Hemorroidas – O que é, Causas, Sintomas e Tratamentos

Revisado por

Educação Física pela UGF

Especialista do Cura Natural

Hemorroidas – O que é, Causas, Sintomas e Tratamentos
4.8 (96.9%) 58 votes

Hemorroidas – O que é, Causas, Sintomas e Tratamentos que você deve ficar atento. Além disso, As Hemorroidas trata-se de uma inflamação e inchaço nas veias do ânus e reto inferior. Entre outras causas, as Hemorroidas podem resultar do esforço durante evacuações ou da pressão aumentada nestas veias. As Hemorroidas podem ser localizadas dentro do reto, internas, ou podem se desenvolver sob a pele em torno do ânus, chamadas de Hemorroidas externas.

Quais são os Sintomas das Hemorroidas?

Dependendo de serem internas ou externas, estas veias inflamadas podem causar coceira, hemorragia retal e dor às vezes podem ser graves. O sintoma clássico de Hemorroidas internas é sangramento retal. Na maioria das vezes geralmente é notado como raios vermelhos brilhantes no papel higiênico, mas o sangue também pode ser encontrado nas fezes, roupas íntimas ou na tigela do banheiro. As Hemorroidas internas podem às vezes se protuberância fora do ânus, raramente levando à formação de um coágulo sanguíneo.

As Hemorroidas externas são mais freqüentemente associadas à dor e, se irritadas com o esforço ou fricção ou limpeza excessivas, também podem coçar e sangrar. Os coágulos de sangue – também conhecidos como Hemorroidas trombose – são mais comumente formados em Hemorroidas externas. Muitas vezes, eles podem se sentir como um nódulo difícil, doloroso e grapido no ânus, e às vezes precisam ser removidos cirurgicamente.

Quais são as Causas das Hemorroidas?

As causas mais comuns de Hemorroidas são a suspensão prolongada, o esforço nas fezes e a constipação. Irritantes na dieta podem exacerbar Hemorroidas, incluindo especiarias fortes, como pimenta vermelha e mostarda, e bebidas como café, café descafeinado e álcool. O estresse pode causar Hemorroidas, como pode a gravidez (devido à pressão do feto no abdômen, bem como mudanças hormonais que fazem com que os vasos sanguíneos se ampliem – essas Hemorroidas geralmente desaparecem após o parto). A obesidade , a diarreia crônica e a relação sexual anal também podem levar a Hemorroidas.

Tratamentos da Hemorroida:

Muitas vezes, o tratamento de Hemorroidas envolve cuidados caseiros, com o uso de alguns medicamentos. Veja alguns exemplos de tratamentos que você pode adotar em casa para ajudar na recuperação:

  • Pomadas com corticoides que ajudam a reduzir a dor e o inchaço
  • Pomadas para Hemorroidas com lidocaína que ajudam a reduzir a dor
  • Emolientes que ajudam a reduzir o esforço e a constipação
  • Banhos de assento podem ajudá-lo a se sentir melhor. Sente-se em água morna por 10 a 15
  • minutos
  • Loção feita da casca de hamamélis (aplicada com cotonetes) pode reduzir o prurido.

Outros cuidados para reduzir a coceira incluem:

  • Use roupas íntimas de algodão
  • Evite papel higiênico com perfume ou colorido (usar lenços perfumados em seu lugar). Prefira
  • realizar lavagem da região, secando com toalha macia
  • Invista em banhos de assento com água morna para ajudar a diminuir o desconforto
  • Ingira muitas fibras e água
  • Faça caminhadas sempre que possível
  • Evite coçar a área.

Em alguns casos mais graves de Hemorroida, principalmente a partir do grau II, pode ser que seja necessária uma intervenção cirúrgica ou tratamentos alternativos. Os procedimentos que podem ser feitos são:

Coagulação infravermelha: 

Esse tratamento não-cirúrgico é rápido e não costuma causar complicações ao paciente. Uma pequena sonda é colocada acima da Hemorroida e a luz infravermelha é aplicada, que rapidamente coagula os vasos que levam sangue à região, fazendo com que elas encolham e retrocedam. A diminuição dos tecidos pode levar algumas semanas.

Injeção:

Além dele, existe também a opção de tomar uma injeção nas veias inflamadas para diminui-las. Esse método costuma não causar dor ao paciente, mas também não é tão eficiente quanto os outros.

Cirurgias:

Se nenhum desses tipos de tratamentos não derem certo, a cirurgia será necessária. Entre os procedimentos que podem ser realizados está ligadura elástica ou hemorroidectomia. Estes geralmente são usados em pacientes com dor ou hemorragia grave que não responderam a outros tratamentos para curar a Hemorroida.

No caso do primeiro, o médico amarra alguns elásticos na base das veias inflamadas para cortar a circulação. Depois de alguns dias, as Hemorroidas caem sozinhas durante a evacuação. Esse tratamento costuma ser eficiente para muitas pessoas.

Na hemorroidectomia, o cirurgião retira as veias inflamadas que causam sangramento e dor. Este procedimento é indicado principalmente para pessoas com quadro recorrente.

Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

INFORMAÇÃO DO AUTOR: Francisco Silva

Sou Formado em Educação Física, pela UGF – (Universidade Gama Filho) - Na turma 2012-2015. Atuei e atuo em academias e clubes, nas modalidades de Musculação do Iniciante ao Avançado, Ginástica em Grupo, Natação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *