Nanismo – O que é, Causas e Tratamentos

Revisado por

Nutrição e Educação Física pela UFT

Especialista do Cura Natural

Nanismo – O que é, Causas e Tratamentos que você precisa ficar atento. Além disso, o Nanismo é condição que é devido ao um problema hormonal, que faz com que o corpo não desenvolva, fazendo com que a pessoa tenha uma altura máxima bem inferior a dá qual deveria.

O Nanismo Pituitário é causado por um problema na hipófise, que é responsável pela produção do homônio que ajuda no crescimento e desenvolvimento do corpo.

Geralmente, estes indivíduos sofrem um atraso no desenvolvimento sexual em sua adolescência, e quando adultos podem chegar a medir apenas 1.50 de altura.

A acondroplasia é chamada de deficiência dos anões, e contém características físicas mais acentuadas como cabeça desproporcional ao corpo, pés tortos, tronco mais alongado, membros curtos, além de uma baixa estatura.

Causas do Nanismo:

Já é comprovado que a estatura de uma pessoa é determinada por uma combinação de fatores extrínsecos e intrínsecos, a começar pela hereditariedade e o funcionamento do sistema neuroendócrino e passando pelo contexto ambiental e a qualidade da nutrição da pessoa.

Não seria errado dizer, então, que a baixa estatura pode representar apenas uma variante normal do crescimento de uma pessoa forte. Numa família de pessoas baixas, a tendência é que os descendentes mantenham o padrão de crescimento do grupo de sua família.

Tratamento Para Nanismo:

Pessoas fazem uso de hormônio de crescimento para o tratamento de sua baixa estatura na acondroplasia traz efeitos modestos: acelera o crescimento na infância, mas os ganhos nos crescimentos são bem menos intensos.

O alongamento ósseo ortopédico é opção mais indicada e desconfortável, mas proporciona ganhos de até 30 cm de estatura. O uso desta técnica deve ser muito criterioso, realizado por ortopedista experiente neste campo e com o consentimento do indivíduo.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *