Aguda:

A pancreatite é uma inflamação do pâncreas, mas não se sabe ao certo qual mecanismo provoca essa inflamação. Especialistas acreditam que as enzimas digestivas que são produzidas pelo pâncreas, e se tornam ativas somente quando atingem o intestino delgado, tornam-se ativas ainda dentro da glândula, desencadeando um processo de autodigestão e provocando inchaço e hemorragias.

Causas da Pancreatite Aguda:

Este tipo ocorre devido a inflamação do pâncreas, que ocorre de maneira súbita e, geralmente, cura-se com poucos dias com o tratamento. Porém, este tipo pode ser fatal com complicações graves.

Sua causa mais comum é a presença de cálculos biliares, ou seja, pequenas “pedras” formadas pela bile que endureceu. São elas que causam a inflamação no pâncreas quando passam através do ducto biliar comum.

Outra causa é o uso crônico de álcool. A Pancreatite Aguda pode ocorrer dentro de horas ou até 2 dias depois que o paciente consome álcool. Outras causas deste tipo de Pancreatite Aguda são:

  • Anormalidades genéticas do pâncreas;
  • Trauma abdominal;
  • Tumores;
  • Medicamentos;
  • Infecções.

Sintomas da Pancreatite Aguda:

Os sinais de Pancreatite Aguda costumam variar de pessoa para pessoa, mas o sintoma mais comum desta forma da doença é a dor progressiva na parte superior do abdômen, que torna-se constante e piora com o passar dos dias. A dor causada pela forma aguda da pancreatite também pode:

Piorar minutos após comer ou beber, especialmente no caso de alimentos com altas quantidades de gordura. Alguns dos principais sintomas são:

  • Indigestão;
  • Pior se deitar de costas.;
  • Soluço;
  • Náuseas e vômito;
  • Irradiar para a região das costas;
  • Fezes com cor de argila;
  • Icterícia;
  • Sensibilidade e inchaço na região abdominal;
  • Surgimento de erupções ou lesões na pele;
  • Amarelamento brando da pele;
  • Gases.

pancreatite aguda

Tratamento da Pancreatite Aguda:

O tratamento é clínico, que inclui jejum (até melhora do quadro de dor e dos vômitos), hidratação intensa (com soro na veia) e medicamento para controle da dor e dos vômitos. Há a necessidade de se tirar o fator causador, como abstinência alcoólica, suspensão de medicamentos, correção das alterações metabólicas, etc. Obviamente esse paciente deve permanecer internado em hospitais.

A cirurgia é indicada nos casos que tem como causa o trauma abdominal e que se associam com lesões de outros órgãos (baço, fígado, rim, intestinos, vasos sanguíneos, etc) ou quando evolui com alguma complicação grave como formação de cisto, abscesso (coleção de pus) ou necrose parcial ou total do pâncreas.

Pacientes com pedras na vesícula têm indicação da sua remoção tão logo o surto de pancreatite esteja controlado, com o objetivo de se evitar novas crises.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *