Os 3 Benefícios dos Exercícios Para os Ossos

Tudo que Você Precisa Saber Sobre os Benefícios dos Exercícios Para os Ossos!

Revisado por

Biomédico pela UFRGS

Especialista do Cura Natural

Benefícios dos Exercícios Para os Ossos que você precisa saber. Além disso, em todas as idades, é muito importante ter ossos saudáveis, e o exercício oferece diversos benefícios, mesmo que essa atividade tenha sido realizada para prevenir e tratar a osteoporose.

O que é osteoporose? A osteoporose é um problema em que os ossos se tornam fracos. Esta condição pode aumentar o risco de fraturas, mesmo que seja uma lesão leve. A osteoporose é considerada uma ameaça à saúde para mais de 52 milhões de americanos.

O exercício diário pode aumentar a força muscular, coordenação e equilíbrio do corpo. Muitas pessoas podem obter vários benefícios fazendo exercícios, como a prevenção da obesidade, redução do risco de doença cardíaca, acidente vascular cerebral e outras doenças. Além disso, realizar atividades físicas regularmente também tem um papel importante na construção e manutenção de ossos saudáveis.

A função óssea diminuirá com a idade de uma pessoa, onde os ossos se tornarão mais fracos e mais vulneráveis. Este problema é referido como osteoporose. Na maioria dos casos, a osteoporose geralmente ocorre em mulheres na pós-menopausa, bem como em homens mais velhos. A osteoporose também é conhecida como uma doença que ocorre devido ao degaste ósseo, e este problema coloca uma pessoa em um risco muito maior de fratura, que acabará limitando o movimento e a independência da pessoa. Então, confira mais detalhadamente os Benefícios dos Exercícios Para os Ossos.

Mantém a Resistência Óssea:

O osso é um tecido vivo capaz de responder aos efeitos de um exercício físico, que está se tornando mais forte. Para a maioria dos humanos, o pico da massa óssea ocorre ao longo da terceira década de sua vida. Depois disso, sua força óssea começa a regredir, e até mesmo perder esse poder. Caso tenha mais de 20 anos de idade, você pode prevenir a ocorrência desses problemas com exercícios regulares.

Por quê? Vários estudos mostraram que mulheres ou homens que exercitam regularmente geralmente têm maior massa óssea, o que significa que possui uma densidade e força óssea quando comparados com aqueles que não se exercitam. Basicamente, o efeito do exercício no osso é semelhante ao efeito muscular durante um exercício físico, o que torna essa parte do corpo mais forte.

Portanto, é muito importante termos ossos fortes desde jovens, porque isso ajudará nossos ossos a se manterem saudáveis ​​na velhice.

Melhora o Equilíbrio e a Coordenação:

Outro benefício que pode ser conseguido com o exercício é o mantimento da força muscular, coordenação e equilíbrio. Essa condição poderá ajudá-lo quando estiver ferido devido a ocorrência de fraturas. Isso é muito importante para aqueles que já são adultos ou velhos, bem como para aqueles que foram diagnosticados com osteoporose.

Resistência:

Os exercícios de resistência ou exercícios de levantamento de peso são realizados para treinar os ossos e os músculos, evitando que combata a degradação muscular. Alguns esportes relacionados a isso são caminhadas, corridas, escalada de escadas, tênis, dança, futebol, bem como outros esportes, exceto natação e ciclismo.

Há várias coisas que você deve observar caso tenha sofrido perda óssea, a saber:

Evite vários tipos de esportes que caiam facilmente, como esqui e patinação no gelo, pois terá um maior risco de fratura do que outros

Caso tenha experimenta dor na medula espinhal, então evite os vários movimentos de ioga que dobram sua espinha

Consulte seu médico antes de iniciar qualquer exercício:

O crescimento ósseo em adultos jovens é de cerca de 3-4 meses e pode durar mais tempo à medida que envelhecemos ou possuímos osteoporose. Portanto, seja paciente pois você não terá resultados desejados no futuro próximo.

Existem alguns fatores que você, especialmente caso tenha osteoporose, deve considerar:

  • Sua idade;
  • A gravidade da osteoporose;
  • Os medicamentos que está consumindo atualmente;
  • Capacidade e aptidão do corpo.

 

Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

INFORMAÇÃO DO AUTOR: Kaio Rodrigues

Sou Biomédico formado pela Universidade Federal do Estado do Rio Grande do Sul (UFRGS). Tendo formação técnico-científica, com conhecimento do organismo humano tanto nos seus aspectos estruturais (células, tecidos e órgãos), quanto funcionais.

O campo de atuação do biomédico engloba toda a interface entre a biologia e a medicina clínica propriamente dita. Está apto a auxiliar no diagnóstico e avaliar clínico-laboratorialmente as doenças, os agentes etiológicos e os vetores e também exerço a função de Editor no site "Dicas de Saúde".

One Ping

  1. Pingback:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *