Início » Doenças e Tratamentos » Obstipação na gravidez – o que é, sintomas e tratamentos!

Obstipação na gravidez – o que é, sintomas e tratamentos!

obstipaçao na gravidez

A obstipação na gravidez, é um dos incômodos comuns durante o período da gestação, afetando pelo menos metade das mulheres grávidas. Os responsáveis pelo inconveniente são os hormônios da gravidez e a pressão do útero sobre o estômago e o intestino, que tornam o processo de digestão mais lento. Além disso, o consumo de suplementos vitamínicos que contenham ferro pode piorar o quadro.

obstipacao na gravidez
obstipação na gravidez

A obstipação na gravidez não prejudica o bebê, mas, no caso de persistir e incomodar a gestante, ela deverá conversar com o ginecologista. Uma das consequências da obstipação pode ser o aparecimento de hemorroidas, que podem ser muito doloridas.

Quais são os sintomas da obstipação na gravidez?

Durante a gravidez, o hormônio progesterona torna o intestino naturalmente mais lento e o útero faz pressão sobre o intestino. Por estes motivos surge a prisão de ventre. Dentre os sintomas mais frequentes da obstipação na gravidez estão os seguintes:

Se esses sintomas forem acompanhados de náuseas ou dores abdominais, o médico obstetra deve ser consultado.

Quais são as causas?

A principal causa da obstipação na gravidez são as alterações hormonais que acontecem no organismo durante a gravidez. Dá-se um aumento da concentração da progesterona que tem como função principal a de tornar o útero materno mais extensível para suportar o feto.

Mas a progesterona também relaxa a musculatura lisa de todo o organismo, logo dos intestinos e das paredes dos vasos, o que significa que a matéria fecal atravessará o organismo mais lentamente. Como consequência disso, as paredes intestinais absorvem uma grande quantidade da água contida nas fezes, que ressecam e ficam duras.

Como tratar?

Para tratar a obstipação podem ser seguidas várias dicas, como:

  • Comer ameixa preta seca diariamente.
  • Aumentar o consumo de alimentos ricos em fibras, como cereais All Bran, maracujá, amêndoa com casca, repolho, gergelim, goiaba, ervilha, maçã, pera com casca ou tangerina.
  • Aumentar o consumo de alimentos ricos em água como rabanete, tomate, nabo, melancia, morango ou melão, por exemplo.
  • Beber 1,5 a 2 litros de água por dia, que pode ser consumida ainda em forma de sopas ou de sucos.
  • Para quem tem dificuldade em beber água, uma boa dica é beber chá ou colocar uma rodela de limão ou de laranja numa jarra com água e ir bebendo aos poucos.

Outra dica importante para acabar com Obstipação na Gravidez é fazer algum tipo de atividade física, mas devido ao peso da barriga, os mais indicados são os exercícios de alongamento muscular e as caminhadas leves.

Uma excelente forma de combater a Obstipação na Gravidez é fazer uma vitamina de iogurte natural com mamão papaia e mel e tomar diariamente no café da manhã.

Formado em Comunicação Social, especialista em jornalismo digital e SEO, responsável por criar diversos projetos na internet, afim de levar conhecimento à todos sobre saúde, beleza, bem estar, natureza e entretenimento.

5 comentários

  • […] a condição afeta principalmente mulheres, e muitas vezes começa ou piora na puberdade, durante a gravidez, após a cirurgia ginecológica e em torno da época da […]

  • […] conhecer. Além disso, a placenta é uma estrutura que se desenvolve dentro do útero durante a gravidez, proporcionando oxigênio e nutrição e removendo resíduos do seu bebê. A placenta se conecta ao […]

  • […] principais causas para a produção de leite pelas mamas são a gravidez e a amamentação, entretanto, a Galactorreia acontece, principalmente devido à situações […]

  • […] da glândula tireoide . Entretanto, a maioria desses nódulos é benigna e não sugerem o câncer. Gravidez. Um hormônio fabricado durante a gravidez, chamado gonadotrofina coriônica humana (HCG), pode […]

  • […] pó satisfazer quase todas as necessidades de ferro e cálcio diárias de uma mulher durante a gravidez e […]

Deixe um comentário