Início » Doenças e Tratamentos » Poliomelite – o que é, causas, sintomas e tratamentos

Poliomelite – o que é, causas, sintomas e tratamentos

poliomelite

A poliomelite é uma condição de saúde conhecida por “pólio” ou  “paralisia infantil”, mas também pode afetar adultos e se caracteriza por uma infecção que ocorre através de um vírus RNA. Além disso, esse vírus vive no organismo, conhecido como poliovírus, o qual possui três sorotipos: I, II e III. É uma doença infecto-contagiosa aguda.

Ao instalar-se em seu hospedeiro, o vírus passa por um período de incubação, que pode variar de dois a trinta dias, todavia, leva de 7 a 12 dias na maioria dos casos. É uma doença viral que pode afetar os nervos e levar à paralisia parcial ou total.

poliomielite
poliomielite

Quais são os sintomas da poliomelite?

Os sintomas da poliomelite são variados conforme as formas clínicas, e vão desde ausência de sintomas até as manifestações neurológicas que são graves.

A poliomielite afeta, em geral, os membros inferiores, de forma assimétrica, tendo como principal característica a flacidez muscular. O déficit motor se instala subitamente e sua evolução, frequentemente, não ultrapassa três dias.

A paralisia é acompanhada de febre, diminuição ou abolição de reflexos profundos na área paralisada, persistência de sequela após 60 dias do início da doença e sensibilidade conservada.

A doença pode ter complicações, como sequelas parada respiratória e paralíticas devido à paralisia muscular.

Quais são as causas da poliomelite?

A poliomelite é uma doença causada pela infecção do poliovírus, que se espalha por contato direto pessoa a pessoa e também por contato com muco, catarro ou fezes infectadas.

O vírus entra por meio da boca e do nariz e se multiplica para garganta e no trato intestinal. Dali, alcança a corrente sanguínea e pode atingir até mesmo o cérebro. Quando a infecção ataca o sistema nervoso, destrói os neurônios motores e provoca paralisia nos membros que são inferiores.

Além disso, a poliomelite pode, inclusive, levar o indivíduo à morte se forem infectadas as células nervosas que controlam os músculos respiratórios e de deglutição.

O poliovírus pode ser transmitido por meio de água e alimentos contaminados ou pelo contato direto com uma pessoa que esteja com a doença. A poliomelite é tão contagiosa que pode ser pega no ar, principalmente por pessoas que convivem com portadores do vírus.

Qual é o tratamento?

Poliomielite é uma doença de notificação compulsória ao sistema de saúde. Como em muitas infecções virais, não há tratamento específico para a Poliomelite, mas alguns cuidados são indispensáveis para controlar as complicações e reduzir a mortalidade que pode ocorrer.

  • Tratamento sintomático da dor, febre e dos problemas urinários e intestinais;
  • Atendimento hospitalar nos casos de paralisia ou de alteração respiratória;
  • Acompanhamento ortopédico e fisioterápico;
  • Repouso absoluto nos primeiros dias para reduzir a taxa de paralisia;
  • Mudança frequente de posição do paciente na cama, que deve ter colchão firme e apoio para os pés e a cabeça.

 

Formado em Comunicação Social, especialista em jornalismo digital e SEO, responsável por criar diversos projetos na internet, afim de levar conhecimento à todos sobre saúde, beleza, bem estar, natureza e entretenimento.

Deixe um comentário