Ritalina: Para que Serve, Como usar e Efeitos Colaterais!

Revisado por

Enfermeira

Especialista do Cura Natural

Ritalina: Para que Serve, Como usar e Efeitos Colaterais que podem ser causados por este medicamento. Além disso, Ritalina é o nome comercial do cloridrato de metilfenidato da droga. Os médicos prescrevem a Ritalina para tratar o transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH) e um distúrbio do sono conhecido como narcolepsia .

Ritalina (metilfenidato) é um estimulante do sistema nervoso central. Ela afeta produtos químicos no cérebro e nervos que contribuem para a hiperatividade e controle de impulsos.

ritalina
ritalina

Ritalina é usado para tratar o transtorno de déficit de atenção (ADD), transtorno do déficit de atenção e hiperatividade (TDAH) e narcolepsia.

Ritalina também pode ser usado para fins não listados neste guia de medicação.

O que é Ritalina:

Ritalina é um estimulante usado para tratar o transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH) e narcolepsia. Ela afeta as partes do cérebro e do sistema nervoso central que controlam a hiperatividade e os impulsos. Ritalina é um dos nomes comerciais da droga conhecida como metilfenidato. Outros nomes de marcas podem incluir Concerta, Methylin e Metadate.

Usos da Ritalina:

Este medicamento é usado para tratar o transtorno de déficit de atenção e hiperatividade – TDAH. Ele funciona alterando as quantidades de certas substâncias naturais no cérebro. O metilfenidato pertence a uma classe de medicamentos conhecidos como estimulantes. Pode aumentar sua capacidade de prestar atenção, manter o foco e controlar problemas de comportamento. Também pode ajudá-lo na organização de suas tarefas e melhorar as habilidades de escuta.

Este medicamento também é usado para tratar um certo distúrbio do sono (narcolepsia).

Como Usar Ritalina:

Leia a bula fornecida pelo seu farmacêutico antes de tomar Ritalina e cada vez que receber uma nova remessa. Se você tiver alguma dúvida, pergunte ao seu médico ou farmacêutico.

Tome este medicamento por via oral, conforme indicado pelo seu médico, geralmente 2 ou 3 vezes por dia. Esta medicação é melhor tomada 30 a 45 minutos antes de uma refeição. No entanto, caso tenha problemas de estômago, você pode tomar este medicamento com ou após uma refeição ou lanche. Tomar este medicamento no final do dia pode causar problemas para dormir (insônia).

Tome a Ritalina regularmente para conseguir um maior benefício. Para ajudá-lo a lembrar, tome às mesmas horas todos os dias.

A dosagem é baseada em seu problema médico e resposta ao tratamento. O seu médico pode orientá-lo a aumentar ou diminuir gradualmente a sua dose. Além disso, caso tenha usado por muito tempo, não pare de repente sem consultar o seu médico.

Este medicamento pode causar reações de abstinência, especialmente se tiver sido usado regularmente por muito tempo ou em altas doses. Em tais casos, sintomas de abstinência (como depressão, pensamentos suicidas ou outras alterações mentais e de humor) podem ocorrer caso interrompa o uso deste medicamento repentinamente. Para evitar reações de abstinência, seu médico pode reduzir sua dose gradualmente. Consulte o seu médico ou farmacêutico para mais detalhes, e relate imediatamente quaisquer reações de retirada.

Quando usado por muito tempo, este medicamento pode não funcionar tão bem. Converse com seu médico se este medicamento parar de funcionar bem.

Embora ajude muitas pessoas, esta medicação pode, às vezes, causar dependência. Esse risco pode ser maior caso tenha um transtorno por uso de substâncias (como uso excessivo ou dependência de drogas ou álcool). Tome este medicamento exatamente como prescrito para reduzir o risco de dependência. Pergunte ao seu médico ou farmacêutico para mais detalhes.

Informe à seu médico caso o problema não melhore ou se piorar.

ritalina
ritalina

Precauções:

Antes de tomar Ritalina, informe à seu médico ou farmacêutico caso seja alérgico; ou a dexmetilfenidato; ou se tiver outras alergias. Este produto pode conter ingredientes inativos, que podem causar reações alérgicas ou outros problemas. Fale com o seu farmacêutico para mais detalhes.

Antes de usar este medicamento, informe o seu médico ou farmacêutico seu histórico médico, especialmente de: hipertensão arterial, problemas de circulação sanguínea (como a doença de Raynaud), glaucoma, problemas cardíacos (como batimentos cardíacos irregulares, insuficiência cardíaca, ataque cardíaco, problemas com estrutura cardíaca), histórico de problemas cardíacos (como morte súbita cardíaca e batimentos cardíacos irregulares), problemas mentais e de humor (especialmente ansiedade, tensão, agitação), histórico de transtornos mentais e do humor (como transtorno bipolar, depressão, psicose e pensamentos suicidas), tireoide hiperativa (hipertireoidismo) e também transtorno convulsivo.

Este remédio pode te deixar tonto. Álcool ou maconha também podem deixá-lo mais tonto. Não dirija, use máquinas ou faça qualquer coisa que precise de atenção até poder executar com segurança. Limite o consumo de bebidas alcoólicas. Converse com seu médico caso esteja usando maconha.

Antes de fazer uma cirurgia, informe à seu médico ou dentista sobre todos os produtos usados (incluindo medicamentos prescritos, sem receita médica e produtos fitoterápicos).

Quando usado por muito tempo, este remédio pode afetar a taxa de crescimento, o peso e a altura adulta final da criança. Para reduzir o risco, o médico pode recomendar interromper a medicação de vez em quando. Verifique regularmente o peso e a altura da criança e consulte o seu médico ou farmacêutico para mais detalhes.

Os adultos mais velhos podem ser mais sensíveis aos efeitos colaterais deste remédio, especialmente problemas para dormir, perda de peso ou dor no peito.

Durante a gravidez, a Ritalina deve ser usada somente quando claramente necessário. Discuta os riscos e benefícios com o seu médico.

Este medicamento passa para o leite materno. Consulte o seu médico antes de amamentar.

Interações:

As interações medicamentosas podem alterar a forma como seus medicamentos funcionam ou aumentam o risco de efeitos colaterais graves. Este documento não contém todas as interações medicamentosas possíveis. Mantenha uma lista de todos os produtos usados (incluindo prescrito, sem receita médica e produtos fitoterápicos) e compartilhe com seu médico e farmacêutico. Não inicie, pare ou altere a dosagem de qualquer medicamento sem a aprovação do seu médico.

Tomar inibidores da monoamina oxidase com este medicamento pode causar uma interação medicamentosa grave (possivelmente fatal). Evite tomar inibidores durante o tratamento com esta medicação. A maioria dos inibidores também não deve ser tomada por duas semanas antes do tratamento com esta medicação. Pergunte ao seu médico quando iniciar ou parar de tomar este medicamento.

A Ritalina é muito semelhante ao dexmetilfenidato. Não use medicamentos que contenham dexmetilfenidato enquanto estiver usando metilfenidato.

Este medicamento pode interferir com certos exames médicos ou laboratoriais (incluindo o exame cerebral para a doença de Parkinson), possivelmente causando resultados falso-positivo. Garanta que o pessoal de laboratório e todos os seus médicos saibam que você utiliza este medicamento.

Overdose de Ritalina:

Se alguém tiver uma overdose e apresentar sintomas graves, como desmaio ou dificuldade para respirar, ligue para o serviço de emergência. Os sintomas de sobredosagem podem incluir: vômitos, agitação, confusão, sudação, rubor, espasmos musculares, alucinações, convulsões, perda de consciência.

Notas:

Não compartilhe este medicamento com os outros. Compartilhar é contra a lei.

Laboratório e/ou exames médicos (como pressão arterial, hemograma completo, monitoramento de altura/peso em crianças) podem ser realizados periodicamente para monitorar seu progresso ou checar os efeitos colaterais. Consulte o seu médico para mais detalhes.

Existem diferentes marcas e formas desta medicação disponíveis. Nem todos têm os mesmos efeitos. Não altere marcas ou formulários sem consultar o seu médico ou farmacêutico.

Dose perdida:

Caso perca uma dose de Ritalina, tome assim que lembrar. Se estiver perto da hora de dormir ou perto da hora da próxima dose, pule a dose esquecida e retome o seu esquema posológico habitual. Não duplique a dose para recuperar o atraso.

ritalina
ritalina

Armazenamento:

Diferentes marcas deste medicamento têm diferentes necessidades de armazenamento. Consulte a embalagem do produto para conseguir instruções sobre como armazenar a marca ou pergunte ao seu farmacêutico. Não armazene no banheiro. Mantenha todos os medicamentos fora do alcance de crianças e animais de estimação.

Não descarte os medicamentos no vaso sanitário ou em um ralo, a menos que seja recomendado. Descarte este produto adequadamente quando expirar ou não for mais necessário.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

VOCÊ PRECISA VER ISSO: