Início » Benefícios das Plantas » Agrimônia – o que é, benefícios e como usar!

Agrimônia – o que é, benefícios e como usar!

agrimônia

A agrimônia é uma planta medicinal utilizada principalmente no tratamento contra problemas inflamatórios que afetam o organismo humano, essa planta possui como nomenclatura científica eupatória. A mesma pode ser encontrada em farmácias de medicamentos manipulados e também em lojas de produtos naturais. Veja tudo sobre essa planta:

agrimonia
agrimônia

O que é agrimônia?

Além disso, a agrimônia é um gênero botânico pertencente à família Rosaceae, que inclui pouco mais que uma dezena de espécies. Seu representante mais comum é a Agrimônia eupatori

A planta atinge até 1 metro de altura e tem filhas em tons de verde escuro longas e penduladas, divididas em pares. Diminuem ao longo dos caules e, no topo, chegam a apenas 7 centímetros de comprimento.

Forma espigas de flores amarelas e seus frutos nascem aderentes ao caule, cobertos de pelos eriçados que grudam à roupa do mesmo jeito que o picão.

Quais são os benefícios da agrimônia?

Os benefícios desta planta é para tratamento de diarreia e hemorroidas. Além disso, o seu uso se aplica ainda para o tratamento de abcessos, amigdalite, angina, bronquite, cálculo renal, catarro cistite, cólicas, laringite, diarreia, inflamações na pele, feridas, inflamações da garganta ou da pele.

Como usar:

Além disso, as folhas e flores devem ser usadas no preparo de infusões, decoções ou cataplasma. Para a infusão, você vai precisar de:

Ingredientes:

  • 2 colheres de sopa das folhas da agrimônia;
  • 1 litro de água;

Modo de preparo:

  1. Em um recipiente, coloque a água e leve ao fogo.
  2. Quando começar a ferver, desligue e coloque as folhas.
  3.  Tampe e deixe descansar por 10 minutos.
  4. Em seguida, coe e consuma.
  5.  A dose indicada é de três xícaras ao dia.

Quais são os efeitos colaterais?

A planta é contraindicada para mulheres gestantes ou em fase de lactação, ou ainda para pacientes que estejam gripados. Além disso, as  doses acima do recomendado podem diminuir o ritmo das batidas do coração.

Lembre-se: sempre antes de usar qualquer medicamento, mesmo que natural, procure orientação médica.

Sou nutricionista e Personal Trainer. Me formei pela Universidade Federal do Tocantins em 2002, com registro profissional no CRN-4 nº 1509723, tenho especialização em Nutrição Esportiva, Treinamento Físico e treinos Curto de alta intensidade.

Deixe um comentário