Doenças e Tratamentos

Asbestose – o que é, causas, sintomas e prevenção!

asbestose

A asbestose é uma doença pulmonar crônica causada pela inalação de fibras de amianto. A exposição prolongada a estas fibras pode causar cicatrizes do tecido pulmonar e falta de ar. Os sintomas da asbestose podem variar de leve a grave e geralmente não aparecem até muitos anos após a exposição contínua.

asbestose
asbestose

O amianto é um produto mineral natural que é resistente ao calor e à corrosão. Foi usado amplamente no passado em produtos como isolamento, cimento e algumas telhas.

O que é asbestose?

É uma doença pulmonar que se desenvolve quando as fibras de amianto causam cicatrizes nos pulmões.

A cicatrização restringe sua respiração e interfere com a capacidade do oxigênio para entrar na corrente sanguínea. Outros nomes para esta doença são fibrose pulmonar e pneumonite intersticial.

Sintomas da asbestose:

Os efeitos da exposição a longo prazo ao amianto geralmente não se mostram por 10 a 40 anos após a exposição inicial. Os sinais e sintomas da asbestose podem incluir:

  • Falta de ar;
  • Uma tosse persistente e seca;
  • Perda de apetite com perda de peso;
  • dedos do pé que aparecem mais largos e redondos do que o normal;
  • Aperto ou dor no peito;

Quando Consultar um Médico:

Se você tem um histórico de exposição ao amianto e está com falta de ar crescente, fale com seu médico sobre a possibilidade de asbestose.

Como se diagnostica a asbestose?

Em um primeiro momento, o diagnóstico baseia-se no histórico de exposição ao pó de amianto e em sinais radiográficos das lesões pulmonares. Nas pessoas com antecedentes de exposição ao pó, a radiografia do tórax mostrará as alterações características.

De modo geral, ao escutar-se o pulmão da pessoa doente, o médico poderá ouvir crepitações anormais.

Caso haja um tumor, o médico deve realizar uma toracentese (extração do líquido acumulado na cavidade pleural) ou uma biópsia para determinar se ele é maligno ou não.

Como o médico trata a asbestose?

A principal medida terapêutica é o afastamento da inalação do amianto. Os tratamentos empregados na asbestose são apenas sintomáticos e visam aliviar o que o paciente esteja sentindo (dificuldades de respirar, dor, tosse, etc.).

Os tumores pleurais por ventura existentes são invariavelmente mortais porque não respondem à quimioterapia e a extirpação cirúrgica deles não cura o câncer. O transplante do pulmão em geral dá bons resultados na asbestose.

Como prevenir a asbestose?

Evitar ou diminuir ao máximo possível a exposição ao pó de amianto.

Os trabalhadores que tiverem necessariamente que exporem-se ao pó de amianto devem usar os equipamentos de proteção adequados.

O câncer de pulmão é mais incidente nos fumantes que estejam em contato com o amianto. Assim, eles podem reduzir o risco de câncer deixando de fumar.

causas da asbestose
causas da asbestose

Fatores de risco:

As pessoas que trabalharam na mineração, moagem, fabricação, instalação ou remoção de produtos de amianto antes do final da década de 1970 estão em risco de asbestose. Exemplos incluem:

  • Mineiros de amianto;
  • Aeronaves e mecânica de automóveis;
  • Operadores de caldeiras;
  • Construção de trabalhadores da construção civil;
  • Eletricistas;
  • Trabalhadores ferroviários;
  • Trabalhadores do estaleiro;
  • Trabalhadores que removem o isolamento de amianto em torno de tubos de vapor em edifícios antigos;

Em geral, é seguro estar em torno de materiais que são feitos com amianto, desde que as fibras de amianto estejam contidas. Isso os impede de entrar no ar.

 Asbestose tem tratamento?

Atualmente, não há tratamento específico. O gerenciamento da asbestose deve se concentrar em medidas preventivas.

Sou Formado em Educação Física, pela UGF – (Universidade Gama Filho) - Na turma 2012-2015. Atuei e atuo em academias e clubes, nas modalidades de Musculação do Iniciante ao Avançado, Ginástica em Grupo, Natação.

Deixe um comentário