Doença do Homem Árvore – O que é, Causas, Sintomas e Tratamentos

Revisado por

Nutrição - CRN6-MA 16199

Doença do Homem Árvore – O que é, Causas, Sintomas e Tratamentos
4.8 (95.38%) 13 vote[s]

Doença do Homem Árvore – O que é, Causas, Sintomas e Tratamentos desta terrível doença. Além disso, a Doença do Homem Árvore é muito rara, ela é conhecida como epidermodisplasia verruciforme, Existem apenas quatro pessoas no mundo identificadas com a doença.

doença do homem arvore

Quando alguém é diagnosticado com a Doença do Homem Árvore, alguma lesões surgem na pele, é importante buscar logo tratamento. Senão, a pessoa correrá o risco de ficar repletos de verrugas, porque, sem querer, pode levar o papiloma vírus humano para outras partes do nosso corpo ao morder, coçar ou ferir as outras lesões.

Doença do Homem Árvore  é hereditária extremamente que leva a formação de verrugas na pele que nunca param de crescer. Se manifesta, normalmente entre um e vinte anos de idade e afeta normalmente as mãos e os pés. O único tratamento é a remoção cirúrgica, mas as verrugas voltam a crescer em seguida, o que exige cirurgias frequentes.

Causas da Doença do Homem Árvore:

Doença do Homem Árvore é causada por um tipo de vírus HPV que faz com que a pessoa tenha inúmeras verrugas espalhadas por todo o corpo, que são tão grandes e disformes que fazem com que suas mãos e pés pareçam troncos de árvores.

A Doença do Homem Árvore é rara mas afeta gravemente a pele. Esta doença é causada pela presença do vírus HPV e também alterações no sistema imune que permite que esses vírus circulem livremente pelo corpo, levando a formação de uma grande quantidade de verrugas por todo o corpo.

Essa devida alteração genética se deve a uma mutação num traço autossômico recessivo que assim que se expressa, causa uma diminuição na imunidade celular mediada.

Este vírus em questão nesta doença é o HPV (vírus do papiloma humano) que faz começar a dar cria a essas pequenas verrugas na pele, coisas que raramente não acontece quando alguém adquire tal anomalia.

Sintomas da Doença do Homem Árvore:

Os principais Sintomas da Doença do Homem Árvore são as verrugas que começam a aparecer em diversas localidades do corpo, principalmente nas mãos, pés e também no rosto. De inicio os sintomas mais comuns são: coceira, vermelhidão na pele e descamação.

Dificuldades Enfrentada Pelos Portadores:

Devido ao enorme número de verrugas que crescem no indivíduo portador da Doença do Homem Árvore, principalmente nas mãos e nos pés, o indivíduo não consegue movimentar se, nem ter uma vida normal.

Agarrar objetos ou caminhar longas distâncias torna-se um problema sério do dia-a-dia. Portanto, para tarefas do dia-a-dia, o portador desta doença necessita de ajuda de outras pessoas. No entanto, como esta doença provoca deformidades no corpo, é normal existir exclusão social do indivíduo afetado.

causas da doença do homem arvore

Diagnóstico e Tratamento da Doença do Homem Árvore:

O diagnóstico da Doença do Homem Árvore é feito com base no histórico e quadro clínico apresentado pelo paciente. Ainda não foi descoberto um tratamento eficaz para Doença do Homem Árvore. Contudo, vários tratamentos têm sido sugeridos, sendo o mais utilizado a administração de acitretina (0,5-1,0 mg/kg) durante 6 meses.

Interferon também tem sido utilizado em associação com retinoides. Há relatos de que o uso de cimetidina pode ser eficaz por promover a depressão da proliferação celular. A remoção das lesões verrucosas é outra opção, que pode ser feita por meio de cirurgia ou crioterapia. Contudo, quando removidas, continuarão a desenvolver-se durante toda a vida.

Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

INFORMAÇÃO DO AUTOR: Ana Karolynne Goncalve

Sou graduada no curso de Nutrição pela Universidade Federal do Maranhão(UFMA), CRN6-MA 16199, com Mestrado na área da Nutrição Clínica com relação ao metabolismo, prática e terapia nutricional, realizado também na Universidade Federal do Maranhão(UFMA), Atualmente trabalho no campo de pesquisa sobre a Qualidade e Inovação em Alimentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *