As 7 Causas das Dores de Cabeça Durante a Gravidez

As Causas das Dores de Cabeça Durante a Gravidez!

Revisado por

Biomédico pela UFRGS

Especialista do Cura Natural

Dores de Cabeça Durante a Gravidez que você precisa estar ciente. Além disso, para muitas mulheres, as dores de cabeça durante a gravidez são difíceis de evitar e podem tornar o estresse e os desafios da gravidez ainda mais fortes. Essas dores de cabeça podem ser pequenas irritações ou até situações mais graves. Algumas mulheres reclamam dessas dores de cabeça durante todo o período, enquanto outras dizem que as Dores de Cabeça são mais comuns no primeiro e terceiro trimestres.

dores de cabeça durante a gravidezCom tantas mulheres experimentando Dores de Cabeça Durante a Gravidez, há um monte de evidências e pesquisas sobre o assunto. Caso esteja grávida ou está pensando em ter um bebê futuramente, é importante entender as causas deste problema, bem como possíveis tratamentos.

Causas de Dores de Cabeça Durante a Gravidez: 

Existem muitas causas das Dores de Cabeça durante a gravidez, mas as mais conhecidas são uma postura corporal errada, hormônios desequilibrados, alterações no volume de sangue e falta de sono, entre outros.

Mudanças Hormonais:

Durante a gravidez, o corpo experimenta uma corrida de hormônios que podem alterar o metabolismo, humor e processos corporais de várias formas. Isso também pode levar a um aumento das Dores de Cabeça, já que o corpo tenta reequilibrar os níveis hormonais.

Por exemplo, uma corrida de progesterona no corpo, particularmente no primeiro trimestre, pode fazer com que os vasos sanguíneos presente em sua cabeça e útero relaxem. Então, como o sangue corre para preencher esse espaço, pode causar uma dor de cabeça aguda.

Problemas de postura:

À medida que o corpo muda durante a gravidez, sua postura será inevitavelmente afetada, o que pode pressionar as costas, pescoço, espinha, cabeça e ombros. Até mesmo essas pequenas mudanças na postura podem causar tensão muscular, o que pode levar a uma dor de cabeça.

Volume de sangue:

Como mencionado acima, os hormônios podem causar alterações no volume sanguíneo devido ao efeito relaxante que certos hormônios têm durante a hipertensão arterial. Qualquer alteração na pressão arterial, tanto em queda como em elevação, pode resultar em Dores de Cabeça rápidas e dolorosas que podem ser difíceis de controlar.

Congestão do seio:

O sistema imunológico pode estar fraco durante a gravidez, pois o corpo pode está focando suas forças para desenvolver um feto saudável. Isso pode facilitar a ocorrências de infecções sinusais e outras doenças comuns, o que pode aumentar a pressão nas cavidades dos sinus e levar a Dores de Cabeça.

Qualidade do sono:

Quando está grávida, a mulher pode ter dificuldade em dormir uma noite inteira, pois pode estar desconfortável ou precisa alterar a posição com bastante frequência. A falta de sono pode levar à exaustão e é uma das causas mais comuns de dor de cabeça durante a gravidez.

Pré-eclampsia:

Esta é um problema grave da pressão arterial alta que pode afetar as mulheres e representa uma ameaça para uma gravidez saudável. A dor de cabeça é o sintoma mais notável deste problema. Caso suas dores de cabeça não respondam a remédios caseiros ou medicamentos básicos, consulte seu médico.

Níveis de estresse:

O estresse e a ansiedade podem parecer emoções naturais durante a gravidez. Um aumento nos hormônios do estresse no corpo não só pode proporcionar a inflamação e dores de cabeça, mas também pode ser prejudicial para o feto.

 

 

Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

INFORMAÇÃO DO AUTOR: Kaio Rodrigues

Sou Biomédico formado pela Universidade Federal do Estado do Rio Grande do Sul (UFRGS). Tendo formação técnico-científica, com conhecimento do organismo humano tanto nos seus aspectos estruturais (células, tecidos e órgãos), quanto funcionais.

O campo de atuação do biomédico engloba toda a interface entre a biologia e a medicina clínica propriamente dita. Está apto a auxiliar no diagnóstico e avaliar clínico-laboratorialmente as doenças, os agentes etiológicos e os vetores e também exerço a função de Editor no site "Dicas de Saúde".

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *