Doenças e Tratamentos

Dor ciática – o que é, sintomas e tratamentos!

dor ciática

A dor ciática é causada pela compressão de um ou mais de um total de 5 conjuntos de raízes nervosas na coluna lombar. Algumas vezes, médicos se referem a dor ciática como radiculopatia. Além disso, a radiculopatia é um termo médico usado para descrever dor, adormecimento, formigamento e fraqueza nos braços ou pernas causado por um problema na raiz do nervo.

dor ciatica
dor ciática

Se o problema for em um nervo no pescoço, é chamado de radiculopatia cervical. De qualquer forma, como a ciática afeta a parte inferior da coluna, é chamada de radiculopatia lombar.

O que é dor ciática?

A dor ciática também chamada simplesmente ciática, trata-se de uma crise aguda de dor ao longo do nervo ciático. A dor é provocada por uma irritação ou compressão das raízes do nervo ciático ou outro tipo de dano no nervo ciático. Além disso, ela pode suceder na coluna lombar, quando há algum tipo de compressão sobre o nervo, provocada por uma hérnia discal, um tumor ou outro tipo de lesão.

No caso da hérnia discal lombar, por exemplo, o anel que circunda o disco intervertebral rompe-se, o núcleo que está no seu interior passa para o canal vertebral e comprime as raízes do nervo, provocando dor. Mas também com o avanço da idade, torna-se mais frequente haver desgaste das estruturas da coluna vertebral e surgem as artroses, que vão afetar a espinal medula e as raízes dos nervos.

Quais são os sintomas da dor ciática?

A localização da dor varia consoante as raízes do nervo afetadas, mas é comum irradiar para uma das nádegas, para a parte posterior e externa da coxa, da perna e do pé ou para o primeiro dedo do pé. É comum a dor ciática estar associada à dor lombar. Também costuma haver perda de sensibilidade, diminuição da força muscular, sensação de formigueiro, aumento das dores nos períodos de pé ou sentado e intensificação da dor ao elevar as pernas, nas áreas referidas.

Os sintomas variam de pessoa para pessoa e podem piorar durante a noite. A dor costuma passar ao fim de alguns dias, mas caso o problema persista é muito importante ter um diagnóstico rigoroso, para não se correr o risco de virem a surgir lesões neurológicas irreversíveis.

Quais são os fatores de risco da dor ciática?

  • Sedentarismo;
  • Obesidade;
  • Posturas incorretas, mantidas e repetitivas;
  • História prévia de dores lombares;
  • Esforços excessivos ou pouco regulados.

Qual é o tratamento da dor ciática?

O tratamento inicial da ciatalgia é com medicamentos para controle da dor, tais como anti-inflamatórios ou analgésicos comuns. Em muitos casos, a dor dura poucos dias e desaparece sem nenhuma conduta mais agressiva.

Em casos de dor intensa, opioides (derivados da morfina) podem ser necessários. O uso de relaxante muscular ou benzodiazepinas, como o diazepam, também ajudam no controle dos sintomas. Como a dor da ciatalgia é uma dor de origem neurológica, medicamentos com antidepressivos ou anticonvulsivantes podem ser usados para controlar dores mais crônicas.

Não é necessário repouso físico. Na verdade, atividades leves, que não sobrecarregam a coluna, parecem melhorar mais a ciatalgia do que ficar deitado na cama. Natação e fisioterapia costumam ter boa resposta. Em alguns casos, a acupuntura também apresenta bons resultados.

Dependendo da causa ou da gravidade da ciatalgia, a cirurgia para correção da lesão na coluna lombar é a única opção para controle definitivo da dor.

Formado em Comunicação Social, especialista em jornalismo digital e SEO, responsável por criar diversos projetos na internet, afim de levar conhecimento à todos sobre saúde, beleza, bem estar, natureza e entretenimento.

5 comentários

  • […] exatamente o que leva à Síndrome do intestino irritável, o objetivo do tratamento é aliviar os sintomas e melhorar a qualidade de vida do paciente. Ele pode ser feito pelo uso de medicamentos […]

  • […] mulheres são pegas de surpresa pelo Vaginismo; contrações inexplicáveis, desconforto, dor e problemas de penetração são inesperadamente vivenciados durante as tentativas de relações […]

  • […] que uma erupção cutânea apareça sempre que o paciente entra em contato com a água. Comichão e dor também podem estar […]

  • […] apenas sintomáticos e visam aliviar o que o paciente esteja sentindo (dificuldades de respirar, dor, tosse, etc.). Os tumores pleurais por ventura existentes são invariavelmente mortais porque não […]

  • […] Dor nas glândulas salivares (paroditite), podendo ser em ambos os lados ou em apenas um […]

Deixe um comentário