Anorexia Nervosa – O que é, Causas, Sintomas e Tratamentos

Revisado por

Nutrição - CRN6-MA 16199

Anorexia Nervosa – O que é, Causas, Sintomas e Tratamentos
4.8 (96%) 15 vote[s]

Anorexia Nervosa – O que é, Causas, Sintomas e Tratamentos desta condição. Além disso, a Anorexia Nervosa é considerada um transtorno alimentar que agrava milhares de pessoas, principalmente mulheres. Muitas vezes ela não é identificada pelo portado, por isso, o mesmo precisa ser alertado por alguém próximo para que se possa iniciar o tratamento o quanto antes.

anorexia nervosa

Neste caso o paciente com Anorexia Nervosa tem um distúrbio de imagem em que não consegue aceitar o seu corpo da forma como é, tendo a impressão de que está com o peso em níveis acima da realidade. Esta ideia pode causar um distúrbio alimentar, provocando a perda de peso acima do que é considerado saudável e também desenvolver estresse.

Esta doença é complexa, pois envolve problemas psicológicos, fisiológicos e sociais. Chama-se o paciente com Anorexia Nervosa de anoréxico e, por vezes, ele também pode desenvolver bulimia.

O que é Anorexia Nervosa?

Anorexia Nervosa é um transtorno alimentar no qual a busca implacável por magreza leva a pessoa a recorrer a estratégias para perda de peso, ocasionando importante emagrecimento. As pessoas anoréxicas apresentam um medo intenso de engordar mesmo estando extremamente magras.

Em 90% dos casos, acomete mulheres adolescentes e adultas jovens, na faixa de 12 a 20 anos. É uma doença com riscos clínicos, podendo levar à morte por desnutrição.

Causas da Anorexia Nervosa:

A Anorexia Nervosa é caracterizada por um distúrbio de imagem, no qual o paciente não consegue aceitar seu corpo da forma como ele é, ou tem a impressão de que está acima do peso em níveis acima da realidade. Isso pode levar a um quadro de ansiedade, que faz a pessoa buscar maneiras bruscas de perder peso rapidamente.

A causa da Anorexia Nervosa ainda é desconhecida, mas acredita-se que fatores biológicos, psicológicos e ambientais estejam envolvidas nas causas possíveis para a doença.

Os genes e os hormônios podem desempenhar um papel no seu desenvolvimento. Atitudes sociais que promovem tipos de corpos muito magros também podem estar envolvidas.

Por muito se acreditou que conflitos familiares contribuíam para a Anorexia Nervosa e outros distúrbios alimentares. No entanto, essa ideia não é mais difundida.

Sintomas da Anorexia Nervosa:

Listamos abaixo os Principais Sintomas da Anorexia Nervosa, vale apena ressaltar que a maioria dos portadores não percerbe esses sintomas, por mais que sejam visiveis. Eles são:

  • Perda de peso rápida ou mudanças frequentes de peso;
  • Ausência ou alteração da menstruação em meninas e mulheres (amenorreia) e diminuição da libido em homens;
  • Desmaio ou tonturas;
  • Sensação de frio na maioria das vezes, mesmo em climas quentes (causado pela má circulação e também pela baixa gordura corporal);
  • Arritmia cardíaca e convulsões;
  • Sensação de inchaço, constipação intestinal ou o desenvolvimento de intolerâncias alimentares;
  • Sensação de cansaço, fadiga e esgotamento. Em algumas vezes acompanhada de alterações no sono, sono intermitente, onde há a sensação de não dormir bem;
  • Letargia (estado de profunda e prolongada inconsciência, semelhante ao sono profundo, do qual a pessoa pode ser despertada, mas ao qual retorna logo a seguir) e pouca energia;
  • Mudanças faciais (por exemplo, olhos pálidos, afundados e olheiras);
    Enfraquecimento de músculos e ossos;
  • Cabelo fino aparecendo no rosto e no corpo.

Fatores de Risco da Anorexia Nervosa:

  • Pressão social originidana de alto padrão estético, por vezes distorcido ou irreal, como comparar-se a modelos;
  • Presença de outros transtornos psicológicos como ansiedade, depressão e transtorno obsessivo-compulsivo;
  • Alteração na produção de hormônios;
  • Baixa autoestima;
  • Genética – presença de familiares com histórico do transtorno.

o que e anorexia nervosa

Tratamentos Para Anorexia Nervosa:

O primeiro passo para o Tratamento da Anorexia Nervosa é, quando identificados os sintomas, procurar um médico para fazer o diagnóstico.

É importante que a pessoa com Anorexia Nervosa queira se tratar e entenda que o bom resultado do tratamento dependerá principalmente dela: de sua força de vontade, compreensão e colaboração com os profissionais que estiverem cuidando de sua melhora física e psicológica. Geralmente são condições clínicas de longa duração.

Em alguns casos, é indicada a internação. Porém, depende do tipo de transtorno. Na Anorexia Nervosa, a perda rápida de peso, mesmo com tratamento adequado, é um critério sugestivo de necessidade de internação. No caso da bulimia nervosa, a necessidade de internação existe quando os episódios são incontroláveis.

Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

INFORMAÇÃO DO AUTOR: Ana Karolynne Goncalve

Sou graduada no curso de Nutrição pela Universidade Federal do Maranhão(UFMA), CRN6-MA 16199, com Mestrado na área da Nutrição Clínica com relação ao metabolismo, prática e terapia nutricional, realizado também na Universidade Federal do Maranhão(UFMA), Atualmente trabalho no campo de pesquisa sobre a Qualidade e Inovação em Alimentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *