Rosácea – O que é, Causas, Sintomas e Tratamentos

Revisado por

Nutrição - CRN6-MA 16199

Rosácea – O que é, Causas, Sintomas e Tratamentos
4.8 (96.67%) 6 vote[s]

Rosácea – O que é, Causas, Sintomas e Tratamentos que você precisa conhecer agora. Além disso, a Rosácea é um problema comum caracterizada pela pele vermelha acidentada e, muitas vezes, desconfortável. Este problema atinge sua testa, bochechas e queixo-também pode deixar seus olhos secos e doloridos. Qualquer um pode desenvolver Rosácea, mas ocorre com maior frequência em mulheres brancas de meia idade.

Rosácea - O que é, Causas, Sintomas e TratamentosComo a Rosácea deixa pequenos erupções na pele, ela pode ser confundida com acne ou mesmo com uma reação alérgica. Caso a Rosácea não seja tratada, o problema pode piorar, por isso é importante compreender os sinais e sintomas. Desta forma, você pode conversar com seu médico e ter um tratamento adequado.

Rosácea o que é?

A Rosácea é uma doença de pele comum, cujos sintomas envolvem áreas de vermelhidão na pele e lesões inflamadas, especialmente nas bochechas, nariz, testa e queixo. Muitas vezes começa entre as idades de 30 e 50 anos e afeta mais mulheres do que homens.

Quando os primeiros sintomas aparecem, podem ser confundidos com queimaduras solares. Conforme a doença se agrava, vermelhidão torna-se mais duradoura e óbvia. Rosácea pode piorar ao longo do tempo, levando a mudanças permanentes na aparência e afetando a autoestima. Não há cura conhecida para a Rosácea, mas ela é tratável, com excelente controle.

Causas da Rosácea:

Assim como muitos problemas, a causa raiz da Rosácea é desconhecida. Os médicos acreditam que é uma combinação de fatores genéticos e ambientais que trazem esse problema de pele. Existem alguns fatores comuns que podem causar Rosácea:

  • Alimentos quentes ou bebidas
  • Alimentos picantes
  • Álcool
  • Calor extremo ou frio extremo
  • Luz solar
  • Estresse, raiva ou constrangimento
  • Exercício extenuante
  • Banhos quentes ou saunas
  • Corticosteroides, como a prednisona
  • Remédios que dilatam os vasos sanguíneos, incluindo alguns medicamentos para pressão arterial.

Sintomas de Rosácea:

Os sinais e sintomas que você precisa observar são:

1. Vermelhidão no rosto: A Rosácea causa vermelhidão no meio do rosto, geralmente causada por pequenos vasos sanguíneos no nariz e bochechas.

2. Pequenas erupções vermelhas: as erupções podem parecer a acne e até mesmo conter pus como as espinhas. As erupções também podem fazer com que seu rosto se torne frágil e quente.

Rosácea O que é3. Olhos irritados: os olhos irritados, inchados e vermelhos afetam cerca de metade dos pacientes com Rosácea.

4. Nariz Inchado: Um pouco raro e mais comum nos homens, a Rosácea pode fazer com que o nariz pareça bulboso (um problema conhecido como rhinophyma).

Caso tenha algum desses sinais de sintomas, você deve consultar um médico ou um dermatologista para ter o diagnóstico e o tratamento adequado.

Tratamento da Rosácea:

A Rosácea não pode ser curada, então é preciso controlar os sintomas e evitar os causadores.

Controlando os sintomas de Rosácea:

Surtos podem ser controlados com antibióticos
A vermelhidão do vaso sanguíneo pode ser tratada com lasers
A pele seca e sensível deve ser protegida com protetor solar e loções hidratantes
Os olhos irritados podem ser tratados com gotas artificiais de lágrimas
Uma pele grossa e acidentada pode ser tratada com cirurgia estética para os casos mais severos

Evitando Causadores da Rosácea:

Controle os sintomas com seu médico.

Saiba quais são os causadores e evite-os: Pode ser útil manter um diário sobre o que você está fazendo, bebendo e comendo para descobrir os causadores da Rosácea.

Proteja seu rosto: Fique fora do sol, e quando não estiver usando protetor solar e um chapéu.
Use produtos para pele sensível

Cuide dos seus olhos:Use lágrimas artificiais e limpe as pálpebras com um pano quente

Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

INFORMAÇÃO DO AUTOR: Ana Karolynne Goncalve

Sou graduada no curso de Nutrição pela Universidade Federal do Maranhão(UFMA), CRN6-MA 16199, com Mestrado na área da Nutrição Clínica com relação ao metabolismo, prática e terapia nutricional, realizado também na Universidade Federal do Maranhão(UFMA), Atualmente trabalho no campo de pesquisa sobre a Qualidade e Inovação em Alimentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *