Cromo – O que é, Fontes, Benefícios e Deficiência!

Revisado por

Nutrição - CRN6-MA 16199

Cromo – O que é, Fontes, Benefícios e Deficiência!
4.8 (96.36%) 33 vote[s]

Cromo – O que é, Fontes, Benefícios e Deficiência que devemos conhecer. Além disso, o Cromo também é conhecido como crômio, e é um mineral essencial para a funcionalidade do corpo humano.

cromo

O que é o Cromo?

O Cromo é um dos minerais que precisamos consumir diariamente através dos alimentos para garantir o bom funcionamento do organismo. Assim como o zinco e o selênio, ele é conseguido por meio da alimentação, e quando consumido nas doses diárias recomendadas ajudam o organismo a prevenir e combater diversos tipos de males e doenças.

Como principal função, esse mineral ajuda a potencializar a função da insulina, que é responsável pela distribuição do açúcar no corpo sempre que comemos. Estudos demonstraram que o ele também age ajudando a diminuir o colesterol, e a evitar doenças do coração.

Fontes de cromo:

Esse mineral está presente em muitos alimentos naturais. Veja abaixo alguns deles:

  • Carnes;
  • Batatas (principalmente na casca);
  • Queijos;
  • Especiarias;
  • Grãos;
  • Pães;
  • Cereais;
  • Frutas: banana, maçã, laranjas e uvas;
  • Vegetais: Alface, espinafre, tomates maduros;
  • Gemas de ovo;
  • Cebola crua;
  • Arroz integral;
  • Feijão;
  • Cogumelos;
  • Ostras;
  • Pimentão verde.
  • A levedura de cerveja é um dos alimentos considerados mais ricos, mas muitos acham sua digestão difícil e sentem dor abdominal, náuseas e inchaços.

Outra forma de encontrar o Cromo é em suplementos multivitamínicos. No entanto, como o organismo não necessita muito desse mineral, é possível somente seguir uma dieta regular sem a ajuda de suplementos.

Benefícios do Cromo

Os 11 Benefícios do Cromo Para Saúde:

  • Ajuda na movimentação da glicose no sangue na corrente sanguínea para dentro das células, para ser utilizado como energia;
  • Cromo pode ajudar pessoas com diabetes tipo 2, controlando o açúcar no sangue;
  • Útil na construção muscular e queima de gordura;
  • Ele pode auxiliar no retardamento da perda de cálcio, sendo necessário para ajudar na prevenção da perda óssea, principalmente em mulheres na menopausa;
  • Ajuda a reduzir o nível de colesterol ruim, o LDL;
  • Reduz variações de humor, principalmente durante a TPM;
  • Alivia sintomas de depressão;
  • Melhora a fadiga;
  • Aumenta a capacidade de o corpo ganhar massa muscular;
  • Auxilia no tratamento do diabete tipo 2;
  • Combate à celulite.

Confira outros Benefícios do Cromo, no vídeo abaixo:

Causas da Deficiência do Cromo:

A falta de Cromo na dieta geralmente ocorre devido à carência do mineral no solo, no abastecimento de água e na refinação de certos alimentos que podem ser removidos nesse procedimento. Por conta disso, pessoas que comem alimentos refinados em grande quantidade também têm mais risco de não conseguir o mineral suficientemente.

Pessoas mais velhas e crianças com má nutrição têm mais chances de desenvolver a carência deste mineral. Atletas também, pois estes podem perder o mineral em excesso através do exercício.

Por outro lado, quando tomado em excesso, ele pode causar problemas de estômago e levar a baixos níveis de açúcar no sangue (hipoglicemia). Além disso, ele pode danificar o fígado, rins, nervos e causar ritmo cardíaco irregular. Vale lembrar este mineral presente em alimentos não faz mal, somente em suplementos, e mesmo assim os efeitos são raros.

Condições da Deficiência do Cromo:

  • Diabetes;
  • Colesterol aumentado;
  • Intolerância à glicose;
  • Vontade de consumir doces;
  • Ansiedade;
  • Apreensão.

Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

INFORMAÇÃO DO AUTOR: Ana Karolynne Goncalve

Sou graduada no curso de Nutrição pela Universidade Federal do Maranhão(UFMA), CRN6-MA 16199, com Mestrado na área da Nutrição Clínica com relação ao metabolismo, prática e terapia nutricional, realizado também na Universidade Federal do Maranhão(UFMA), Atualmente trabalho no campo de pesquisa sobre a Qualidade e Inovação em Alimentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *