Chá de Manjerioba – O que é, Benefícios e Como Usar

Revisado por

Graduado em Ciências da Nutrição!

Especialista do Cura Natural

Chá de Manjerioba – O que é, Benefícios e Como Usar
4.8 (96.67%) 12 vote[s]

Chá de Manjerioba – O que é, Benefícios e Como Usar de forma simples todos os nutrientes. Alem disso, a majerioba é uma planta que pertence à família das Fabaceae. Assim como acontece com tantas outras espécies, a manjerioba é dotada de propriedades naturais que ajudam no processo de tratamento e cura de algumas doenças. Com esse propósito, as partes que são usadas no preparo das receitas são as folhas e a raiz.

Dependendo do local onde é encontrada, a planta pode ser conhecida por outros nomes, a exemplo de acapulco, fedegosão, mangerioba do pará, mangerioba-grande e mata-pasto-grande.

Benefícios do Manjerioba:

Usada devido as suas propriedades diuréticas, antifúngicas e laxante, a manjerioba pode combater muitas doenças.

Porém, o mais aconselhável é que, antes de incluí-la em qualquer que seja o tratamento, o médico deve ser consultado. Isso vai assegurar a existência de qualquer efeito contrário.

A partir da liberação, a planta pode ser usada para tratar diversos problemas de saúde. Entre os mais comuns estão: anemia, congestão do fígado, dispepsia, febre, gonorreia, hemorroidas, herpes, impingem, infecção, malária, pano branco e prevenção da erisipela e da sarna.

Chá de Manjerioba:

Além de todas as formas de utilização que foram apresentadas anteriormente, a manjerioba pode ser consumida na forma de chá.

Assim, basta separar 200 ml de água filtrada e um pedaço da raiz da planta. Coloque a água para ferver, logo em seguida, quando começar a aparecer as primeiras bolhas, desligue e acrescente a manjerioba.

Deixe o recipiente tampado por cerca de 10 minutos. Em seguida, retire a raiz e a bebida está pronta para ser ingerida.

A indicação é que o consumo não ultrapasse as três xícaras diárias. O chá é usado para diminuir a temperatura corporal, ou febre.

Efeitos Colaterais:

Mesmo se tratando de uma substância natural, seu uso deve ser prescrito pelo médico, já que doses elevadas da planta podem provocar nefrite aguda que pode ser fatal, em função das antraquinonas, especialmente em lambedores e xaropes caseiros feitos com as folhas.

Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

INFORMAÇÃO DO AUTOR: Rafael Cardoso

Com mais de 5 anos de experiência, Rafael Almeida é Graduado em Ciências da Nutrição pela Universidade Ceuma desde 2012. Atua em Atendimento Clínico-Nutricional, com foco no bem estar e qualidade de vida do paciente, através da reeducação alimentar e acompanhamento nutricional, com planos alimentares personalizados, de acordo com o objetivo e avaliação clínica individual, comprometido com o sucesso do tratamento de seus pacientes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *