Laranja Amarga – O que é, Benefícios e Como Usar

Revisado por

Dr. Valeria Carneiro Graduada em Ginecologia e Obstetrícia!

Especialista do Cura Natural

Laranja Amarga – O que é, Benefícios e Como Usar
4.6 (92.31%) 13 vote[s]

Laranja Amarga – O que é, Benefícios e Como Usar de forma correta. Além disso, Laranja amarga é uma planta medicinal, também conhecida como laranja-azeda, laranja-cavalo e laranja-da-china, muito utilizada como um suplemento dietético no tratamento de indivíduos obesos por possuir ação inibidora do apetite.

O nome científico da laranja amarga é Citrus aurantium L. e ela pode ser consumida em forma de compotas, geleias e doces em geral, além de ser encontrada na forma de óleo essencial em lojas de produtos naturais e para emagrecer.

Benefícios da Laranja Amarga:

As propriedades da laranja amarga incluem a sua ação antiartrítica, laxante, anti-reumática, anti-séptica, aperiente, febrífuga, estomacal, diurética, depurativa, carminativa, vermífuga, vitamínica, antidepressiva e antiescorbútica entre outros. Confira outros Benefícios da Laranja Amarga:

  • É alcalinizante;
  • antidepressiva;
  • antiescorbútica;
  • antiinflamatória;
  • anti-reumática;
  • anti-séptica;
  • aperiente;
  • calmante;
  • carminativa;
  • depurativa;
  • digestiva,
  • diurética;
  • relaxante;
  • sedativa;
  • constipação intestinal;
  • dispepsia;
  • diurese,
  • estresse;
  • escorbuto;
  • gripe;
  • insônia;
  • Abre o apetite.

Usos da Laranja amarga:

Para fins medicinais são utilizados as folhas, flores e frutos.

Chá: Adicionar 2 colheres (sopa) de laranja amarga picada em 1 litro de água fervente. Tampar o recipiente e beber o chá pelo menos 3 vezes ao dia.
A laranja amarga também pode ser encontrada em forma de cápsula.

Efeitos colaterais da Laranja amarga:

O efeito colateral da laranja amarga é o aumento da pressão arterial.

Contraindicações da Laranja amarga:

A laranja amarga está contraindicada para pessoas com pressão alta. O seu nome científico é Citrus aurantium L. e ela pode ser consumida em forma de compotas, geleias e doces em geral, além de ser encontrada na forma de óleo essencial em lojas de produtos naturais e para emagrecer

Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

INFORMAÇÃO DO AUTOR: Valeria Carneiro

Dr. Valeria Carneiro Graduada na Universidade Federal de Minas Gerais em Medicina Especializada em Ginecologia e Obstetrícia, Pós Graduada no Departamento de Ginecologia na UNIFESP/ EPM a 2 anos, Experiencia clinica em patologias do trato genital feminino e foco em cirurgias ginecológicas como também especialista em partos normais e cirúrgicos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *