Grumixama – Benefícios, Usos e Efeitos Colaterais

Revisado por

Dr. Valeria Carneiro Graduada em Ginecologia e Obstetrícia!

Especialista do Cura Natural

Grumixama – Benefícios, Usos e Efeitos Colaterais
4.5 (90%) 2 vote[s]

Grumixama – Benefícios, Usos e Efeitos Colaterais que você provavelmente não conhece. Além disso, a grumixama ainda é pouco conhecida e, portanto, menos presente nas mesas do país. Também chamada de grumichaba, grumixameira, grumiçava e gurumichaba, a fruta é prima da pitanga e nativa da Mata Atlântica. Em alguns lugares, ela é conhecida como “cereja brasileira”, por ter uma aparência bem semelhante com a frutinha vermelha.

A origem do seu nome Grumixama, segundo o vocabulário Tupi-Guarani, provém de “guamichã” que quer dizer: o que pega na língua. Seu fruto “pega na língua” por ser bastante palatável e com sabor inigualável, e ainda é uma mistura de doçura e acidez, um misto de Pitanga e Jabuticaba. Confira os Benefícios da Grumixama:

Benefícios da Grumixama:

Ainda pouco conhecida, mas já foi identificado algumas propriedades como Vitamina C e do complexo B (B1, B2), Niacina, flavonoides e outros, estão presentes nessa frutinha bem diferente. Então, veja outros Benefícios da Grumixama Para Saúde:

  • É Rica em Antioxidantes;
  • Previne do Câncer;
  • Fonte de Vitamina C;
  • Age como Diurético;
  • É Energizante;
  • Tem Ação Revitalizante;
  • Rico em Vitamina B1 e B2.
  • Combate Envelhecimento precoce;
  • Previne Doenças Cardiovasculares;
  • Previne Doenças Pulmonar;
  • Aliviar o Estresse;
  • Melhorar a Digestão;
  • Elimina a Tosse.

Sendo assim, é válido dizer que a grumixama possui propriedades medicinais importantíssimas à saúde, como diuréticas, energizantes, antioxidantes, expectorantes, anti-inflamatórias, adstringentes, aromáticas e aperientes, que ajudam a prevenir e tratar diversos males que acometem o nosso organismo.

Usos da Grumixama:

Grumixam, saborosa e rica em antocianinas, fica ótima em compota (doces de frutas), sucos e geleias e, melhor ainda, comida no pé, in natura.

A fruta da grumixama também é usada na produção de aguardentes, vinagres e licores e sua madeira é adequada para uso na marcenaria e carpintaria, ideal para ser trabalhada em torno, por sua densidade e textura firme. Costuma ser encontrada nas matas ciliares preservadas mas, está bastante rarefeita nas matas nativas porque sua madeira foi muito usada para forros e caixotaria.

Efeitos Colaterais da Grumixama:

O consumo Exagerado do Grumixama podem aparecer problemas digestivos: este efeito colateral é causada pelos hidratos de carbono de cadeia curta, em que o Grumixama é rico e que algumas pessoas não são capazes de digerir, causando inchaço, gases, cólicas estomacais, diarreia ou constipação.

Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

INFORMAÇÃO DO AUTOR: Valeria Carneiro

Dr. Valeria Carneiro Graduada na Universidade Federal de Minas Gerais em Medicina Especializada em Ginecologia e Obstetrícia, Pós Graduada no Departamento de Ginecologia na UNIFESP/ EPM a 2 anos, Experiencia clinica em patologias do trato genital feminino e foco em cirurgias ginecológicas como também especialista em partos normais e cirúrgicos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *