Hipermetropia – O que é, Causas, Sintomas e Tratamentos

Revisado por

Bioquímica Farmacêutica pela USP

Especialista do Cura Natural

Hipermetropia – O que é, Causas, Sintomas e Tratamentos
4.6 (92%) 5 vote[s]

Hipermetropia – O que é, Causas, Sintomas e Tratamentos nesse artigo, você vai tirar todas suas dúvidas sobre essa doença. Além disso, a hipermetropia, ou dificuldade em ver de perto, é um termo comum que descreve uma visão desfocada dos objetos próximos mas que é clara ao olhar à distância.

Assim, ver televisão pode ser um problema, mas ler uma placa na auto-estrada provavelmente não é. Isso é hipermetropia ver as coisas com clareza quando estão longe. É o oposto da miopia. Se um objeto situado longe do olho de uma pessoa que apresentar.

For se aproximando pouco a pouco, será visto cada vez mais embaçado, já que a imagem na retina vai se desfocando progressivamente. Quanto mais divergentes forem os raios que incidem no olho, mais atrás se formará a imagem e mais borrada ficará.

O que é Hipermetropia?

A hipermetropia ocorre quando o olho é um pouco menor do que o normal, provocando uma focalização errada da imagem, que se forma após a retina. Ela também pode ser causada pela diminuição do poder refrativo do olho, causada por alterações no formato na córnea ou no cristalino.

Geralmente o paciente com hipermetropia tem boa visão de longe, pois se seu grau não for muito elevado é naturalmente corrigido pelo aumento do poder dióptrico do cristalino, em um processo chamado de acomodação.

A maior parte das crianças apresenta essa doença, porque seus olhos normalmente são menores do que deveriam ser, porém elas têm um maior poder de acomodação e suportam graus muito mais elevados. São comuns casos de pessoas que necessitam de óculos na infância, mas deixam de usá-los na idade adulta, quando o olho atinge o tamanho ideal.

A hipermetropia também pode estar associada ao aparecimento de estrabismo acomodativo na infância, com o surgimento de sintomas ao redor dos 2 anos de idade. Neste caso a correção total do problema pode ser feita com o uso de lentes de óculos adequadas.

Causas da Hipermetropia:

Pode ter duas causas essenciais: ou pela córnea ter a sua curvatura alterada, isto é ser mais plana que o normal, ou porque o comprimento do olho é menor em relação à normalidade. Os grandes valores de hipermetropias, normalmente, estão relacionados com hipermetropia hereditárias.

Sintomas da Hipermetropia:

A pessoa com hipermetropia apresenta os seguintes sintomas:

  • visão desfocada;
  • Dificuldade para ver com nitidez objetos próximo;
  • Fadiga ocular e dores de cabeça;
  • O esforço permanente de acomodação pode ser a causa destas manifestações, mais freqüentes ao fim da tarde e depois do trabalho;
  • Dificuldades de concentração, de leitura e de executar tarefas que necessitem visão de perto.

Na hipermetropia, o tratamento (correção do erro refrativo) pode ser efetuado com óculos, lentes de contacto ou a partir dos 20 anos, o doente pode ser operado através de laser (LASIK). Pode ainda ser corrigida com a utilização de lentes intra-oculares consoante as condições anatómicas do globo ocular.

Se o doente tiver mais de 45 anos, o tratamento para hipermetropia pode ser efetuado através da facoemulsificação com lentes multifocais intra-oculares permitindo boa acuidade visual em todas as distâncias sem óculos.

Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

INFORMAÇÃO DO AUTOR: Byanca Stefany

Sou graduada em Ciências Farmaceuticas pela Universidade Federal do Piaui (UFPI), com pós graduação em Fármaco e Medicamentos pela Universidade de São Paulo (USP) mestrado também pela Universidade de São Paulo (USP) na área de Tecnologia Bioquímica Farmacêutica e Doutoranda pela Universidade de São Paulo (USP) na área de Farmácia Fisiopatologista e Toxicologia. Atualmente Trabalho na área de Análise Clinicas, e tambèm atuo no Instituto de Pesquisa de Ciência, tecnologia e Qualidade (ICTQ) e exerço a função de Editor no site "Dicas de Saúde".

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *