Chá de Virgaurea – O que é, Benefícios e Como Usar

Revisado por

Graduado em Ciências da Nutrição!

Especialista do Cura Natural

Chá de Virgaurea – O que é, Benefícios e Como Usar
4.7 (93.33%) 3 vote[s]

Chá de Virgaurea – O que é, Benefícios e Como Usar as propriedades dessa planta que é rica em vários nutrientes. Alem disso, a virgaurea, cujo nome científico é Solidago virgaurea L., também é chamada de vara-de-ouro. Em outros idiomas, a planta é conhecida por goldrute (alemão), golden rod (inglês), verga d’oro (italiano) e verge d’or, solidago (francês).

Ela é natural da Europa, África, Ásia e América do Norte. Sua floração acontece entre julho e outubro.

A vara de ouro é composta por flavonoides, saponinas, quercetina, óleo de cânfora e glicosídeos fenólicos. As partes utilizadas para fazer o chá de virgaurea são o caule, folhas e flores.

Benefícios do Chá de Virgáurea:

Essas substâncias são consideradas diuréticas e que combatem inflamações na bexiga, pedras nos rins, fungos e espasmos.

Seu uso também é indicado para pessoas com Candida, que é um fungo que pode surgir na vagina ou na boca.

Algumas indicações dão parte que ela atua também nos cabelos frágeis e possui poder adstringente e estimulante. As pessoas que têm muitas aftas também fazem uso externo da vara-de-ouro.

As flores da virgaurea ou vara-de-ouro não têm um sabor forte, tampouco atuam com rispidez no organismo. Por isso mesmo, o seu chá ou extrato é indicado até mesmo para uso infantil.

Chá de Virgaurea:

Em casos como de diarreia, o ideal é pegar 10g da flor e ferver em meio litro de água. Depois disso, espere seis horas para poder tomar, depois do coado. O chá de virgaurea pode ser tomado até três xícaras por dia.

Já se o seu problema é ácido úrico, faça uma ou duas colheres (de sopa) das flores da planta em um quarto de água.

Você deve deixar a mistura ferver e só tomar após o chá ficar bem apurado depois de alguns minutos. A posologia indicada é de que não ultrapasse três xícaras por dia.

Efeitos Colaterais:

Vale lembrar que gestantes, lactantes, idosos com saúde fragilizada e crianças até os seis anos precisam passar em um médico para receberem a liberação para o consumo do chá de virgaurea.

Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

INFORMAÇÃO DO AUTOR: Rafael Cardoso

Com mais de 5 anos de experiência, Rafael Almeida é Graduado em Ciências da Nutrição pela Universidade Ceuma desde 2012. Atua em Atendimento Clínico-Nutricional, com foco no bem estar e qualidade de vida do paciente, através da reeducação alimentar e acompanhamento nutricional, com planos alimentares personalizados, de acordo com o objetivo e avaliação clínica individual, comprometido com o sucesso do tratamento de seus pacientes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *