Narcolepsia – O que é, Causas, Sintomas e Tratamentos

Revisado por

Nutrição e Educação Física pela UFT

Especialista do Cura Natural

Narcolepsia – O que é, Causas, Sintomas e Tratamentos que você precisa ficar atento. Além disso, a Narcolepsia é uma situação neurológica não transmissível, que se caracterizada por distúrbios de sono, tal como sonolência em excesso durante o dia, episódios temporários de fraqueza muscular, alucinações e paralisia do sono.

Os sintomas aparecem entre a infância e a adolescência, ocorrem igualmente entre homens e mulheres e afetam, em torno, de um a cada 2000 indivíduos.

A doença é popular há muito tempo, mas somente com um estudo aprofundado da fisiologia do sono, realizado na década de 1960, foi possível relacionar seus sintomas com as alterações nas fases do sono e caracterizá-la como uma patologia ligada ao Movimento Rápido dos Olhos, última fase do ciclo do sono, quando ocorre a maior parte dos sonhos das pessoas.

Causas da Narcolepsia:

A causa exata da Narcolepsia ainda é desconhecida pelos médicos, embora muitos acreditem que fatores genéticos possam estar diretamente envolvidos nas causas da Narcolepsia.

Acredita-se que a Narcolepsia seja causada pela perda de um grupo de células que se localizam no hipotálamo. Essas células morrem precocemente e não produzem um neurotransmissor chamado hipocretina, responsável por nos manter acordados.

Por isso acontece um desequilíbrio, então, na quantidade desta substância química pode levar ao aparecimento do sono REM em horas inadequadas.

Os especialistas não sabem afirmar o que leva o corpo a produzir baixas quantidades de hipocretina, mas acredita-se que uma reação autoimune possa estar envolvida nesta condição

Sintomas da Narcolepsia:

Cataplexia: é o único sintoma específico da Narcolepsia (só acontece nesta doença), mas não está encontrada em todos os casos, já que existe também a forma clínica da Narcolepsia sem cataplexia.

Na cataplexia ocorrem episódios de atonia, ou seja, perda do tônus muscular. Estes são caracterizados por uma espécie de “fraqueza muscular” que pode acometer o organismo inteiro causando a queda da pessoa ao solo, ou afetar apenas uma parte do corpo, ocasionando um movimento de “dobrar os joelhos” ou apenas um leve movimento de pender a cabeça para um lado.

Tratamento da Narcolepsia:

Uma pessoa com Narcolepsia pode apresentar vários episódios de sono irresistível durante o dia. Se tiver a oportunidade de tirar um cochilo quando isso acontecer, provavelmente acordará mais disposta, porque esses cochilos costumam ser reparadores para essas pessoas.

Os tratamentos da sonolência excessiva e da cataplexia são diferentes, mas os remédios indicados para um caso podem tratar a Narcolepsia.

Uma substância nova chamada motofanil, além da vantagem de não provocar efeitos colaterais importantes sobre o sistema cardiovascular, tem-se mostrado eficiente para deixar a pessoa mais alerta.

Já os antidepressivos agem melhor sobre a cataplexia. Às vezes, a solução terapêutica é combinar doses menores das duas classes de medicamentos (estimulantes e antidepressivos).

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *