Chá de Marcelinha – O que é, Benefícios e Como Usar

Revisado por

Graduado em Ciências da Nutrição!

Especialista do Cura Natural

Chá de Marcelinha – O que é, Benefícios e Como Usar
4.4 (87.5%) 8 vote[s]

Chá de Marcelinha – O que é, Benefícios e Como Usar essa chá que vai ajuda muito na sua saude. Alem disso, marcelinha, ou macela, é uma planta herbácea nativa da América do Sul e que aparece nas áreas mais quentes. Trata-se de uma planta que surge anualmente e apresenta folhas alongadas, membranosas, cheias de pelos e muito finas.

cha de marcelinha

A marcelinha é comumente encontrada em beiras de estradas e terrenos, mas só deve ser colhida quando as suas flores surgirem, o que ocorre entre os meses de março e maio.

Graças às propriedades terapêuticas de suas flores, esta planta é utilizada na medicina natural para tratar uma série de condições de saúde.

Benefícios do Chá de Marcelinha:

As propriedades medicinais da marcelinha incluem a sua ação adstringente, antiálgica, anódina, antiasmática, antibactericida, antidiabética, antidiarreica, antiepiléptica, antiespasmódica, anti-helmíntica, carminativa, calmante para problemas digestivos, febrífuga, sedativa, sudorífera, tônica, antisséptica, antiviral, aperiente, digestiva, emenagoga, estomáquica, dentre outras.

Devido às suas propriedades, o chá de marcelinha é indicado para auxiliar no tratamento das seguintes condições de saúde.

  • Alivia estresse e ansiedade;
  • Trata diarreia, disenteria, azia e dores de estômago;
  • Melhora a digestão, evita disfunções e perturbações gástricas;
  • Ameniza cólicas intestinais;
  • Regula a desordem menstrual;
  • Pode ser usado para lavar feridas e úlceras;
  • Controla as contrações musculares bruscas;
  • Trata casos de epilepsia, cefalalgia, reumatismo e impotência;
  • Clareia cabelos;
  • Acaba com a retenção de líquidos;

Chá de Marcelinha:

Para aproveitar os benefícios proporcionados pelo chá de marcelinha, o ideal é preparar um chá com as suas flores.

É preciso ressaltar que a erva deve ser selecionada de forma adequada, observando-se fatores como higiene, local de cultivo da planta e se a mesma foi guardada em condições favoráveis.

O chá pode ser bebido ou usado externamente, dependendo do caso e do aconselhamento médico.

Ingredientes:

  • Duas xícaras pequenas das flores da planta;
  • Meio litro de água;

Modo de Preparo:

Para beber, prepare uma infusão de duas xícaras pequenas das flores da planta para meio litro de água. Tome até seis xícaras por dia, após as refeições.

No caso do uso externo, prepare uma infusão de 30 gramas das flores para um litro de água. O líquido deve ser aplicado em compressas, de 3 a 4 vezes ao dia, para lavar feridas, úlceras e tirar o mau cheiro dos pés.

Efeitos Colaterais:

Existem alguns estudos sobre o efeito hipoglicemiante da planta e, por isso, diabéticos devem ter acompanhamento médico. A mesma recomendação vale para pacientes que usem sedativos, analgésicos e barbitúricos.

O chá de marcelinha é proibido para pessoas que estejam fazendo quimioterapia ou que sejam alérgicas.

Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

INFORMAÇÃO DO AUTOR: Rafael Cardoso

Com mais de 5 anos de experiência, Rafael Almeida é Graduado em Ciências da Nutrição pela Universidade Ceuma desde 2012. Atua em Atendimento Clínico-Nutricional, com foco no bem estar e qualidade de vida do paciente, através da reeducação alimentar e acompanhamento nutricional, com planos alimentares personalizados, de acordo com o objetivo e avaliação clínica individual, comprometido com o sucesso do tratamento de seus pacientes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *