Os 15 Benefícios da Erva de São João Para Saúde

Revisado por

Bioquímica Farmacêutica pela USP

Especialista do Cura Natural

Os 15 Benefícios da Erva de São João Para Saúde
4.6 (92%) 5 vote[s]

Os Benefícios da Erva de São João Para Saúde são diversos. Pois, a Erva de São João possui uma grande quantidade de nutrientes essenciais para saúde geral do corpo. Além disso, a Erva de São João possui esse nome peculiar devido à sua temporada de floração, que cai próximo ao Dia de São João, ou seja, 24 de junho.

Esta erva tem uma longa história, que remota ao século Iº d.C. Ela é considerada um remédio para todos os transtornos mentais. Foi nomeada como a “porção mágica” pelos reis e herbalistas na Idade Média. De fato, muitas culturas até hoje usam esta erva para se livrar do efeito dos espíritos malignos sobre o corpo!

beneficios da erva de sao joao

Valor Nutricional da Erva de São João:

O Erva de São João é rica em minerais. Ela é altamente rica em Cálcio e Fósforo. Além disso, há uma quantidade adequada de Zinco, Sódio e Magnésio presentes nessa planta. Então, confira Os 15 Benefícios da Erva de São João Para Saúde:

1. Possui Propriedades Antioxidantes:

A Erva de São João é fonte de vitamina C que como sabemos, atua como um antioxidante. Os antioxidantes são nutrientes que tem como função bloquear alguns dos danos causados por radicais livres, os quais são produzidos pelo corpo quando acontece o processo de mudança de alimentos em energia. Os antioxidantes também reduzem os danos ao corpo causados por substâncias tóxicas e poluições.

2. Benefícios da Erva de São João Para Pele:

Lesões, queimaduras e irritações de pele causadas por pequenos cortes podem ser curadas com a aplicação do óleo da Erva de São João. Os cremes também estão disponíveis para tratar esses problemas, mas os óleos funcionam melhor no oferecimento do alívio, sem deixar uma cicatriz.

3. Controla o Humor da Menopausa:

A Erva de São João é uma cura muito popular para alguns sintomas pré-menstrual e também algumas mudanças de humor na Menopausa. Sua composição química é usada para diminuir os desequilíbrios hormonais em mulheres na Menopausa, reduzindo assim o humor, a gravidade das Cólicas, irritação, Depressão e níveis de ansiedade.

4. Possui Propriedades Antivirais:

Estudos recentes demonstraram que a Erva de São João contém certas propriedades antivirais. Estas atividades recém-descobertas desta erva especial é considerada útil na prevenção e cura da SIDA, Hepatite (A & B) e várias outras condições virais graves.

5. Promove o Equilíbrio Hormonal:

Um nível hormonal desequilibrado pode levar a uma série de problemas de saúde e pele, incluindo Acne, hiper/ hipotireoidismo e ganho/perda de peso. Consumir esta erva mágica com moderação pode ajudá-lo a manter as flutuações hormonais sob controle.

6. Alivia a Dor Comum:

As fortes propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes da Erva de São João torna-se uma solução perfeita para dores articulares graves, Gota, bem como espasmos musculares. Sua natureza calmante cura o problema no interior, proporcionando-lhe assim um sentimento melhor em poucos dias.

7. Reduz a Pressão Arterial:

Você é vítima de flutuações na sua Pressão Arterial? Então, consumir as cápsulas de Erva de São João regularmente pôde ajudá-lo. Como explicado anteriormente, esta erva tem fortes propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes, que ajuda a diminuir a inflamação no sistema cardiovascular, diminuindo o Estresse em nosso coração. Isso, por sua vez, ajuda a baixar a Pressão Arterial.

8. Ajuda a Perder Peso:

A vitamina C tem sido provada ser um fator importante para a biossíntese de moléculas pequenas, tais como proteínas chamadas carnitina. A Carnitina executa e dirige a gordura das moléculas para as células no tecido, onde a queima de gordura ocorre.

9. Erva de São João na Gravidez:

Durante a gravidez, existem várias áreas no corpo que esticam dolorosamente com os meses de crescimento. A aplicação tópica da Erva de São João nas áreas afetadas pode ajudar a reduzir a dor e a inflamação. Juntamente com propriedades anti-inflamatórias, esta erva tem um efeito calmante sobre a nossa pele, e, portanto, pode ajudar no processo de recuperação rápida.

10. Controla o Tabagismo:

Fumar é um mau hábito quase todo mundo sabe disso. Mas desistir é outro jogo de bola, completamente! Um dos usos mais promissores da Erva de São João é que ela pode ser usada para ajudar a cessar o tabagismo.

11. Alivia a Dor de Ouvido:

As infecções de ouvido (otite média) que causam dores na orelha podem ser curadas com o uso da Erva de São João. Um estudo envolvendo 100 crianças provou que uma combinação de alho, Erva de São João, Calêndula e mullein pode ser usada como uma solução eficaz para aliviar a dor de ouvido.

erva de sao joao

12. Mantém Transtorno Obsessivo Compulsivo Sobre Controle:

Pessoas que sofrem de Transtorno Obsessivo Compulsivo, ou TOC, lidam, muitas vezes, com a ansiedade. Por isso, muitas pessoas podem utilizar a Erva de São João para obter alivio dos sintomas do TOC.

13. Controla a Ansiedade:

A ansiedade não é um problema novo no mundo. Eventos importantes, decisões que mudam a vida, desequilíbrios psicológicos muitas dessas situações podem torná-lo ansioso! Para muitas pessoas, esta condição pode ser fatal, especialmente para as pessoas com meia-idade e idosos.

14. Combate Dores nas Articulações:

Além de delicioso, a Erva de São João tem propriedades no combate à artrite e à artrose graças à glicosamina. A substância é eficaz na redução da velocidade do processo de desgaste das articulações, melhorando o estado geral e a qualidade de vida das pessoas com artrose.

15. Trata a Depressão:

Pesquisas e estudos em países europeus descobriram que a Erva de São João funciona como uma excelente alternativa à base de plantas para os antidepressivos químicos. Ela pode ser usada para tratar a Depressão leve a moderada.

Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

INFORMAÇÃO DO AUTOR: Byanca Stefany

Sou graduada em Ciências Farmaceuticas pela Universidade Federal do Piaui (UFPI), com pós graduação em Fármaco e Medicamentos pela Universidade de São Paulo (USP) mestrado também pela Universidade de São Paulo (USP) na área de Tecnologia Bioquímica Farmacêutica e Doutoranda pela Universidade de São Paulo (USP) na área de Farmácia Fisiopatologista e Toxicologia. Atualmente Trabalho na área de Análise Clinicas, e tambèm atuo no Instituto de Pesquisa de Ciência, tecnologia e Qualidade (ICTQ) e exerço a função de Editor no site "Dicas de Saúde".

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *