Quinina – O que é, Benefícios e Como Usar

Revisado por

Nutrição e Educação Física pela UFT

Especialista do Cura Natural

Quinina – O que é, Benefícios e Como Usar essa planta. Além disso, a Quinina é uma substância natural retirada da casca de uma planta medicinal conhecida como Cinchona calisaya ou Quina-amarela, utilizada para complementar o tratamento da malária, eliminando os protozoários da doença. Esta planta, normalmente, é vendida na farmácia sob a forma de cápsulas de Quinino para tratar a malária, no entanto, também pode ser encontrada na água tônica vendida em lanchonetes e padarias. Veja tudo sobre esta planta – o que é, benefícios e como usar:Quinina

O que é Quinina:

A Quinina é uma planta da família das Planta da família das Rubiaceae que crescem entre 5 e 15m de altura, também conhecida como cinchona-vermelha, casca-peruana, casca-dos-jesuítas.

Para que Serve a Quinina:

Esta planta serve para complementar o tratamento da malária, não devendo ser usada para prevenir a doença.

Modo de uso da Quinina:

Esta planta só deve ser usado na forma de cápsulas após indicação do médico. O preparo da forma caseira não é indicado, sobretudo na forma de chás ou infusões.

Isso porque, uma série de efeitos colaterais e cuidados mais específicos devem ser tomados pelo paciente.

O consumo em excesso da planta pode desencadear aumento dos batimentos cardíacos, náuseas, confusão, visão embaçada, tonturas, hemorragias e problemas no fígado. Outros efeitos associados a ela são: enxaqueca, brotoeja, dor abdominal e surdez.

Efeitos Colaterais da Quinina:

Os efeitos colaterais desta planta incluem aumento dos batimentos cardíacos, náuseas, confusão, visão embaçada, tonturas, hemorragias e problemas no fígado.

Contraindicações:

Esta planta está contraindicada para grávidas, assim como pacientes com depressão, problemas de coagulação do sangue ou doenças hepáticas.

Além disso, o uso desta planta deve ser avaliado quando o paciente utiliza outros remédios, como Cisaprida, Heparina, Rifamicina ou Carbamazapina.

Popularmente, esta planta é usada para prevenir cãibras musculares, no entanto, este uso não está cientificamente provado.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *