Dispareunia – O que é, Causas, Sintomas e Tratamentos

Revisado por

Nutrição - CRN6-MA 16199

Dispareunia – O que é, Causas, Sintomas e Tratamentos
4.5 (90%) 6 vote[s]

Dispareunia – O que é, Causas, Sintomas e Tratamentos deste problema que agrava a saúde das mulheres. Além disso, a Dispareunia é uma doença psicossomática em que, durante o sexo, a mulher sente desconforto e dores na região vaginal, levando muitas vezes à espasmos involuntários dos músculos pélvicos e de outras partes do corpo.

causas da dispareunia

Estima-se que a Dispareunia atinge cerca de 2 em cada 1000 mulheres. No entanto, esse número pode ser mais alto, pois a obtenção de dados estatísticos sobre essa condição é difícil devido à fatores como a vergonha e constrangimento de muitas mulheres que, intimidadas por esse tabu, não procuram tratamento.

O que é Dispareunia?

Dispareunia é sentir dor ou desconforto durante o ato sexual. A intensidade pode variar de um leve desconforto até uma forte dor aguda. O problema também afeta os homens, embora seja mais comum entre as mulheres.

Pesquisadores estimam que até 60% das mulheres experimentam episódios de dor genital que ocorre antes, durante ou após a relação sexual. Mas a localização da dor e freqüência variam muito.

Dispareunia é uma das causas mais comum de problemas nas relações sexuais. A prevalência de dor parece estar aumentando ao longo do tempo e isso se deve a mudanças no comportamento sexual e aumento das DSTs.

Além disso, maior vontade de discutir o comportamento sexual por parte das mulheres contribui com a percepção de aumento dos casos.

Causas da Dispareunia:

Causas Psicológicas da Dispareunia:

Inúmeras mulheres que relatam dor durante o sexo estão fisicamente saudáveis mas tem outras interferências psicológicas e emocionais, e estas e outras questões precisam ser tratadas com Psicoterapia, com um(a) profissional da Psicologia, mais precisamente com um Psicólogo Especialista em Sexualidade Humana.

  • Medos;
  • Ansiedades;
  • Baixo desejo sexual;
  • Dificuldade de excitação;
  • Desentendimentos no casal;
  • Problemas no relacionamento;
  • Estresse;
  • Problemas no trabalho;
  • Emoções negativas;
  • Experiências vivenciadas de violência sexual ou abuso.

Causas Físicas da Dispareunia:

  • Presença de fungos;
  • Bactérias;
  • Lesões físicas;
  • Endometriose;
  • Tumores;
  • Lubrificação vaginal insuficiente;
  • infecções;
  • Cistite;
  • Condições hormonais (menopausa e lactação);
  • Hipoestrogenismo (queda do estrógeno no organismo);
  • Dor pélvica crônica;
  • Doença inflamatória pélvica.

Sintomas da Dispareunia:

O sintoma mais típico desta condição é uma dor em pontada ou queimação que surge logo no início da penetração. Algumas mulheres queixam-se de dor na vagina, mas outras referem que o incômodo é bem profundo na pelve, principalmente durante os movimentos de vai e vem do pênis.

Dor em múltiplos locais da anatomia ginecológica também é uma queixa possível.  Dor no momento da penetração é a queixa mais comum, mas algumas mulheres queixam-se também de dor durante ou após o ato sexual.

Se a mulher fica sempre “doída” após o sexo, isso também é caracterizado como Dispareunia.Se além da dor houver também sangramento ou corrimento vaginal durante ou logo após o coito, a causa mais provável são traumas ou infecções ginecológicas.

Se a Dispareunia pode estar associada à secura vaginal. Nestes casos, menopausa, uso de medicamentos, deficiência de estrogênio, alterações da libido ou simples falta de interesse sexual pelo parceiro podem ser a causa.

dispareunia

Tratamentos Para Dispareunia:

No tratamento de Dispareunia psicogênica pode ser utilizado individualmente e terapia de vapor, psico-correção de uma terapia par hypnosuggestive, a terapia orientada para o corpo, a formação auditivo, terapia sexual.

O objetivo do tratamento psicoterapêutico é mudar a atitude para com a relação sexual, a eliminação de espera a dor, a harmonização das relações conjugais. Recomendações de alterar as técnicas sexuais, a selecção de lubrificantes, a utilização de técnicas para relaxar os músculos vaginais.

É importante lembrar que a eliminação eficaz de Dispareunia psicogênica só é possível se o envolvimento de ambos os parceiros comprometidos.

Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

INFORMAÇÃO DO AUTOR: Ana Karolynne Goncalve

Sou graduada no curso de Nutrição pela Universidade Federal do Maranhão(UFMA), CRN6-MA 16199, com Mestrado na área da Nutrição Clínica com relação ao metabolismo, prática e terapia nutricional, realizado também na Universidade Federal do Maranhão(UFMA), Atualmente trabalho no campo de pesquisa sobre a Qualidade e Inovação em Alimentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *