Hipotireoidismo – O Que é, Sintomas e Tratamentos

Revisado por

Nutrição - CRN6-MA 16199

Hipotireoidismo – O Que é, Sintomas e Tratamentos que não devem ser ignorados. Além disso, o  Hipotireoidismo é uma das doenças endócrinas mais comuns e é caracterizado pela baixa atividade da tireoide, que faz com que esta produza menos hormônios do que o que é necessário para o funcionamento ideal de todas as funções do corpo.

Esta alteração é mais comum em mulheres com mais de 50 anos de idade, que tenham familiares próximos com Hipotireoidismo, que já tenha retirado uma parte ou toda a tireoide ou que tenha recebido algum tipo de radiação na cabeça ou no pescoço.

O Hipotireoidismo subclínico ocorre quando a pessoa possui T4 normal e TSH alto, o que normalmente, não gera sintomas e só é descoberto num exame de sangue. Então, confira sobre o Hipotireoidismo – O Que é, Sintomas e Tratamentos:

O Que é Hipotireoidismo?

É um problema em que a glândula da tireoide não produz hormônios tireoidianos suficientes que o organismo precisa. Acomete mais as mulheres, aumentando os casos conforme o avanço da idade; pesquisas mostram que 5 milhões de brasileiros tem a doença.

A glândula da tireoide é um órgão do sistema endócrino e está localizada na região anterior do pescoço, ao redor da traqueia. E mesmo com o seu tamanho médio sendo de 15 ml (menos da metade de um copinho de café descartável) ela é responsável pela produção de dois hormônios:

Sintomas do Hipotireoidismo:

Os sinais e sintomas que podem indicar o baixo funcionamento da tireoide podem surgir lentamente ao longo de vários anos:

  • Cãibras;
  • Dor de cabeça;
  • Pele áspera e seca;
  • Dor nos músculos, nas articulações;
  • Unhas frágeis e quebradiças;
  • Mãos e pés frios;
  • Rosto, mãos e pés inchados;
  • Batimentos cardíacos mais lentos que o normal;
  • Tendinite nas mãos ou síndrome do túnel do carpo.
  • Cansaço, fraqueza;
  • Pele seca;
  • Olhos inchados com edema de pálpebras;
  • Sensação de frio;
  • Dificuldade de concentração;
  • Memória fraca;
  • Fala lenta;
  • Prisão de ventre;
  • Nervosismo;
  • Diminuição da audição ou surdez;
  • Aumento de peso sem causa aparente;
  • Voz mais grave ou rouca;
  • Sensação de fraqueza ou dormência;
  • Queda de cabelo sem causa aparente e cabelos mais finos, secos e sem brilho;
  • Mudança de personalidade, depressão, demência.

Tratamento do Hipotireoidismo:

As disfunções tireoidianas basta que o paciente siga as prescrições do seu médico, tomando o medicamento de forma correta e constante. No caso do Hipotireoidismo, quando o tratamento não é adequado, ou mesmo quando a disfunção não é diagnosticada a tempo, podem surgir complicações.

Quando o tratamento não é adequado, o paciente pode sentir anemia, coronariopatia e desordens gastrointestinais, neurológicas, endócrinas, metabólicas e renais. Além disso, são comuns as disfunções respiratórias, dislipidemia, glaucoma, hipertensão arterial, insuficiência cardíaca e, no caso de recém-nascidos, retardo mental, surdez e deficiência de crescimento.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *