Benefícios das Frutas

30 benefícios da ervilha para saúde!

benefícios da ervilha para saúde

ervilha possui elementos nutricionais importantes para saúde. Além disso, a ervilha é comumente usada em diversos pratos que vão desde saladas sofisticadas até os cachorros quentes de lanchonetes. Amadas ou odiadas pelo seu sabor e textura, essa leguminosa pode ser, além de um complemento de sabor para o prato, uma bomba de benefícios para a saúde de quem as consome.

benefícios da ervilha para saúde
benefícios da ervilha para saúde

Em dois tipos de grãos, as ervilhas podem ser encontradas no tipo liso, que é pequena e pouco apreciada, e no tipo rugoso, que é maior e mais saborosa, levemente adocicada.

Valor nutricional da ervilha: 

Rico em nutrientes importantes para o bom funcionamento do corpo. A ervilha é rica em vitamina A, vitaminas do complexo B, vitamina C, vitamina E, vitamina K, além de minerais como magnésio, potássio, zinco, ferro e cálcio, que podem não só dar aquela forcinha para a perda de peso, como também prevenir e tratar diversos tipos de doenças.

Quer saber mais sobre os benefícios da ervilha para a saúde? Então, continue lendo esse artigo até o final e descubra como o pequeno vegetal verde pode ser o pontapé inicial para impulsionar sua saúde e boa forma. Confira alguns dos principais benefícios da ervilha para saúde:

O consumo da ervilha deve estar aliado a hábitos saudáveis. Usar o vegetal como ingrediente para pratos calóricos e gordurosos não surte efeito. A alimentação precisa ser equilibrada e saudável.

Opções saudáveis com ervilha são saladas ou sopas. É importante aliar a dieta a exercícios físicos.

Benefícios da ervilha para saúde:

1. Ajuda a emagrecer:

A ervilha pode ser a aliada que você estava procurando para compor a sua dieta de perda de peso. Isso porque, além de suas propriedades antioxidantes, o vegetal também possui baixos índices calórico e glicêmico, o que significa que você pode inseri-lo no seu cardápio diário sem medo de engordar.

2. Previne doenças cardiovasculares:

A ingestão regular de ervilhas pode ajudar a equilibrar a pressão arterial e, portanto, melhorar o funcionamento geral do sistema cardiovascular.

Isso porque esses pequenos vegetais verdes possuem funções antioxidantes e anti-inflamatórias, que podem ser essenciais na eliminação de células mortas e na melhora do fluxo sanguíneo, dois fatores essenciais para proteger o coração de problemas como hipertensão, AVC, ataques cardíacos, derrames e aterosclerose.

3. Ajuda a aumenta os níveis de energia no corpo:

Comer ervilhas vai aumentar seus níveis de energia por causa de sua fartura em ferro. Perda de ferro no organismo provoca cansaço e incapacidade de se concentrar. Se comer alimentos ricos em ferro, você será capaz de aumentar seus níveis de energia e proteger-se contra riscos de infecção. É muito importante consumir alimentos ricos em ferro diariamente.

4. Melhora a visão:

Além de luteína, ervilhas também estão concentradas com a vitamina A, que trabalham juntas para o maior benefício dos olhos. A luteína protege os olhos em um nível celular através da prevenção da oxidação que pode levar à catarata. A vitamina A mantém sua visão clara por mais tempo. Se você deseja ter os olhos saudáveis ​​à medida que envelhecem, consumir ervilhas em sua dieta será de grande ajuda.

5. Funciona como anti-inflamatório natural:

Os antioxidantes presentes nas ervilhas são capazes de parar a inflamação e os seus maus efeitos. ervilhas contêm flavonóides, carotenóides, ácidos fenólicos e polifenóis que são propriedades anti-inflamatórias e anti-oxidantes. A inflamação é a principal causa de doenças do coração, artrite e mesmo câncer.

6. Regula o açúcar no sangue:

Ervilhas têm boas quantidades de proteína e fibra, devido ao fato de que a digestão é lenta ajudando a manter os níveis de açúcar no sangue estável.

7. Controla a obesidade:

Consumo de ervilhas ajuda no controle de peso. Elas têm colesterol zero e tem uma boa quantidade de proteínas e fibras. Comer ervilhas irá saciá-lo por horas, reduzindo ainda mais a ingestão de alimentos. Os bons níveis de zinco também melhoram o metabolismo auxiliando na manutenção do peso.

8. Contribui para a saúde do coração:

Ervilha é fonte de licopeno. O licopeno é um poderoso antioxidante que previne danos nas células do coração. Altos níveis de vitamina K e o teor de colina em ervilhas também reduzem o risco de doença cardiovascular, enquanto que o elevado teor de fibra mantém os níveis de colesterol controlados evitando a obstrução das artérias e um possível infarto.Benefícios da Ervilha Para Saúde

9. Alivia a constipação intestinal:

Quando se tem prisão de ventre, é importante consumir alimentos ricos em fibras para melhorar o metabolismo. Isso contribui para uma melhor digestão. Comer ervilhas pode ajudá-lo a aliviar a constipação.

10. Combate a depressão:

Além disso, é aconselhado comer alimentos ricos em antioxidantes porque ajudam a combater a depressão. Ervilhas têm muitos antioxidantes e estão facilmente disponíveis.

11. Acaba com a fadiga:

Isto acontece porque ervilhas contêm ferro, um mineral que pode prevenir a fadiga, especialmente em mulheres. Além disso, o alto teor de vitaminas neste vegetal garante que você não se sinta fadigado depois de um dia cansativo.

12. Fortalecem o sistema imunológico:

Aumentar a imunidade a ervilha é essencial para manter a saúde sempre em dia. Neste caso, a ervilha também pode te ajudar a fortalecer o sistema imunológico e dar mais resistência ao organismo.

13. Promovem o ganho de massa muscular:

Por serem grandes fornecedoras de proteínas, as ervilhas podem ser consumidas por atletas ou praticantes de atividades físicas para aumentar o ganho de massa muscular. Isso porque o valor proteico encontrado nos vegetais é considerado muito superior ao de suplementos industrializados, o que pode ser de grande ajuda para a construção dos músculos.

14. Previne o câncer:

A ervilha possui alta concentração de fitonutrientes, como é o caso dos polifenois, que são importantes para auxiliar na proteção do corpo contra o desenvolvimento. Especialistas recomendam que o consumo desses nutrientes na alimentação seja de, pelo menos, uma porção diária de 2 mg.

15. Controla a diabetes:

A ervilha também pode ser uma excelente alternativa para compor a dieta de pacientes diabéticos. Isso porque ela possui baixo índice de açúcares, além de ser uma ótima fonte de fibras e proteínas. Os efeitos do vegetal sobre a resistência de insulina estão relacionados à ação dos componentes anti-inflamatórios e antioxidantes presentes em sua composição.

16. Regula o intestino:

Devido às altas quantidades de fibras presentes em sua composição, a ervilha também pode ser utilizada para combater desconfortos estomacais, principalmente no caso de quem está em uma dieta de emagrecimento, que podem retardar o processo digestório e a eliminação de toxinas pelo corpo.

Sendo assim, ao consumir o vegetal, você pode melhorar a digestão como um todo e evitar todos esses problemas, bem como a prisão de ventre e quadros de diarreias.

17. Ajuda no controle de peso:

Uma xícara dessa leguminosa tem menos de 100 calorias e um baixo índice glicêmico. Portanto o consumo, mesmo em excesso, deste vegetal, não fará com que você engorde. São baixas em gordura e tem um elevado teor de ômega-3, betacaroteno, minerais e vitaminas A, B, C, e E.

18. Ajudam a manter uma visão saudável:

A luteína que, como já dissemos, está presente em grandes quantidades nas ervilhas, promove a saúde dos olhos, agindo como um filtro que impede que a radiação nociva afete o sentido da visão. Este tipo de radiação, proveniente do sol, tem consequências graves na região macular da retina. Por isso, é conveniente comer diariamente, pelo menos, 10 mg de luteína.

19. Ajudar na digestão:

Excelente fonte de fibras, a ervilha auxilia no bom funcionamento intestinal, na medida em que facilita a digestão, tornando-a mais eficiente, e reduzindo as chances de desenvolvimento de problemas, como prisão de ventre, síndrome do intestino irritável, entre outras.

20. Beneficio da Ervilha Para os Músculos:

Reconhecidamente uma boa fonte de proteínas, as ervilhas  ajudam no fortalecimento muscular, sendo muito melhor do que boa parte dos suplementos industrializados.

21. É boa para a pele:

Por conter antioxidantes, como os flavonoides, carotenoides, ácidos fenólicos e polifenóis, que ajudam a evitar os radicais livres, que, em longo prazo, degradam as células; as ervilhas são boas para a pele também. Elas auxiliam na prevenção do envelhecimento precoce.

22. Fazem bem para o cérebro:

O magnésio, ferro, fósforo e zinco presentes na ervilha são minerais importantes para a boa saúde do sistema nervoso. A vitamina K, que também compõe o alimento, é importante para o cérebro e pode ajudar na prevenção de doenças degenerativas, como o Alzheimer.

23. Previne a depressão:

A ervilha contém folato, uma substância que auxilia na redução dos sintomas da depressão. Os antioxidantes auxiliam ainda a prevenir o aparecimento da doença.

24. Previne o câncer de estômago:

As ervilhas contêm grandes quantidades de um polifenol protetor de saúde chamado coumestrol. Um estudo na Cidade do México determinou que você só precisa de 2 miligramas por dia deste fito nutriente para evitar câncer de estômago. Uma xícara de ervilhas tem pelo menos 10.

25. São grandes aliadas do sistema nervoso:

Os minerais podem justificar diversos dos benefícios da ervilha, e o sistema nervoso também pode ser favorecido. Dentre os principais contribuintes, podemos destacar 62 mg de Magnésio que pode ser encontrado em uma xícara de ervilhas, Fósforo, Ferro, Zinco, e muito mais.

26. Previnem rugas e Alzheimer:

Estes benefícios da ervilha provêm pelas fortes propriedades anti-inflamatórias deste alimento.

O excesso de inflamação também tem sido associado, doença cardíaca, câncer e envelhecimento em geral. As propriedades das ervilhas  incluem:

  • Pisumsaponins I e II e pisomosides A e B são fitonutrientes anti-inflamatórios encontrados quase que exclusivamente nas ervilhas.
  • Vitamina C e vitamina E, e uma boa quantidade de zinco mineral antioxidante
  • Gordura omega-3 na forma de ácido alfa-linolênico (ALA).

27. Ajudam a reduzir o colesterol ruim:

A niacina nas ervilhas ajuda a reduzir, a produção de triglicerídeos e VLDL (lipoproteína de baixa densidade, que resulta em menos colesterol ruim, aumento do colesterol HDL (“bom”) e diminuição dos triglicerídeos.

28. Anti-envelhecimento:

Com o avanço da idade, o uso de cremes rejuvenescedores e que retardam os efeitos temporais é cada vez mais comum. A adoção de cuidados estéticos pode ser substituída pelos benefícios da ervilha. Outros contribuintes contidos na ervilha, que agem contra o envelhecimento são as vitaminas C e E, ômega-3, Zinco, ácidos fenólicos, alfa e betacaroteno, flavonoides, polifenois e muito mais.

29. É rica em fibras:

Muitas pessoas que estão em dieta lidam com desconfortos estomacais, os quais são consequência do funcionamento intestinal irregular. Esse problema retarda o processo digestório e eliminação de toxinas, por isso, é válido ter conhecimento de que os benefícios da ervilha podem agir preventivamente contra essas consequências, graças à porção de fibras oferecidas.

30. São ricas em folatos:

As Ervilhas são ricos em folatos, que podem ser útil na redução da depressão. A Baixa ingestão de folatos podem resultar em sintomas depressivos melancólicos.

Contraindicações da ervilha:

Algumas contraindicações da ervilha são um pouco controversas: alguns especialistas afirmam que a alta quantidade de isoflavonas, quando ingeridas em excesso, podem:

  • causar problemas de tireoide em pessoas com hipotireoidismo,
  • estimular a puberdade precoce e
  • prejudicar a fertilidade, no caso dos homens.

No entanto, outros estudiosos garantem que, apesar de as isoflavonas serem similares ao estrogênio, elas não são iguais e atuam de modo diferente no organismo.

Formado em Comunicação Social, especialista em jornalismo digital e SEO, responsável por criar diversos projetos na internet, afim de levar conhecimento à todos sobre saúde, beleza, bem estar, natureza e entretenimento.

11 comentários

  • […] enlatados como palmito, ervilha, milho, picles, cogumelos e […]

  • […] Ervilha […]

  • […] Ervilha entre outras opções semelhantes. […]

  • […] bom funcionamento e a saúde do nosso organismo. Da família das leguminosas, que também inclui a ervilha, a lentilha, o grão de bico e soja, o Feijão é rico em proteínas, vitaminas B1,  vitamina B2 […]

  • […] alimentos derivados de plantas – vegetais, frutas, grãos inteiros e legumes (Feijão, Ervilhas, Lentilhas) – e limitar o consumo de alimentos altamente processados”. Ao ter uma […]

  • […] Ervilha, que age como uma insulina […]

  • […] como as folhas verdes e escuras, os grãos (Feijão, Ervilha, Lentilha, etc) também são fontes ricas em Ácido Fólico que auxiliam na replicação celular, […]

  • […] nutrientes. Alguns dos tipos mais comuns de leguminosas são feijões, lentilhas, grão de bico, ervilhas e […]

  • […] Os Benefícios do Amendoim Para Saúde são fundamentais para boa manutenção da saúde, pois o Amendoim é cheio de nutrientes fundamentais para saúde do corpo. Além disso, o Amendoim é um membro da família das leguminosas, juntamente com feijões e ervilhas. […]

  • […] Ervilha; […]

  • […] de cerveja e couve-flor são algumas outras ricas fontes dessa vitamina são laranjas, bananas, ervilhas, marrom arroz e […]

Deixe um comentário