Cabaça – O que é, Benefícios e Como Usar

Revisado por

Enfermeira

Especialista do Cura Natural

Cabaça – O que é, Benefícios e Como Usar
4.7 (94.29%) 14 vote[s]

Quer saber quais são os Benefícios da Cabaça? Quer saber como usar a também chamada de Cuia de maneira correta e conhecer seus benefícios? Continue lendo, pois aqui mostraremos todos os Benefícios da Cabaça e tudo sobre ela.

Planta da família das Cucurbitaceae, também conhecida como cabaça-amargosa, cabeça-de-romeiro, cabaça-purunga, cabaço-amargoso, cocombro, cuia, cuieteseira porongo, taquera. É erva trepadeira, um pouco perfumada, caule grosso e anguloso, o fruto é baga crustácea..

Cultivada frequentemente, principalmente como planta ornamental na Europa e no Extremo Oriente, pois suas flores são belíssimas, além de sua folhagem ser vigorosa. Seus frutos, depois de esvaziados, são usados para fabricação de vasilhames na maioria dos países onde é cultivada.

Para que Serve a Cabaça:

Graças às suas propriedades, pode ser usada para o tratamento de pernas inchadas quando na forma de cataplasmas, além de curar melancolia, clorose e obstrução das vísceras. As folhas, aquecidas e aplicadas topicamente, podem ser usadas no tratamento de frieiras, mas também ajudam a apressar partos.

cabaça beneficios

Benefícios da Cabaça:

É usada na medicina popular como antidiarreica, analgésica, antiasmática, além de suas folhas terem aplicações purgativas. Terapeuticamente tem indicações como antibiótico, anti-hemorrágico, anti-inflamatório, analgésico e antialérgico, entre outros usos. Veja os demais Benefícios da Cabaça:

Valor Nutricional da Cabaça: Entre as suas principais propriedades temos: ação purgativa e antinefrítica, amarga, drástica, emoliente e maturativa. É rica em água, fibras dietéticas e hidratos de carbono. A Cuia é ainda uma ótima fonte de complexos de vitamina B, vitamina C, potássio, cálcio, magnésio, ferro, zinco e fósforo.

​Cabaça é Rica em Zinco: Elas são uma boa fonte de zinco. O zinco é necessário para regular as atividades de genes, os níveis hormonais e promove a membrana celular saudável.

Cabaças são Diuréticas: Ela é diurética e podem ajudar a eliminar as toxinas do corpo. Sensação de ardor e dificuldade de urinar pode ser causada devido ao alto nível de ácido na urina. É de natureza alcalina e pode, assim, proporcionar alívio a partir dele.

Cabaça para Diabéticos: O Suco da Cabaça vem diminuindo a diabetes tipo 2. Ainda faz a secreção de insulina mais sensível e regula o nível de glicose no corpo. A fibra dietética também pode retardar a absorção de glucose no corpo, impedindo, assim, anormais picos no nível de açúcar.

Cabaça Auxilia a Digestão: A Cuia é um alimento bem saudável para o estômago. Ela evita dores de estômago e indigestão. Elas são facilmente digeríveis como elas são ricas em água e fibras alimentares. A fibra dietética é útil contra hemorroidas e prisão de ventre. Devido à sua natureza alcalina, seu suco é frequentemente recomendada quando uma pessoa sofre de úlceras de estômago e acidez.

Cabaça Para Perda de Peso: Ela pode ser consumida em forma de suco ou fervura. Ela é pobre em calorias e fornece apenas 15 calorias por 100 gramas de consumo. Além disso, é rica em fibra alimentar e pode manter uma pessoa saciada.

cabaça

Modo de Usar a Cabaça:

O fruto depois de maduro, sua polpa fica amarga e se constitui um purgativo drástico; é emoliente e maturativa, antigamea muito usada em cataplasmas para curar a inchação das pernas, assim como em clisteres para combater a melancolia, a clorose e a obstrução das vísceras.

Porém, seu uso deve ser controlado, pois, se a dose for exagerada causará hemorragias mortais, precedidas de sintomas idênticos ao do cólera-morbo. Suas folhas, depois de aquecidas e aplicadas topicamente, servem para apressar os partos e para curar as frieiras. Das suas sementes faz-se uma bebida forte e eficaz contra a nefrite, e que também é purgativa.

Efeitos Colaterais da Cabaça:

Seu consumo deve ser controlado, pois o seu uso em doses excessivas pode causar hemorragias mortais, precedidas por sintomas que são muito parecidos aos da cólera morbus.

Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

INFORMAÇÃO DO AUTOR: Brenda Lima

Me chamo Brenda Lima, formada em enfermagem pela EEFTESM do Rio de Janeiro desde 2016. Há alguns anos comecei a dedicar-me a produzir conteúdo para ajudar as pessoas que sofrem com uma diversidade de doenças que são oriundas da Má Alimentação. Acredito que o segredo da boa saúde é o equilíbrio, e através da boa alimentação é possível manter um corpo saudável e viver com melhor qualidade de vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *