Benefícios das Plantas Alan Costa

Jaborandi – o que é, benefícios e como usar!”

O jaborandi possui ricas propriedades essenciais para a saúde do organismo de maneira eficaz ele é uma pequena árvore ou arbusto que tem parte importante na medicina popular brasileira. Caboclos e índios costumavam preparar um chá com as suas folhas e usar a bebida como diurética ou para induzir a produção de suor no corpo.

Além disso, o jaborandi é usado interna ou externamente e é constituído de alcaloides, essências, matérias resinosas e pécticas, etc. Essa planta é muito utilizada em colírios para o tratamento de glaucoma, mas pode aparecer em receitas populares para baixar a febre, diminuir problemas capilares e até mesmo laringites.

beneficios do jaborandi

benefícios do jaborandi

Quais são as propriedades do jaborandi?

É importante conhecer as propriedades da planta para que ela seja usada com mais frequência, apesar de requerer bastante atenção em qualquer de seus usos.

planta é anti-artritica, anti-inflamatória, previne a queda dos cabelos, antirreumática, diaforética, estimula o crescimento capilar, é depressora cardíaca, diaforética, emoliente, estimula o peristaltismo e a secreção da saliva, é expectorante, febrífuga, hipoglicêmica, laxativa, ativa as glândulas que fazem o suor e dilata os vasos, além de várias outras propriedades.

Benefícios do jaborandi para saúde:

  • As propriedades medicinais do jaborandi agem na dilatando os alvéolos pulmonares fazendo com que o fluxo de oxigenação.
  • O aumento do açúcar no sangue pode trazer problemas para o corpo, o chá desta planta ajuda a redução dessa condição no sangue, tornando os níveis mais aproximados da normalidade.
  • Pessoas que estão com problemas renais graves como a paralisia devem fazer o uso do jaborandi. Apesar de ser vetado um excesso de líquido, a planta é aconselhada para auxiliar na recuperação do órgão mesmo em casos de casos que já necessitam hemodiálise.
  • planta é um excelente expectorante natural para problemas como laringite, e pneumonia.
  • O aumento do açúcar no sangue pode trazer problemas para o corpo, o chá de jaborandi ajuda a redução dessa condição no sangue, tornando os níveis mais aproximados da normalidade.
  • De acordo com algumas pessoas, a planta pode ajudar a prevenir a calvície.
  • planta é um bom remédio natural contra tosse, já que é expectorante e ajuda a eliminar as substâncias que provocam contrações pulmonares.

Como usar?

O jaborandi pode ser usado em formato de chá ou de extrato. Se maceradas, as folhas da árvore ou arbusto rendem uma tintura grossa de cor escura e saborosa. O gosto da planta lembra o da planta mentruz. O pó pode ser usado para tratamentos assim como as folhas secas e in natura retirada diretamente da árvore ou arbusto.

O pó desta planta pode ser usado em sobremesas, em porções individuais, adicionados em sucos ou até mesmo fazer o chá. Além do uso interno para tratamento fitoterápico para doenças do corpo, ele também tem uma aplicação importante na área cosmética e de beleza. É usada como tratamento contra queda de cabelo, caspa e espinhas.

A homeopatia de jaborandi também e bastante procurada, porém não há indícios da sua eficácia comprovada. A planta também pode ser usada em fabricação de pomadas, tinturas para cabelos, loção colírio para casos de glaucoma.

Como fazer o chá de jaborandi?

Etapas:

  1. Em uma panela, adicione 3 colheres de sopa das folhas trituradas do jaborandi para cada litro de água.
  2. Em seguida, deixe que cozinhe, a partir do momento que começar a ferver, por 3 ou 4 minutos.
  3. Depois retire do fogo e deixe em repouso com uma tampa por 10 minutos.
  4. Coe e beba de 2 a 3 xícaras ao dia.
  5. Esse mesmo chá pode ser aplicado no cabelo como uma loção, pois é um ótimo remédio contra calvície.

Efeitos colateiras:

Sempre que decidir usar a planta, consulte um médico para que ele aprove a ideia e possa acompanhar o seu caso. Há alguns relatos de que o uso interno pode causar diarreia, vômitos e insuficiência cardíaca.

Já o uso externo pode causar a irritação ocular, diminuição da visão periférica e da percepção da claridade. Mulheres grávidas e lactantes não devem fazer uso do jaborandi, assim como as pessoas com problemas cardíacos.

Sobre o autor | Website

Sou nutricionista e Personal Trainer. Me formei pela Universidade Federal do Tocantins em 2002, com registro profissional no CRN-4 nº 1509723, tenho especialização em Nutrição Esportiva, Treinamento Físico e treinos Curto de alta intensidade.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.