Luteína – O que é, Fontes, Benefícios e Deficiência!

Revisado por

Bioquímica Farmacêutica pela USP

Especialista do Cura Natural

Luteína – O que é, Fontes, Benefícios e Deficiência!
4.6 (92.94%) 17 vote[s]

Luteína – O que é, Fontes, Benefícios e Deficiência que muitos desconhecem. Além disso, a Luteína pode desempenhar um papel importante nos olhos e na saúde da pele, e é encontrada em alimentos como vegetais verde-escuros e ovos. Suplementos desse carotenoide também estão disponíveis, e estes não possuem efeitos colaterais perigosos. Converse com seu médico para saber mais sobre os benefícios da Luteína e de sua ação antioxidante.

À medida que envelhecemos, há propensão na redução de Luteína dos tecidos oculares. Por este motivo, aconselha-se o consumo de alimentos ricos nesse carotenoide ao longo da vida, e também a suplementação a partir de idades mais avançadas ou em casos de carência deste carotenoide no organismo. A prescrição pode variar de pessoa para pessoa.

Luteína – O que é, Fontes, Benefícios e Deficiência!

O Que é Luteína?

A Luteína é um dos principais carotenoides naturais presente em diversos alimentos. Os carotenoides são responsáveis pela pigmentação amarela, alaranjada ou vermelha dos alimentos, por esta razão, alimentos que possuem esta coloração são boas fontes de carotenoides.

Os alimentos verdes escuros, onde a pigmentação amarela é mascarada pela cor verde da clorofila também são ricos nesse carotenoide. Uma alimentação equilibrada é capaz de garantir o aporte diário necessário de carotenoides, porém é possível compra-los na forma sintética como a Luteína em cápsulas, utilizada como suplemento alimentar.

Principais Alimentos Ricos em Luteína:

Através da alimentação é a melhor forma de se prevenir, e até mesmo tratar algumas doenças. Todos nós sabemos que as pessoas que não se alimentam bem, são mais propensas a desenvolver algumas doenças. A falta desse carotenoide no organismo pode desenvolver doenças graves. Portanto, confira agora alguns alimentos ricos nesse carotenoide:

Falar sobre o papel da alimentação na prevenção de várias doenças, é até clichê para alguns. Mas, alimentos ricos nesse carotenoide, pode prevenir até doenças como degeneração macular, que vêm com a idade. E muitas pesquisas confirmam com toda notoriedade o papel dos carotenoides na prevenção de cegueira, através da alimentação ou desse carotenoide em forma de suplemento. Então, Confira agora os Benefícios da luteína Para Saúde:

1. Benefícios da Luteína Para Saúde dos Olhos:

Esse carotenoide que é o responsável por filtrar o comprimentos prejudiciais de onda azul e de alta energia de luz. Além de atuar como antioxidantes no olho, ajudando a proteger e manter as células saudáveis​​.

2. Benefício da Luteína na Proteção do Coração:

Estudos mostraram que esse carotenoide pode ajudar a prevenir ataques de calor e derrame. Portanto, esse carotenoide pode ajudar a prevenir o estresse oxidativo ao colesterol e do sistema cardiovascular e prevenir a obstrução das artérias e espessura da artéria carótida.

Veja Também: Os 10 Benefícios do Abacate Para o Coração 

3. Benefício da Luteína por sua Ação Antioxidante:

Esse carotenoide é classificado como um antioxidante na dieta. Os antioxidantes ajudam a combater os danos dos radicais livres nas células e pode ajudar a prevenir o estresse oxidativo e inflamação crônica para o coração e outros sistemas do corpo.

Luteína – O que é, Fontes, Benefícios e Deficiência!

4. Benefícios da Luteína na Prevenção de Diabetes:

Esse carotenoide é bom na prevenção de várias doenças, incluindo diabetes. Estudos preliminares mostraram as ações desse carotenoide como um antioxidante que age diretamente tanto na prevenção, quanto no tratamento de diabetes de vários tipos.

5. Benefício da Luteína no Combate ao Câncer:

Estudos de câncer envolvendo esse carotenoide têm produzido resultados positivos. Enquanto alguns relatórios associado, tem os risco reduzido de câncer de colo do útero, próstata e cólon, outros indicam os seus benefícios diretamente ao pulmão e outros cânceres.

6. Benefícios da Luteína Contra a Degeneração Macular:

Níveis baixos desse carotenoide são associados com o desenvolvimento da degeneração macular, uma doença ocular associada com a idade e que geralmente provoca a perda da visão. De acordo com uma pesquisa, aumentar os níveis de ingestão desse carotenoide ou tomar suplementos do mesmo, ajuda a prevenir e tratar a degeneração macular.

Veja Também: Degeneração Macular- O que é, Sintomas e Tratamentos

7. Benefícios da Luteína Para Saúde da Pele:

Esse carotenoide também serve de ajuda na proteção dos lipídios, óleos e gorduras que compõem a pele, de degradação oxidativa. Ela pode ser tomada na forma de suplementos e também aplicada diretamente na pele como um creme tópico ou pomada.

Outros Benefícios da Luteína Para Saúde:

  • Saúde e proteção dos olhos e da visão;
  • Proteção contra envelhecimento precoce e manutenção da pele;
  • Combate à ação deletéria de radicais livres;
  • Fortalecimento do sistema imunológico;
  • Proteção contra replicação de células tumorais;
  • A Luteína possui capacidade protetora contra o desenvolvimento das doenças crônico-degenerativas;
  • Pode ajudar a equilibrar o açúcar no sangue e os níveis de glutationa;
  • Previne o estresse oxidativo e inflamação crônica que pode afetar o coração;
  • Pode ser útil na redução do risco de certos tipos de câncer.

Luteína – O que é, Fontes, Benefícios e Deficiência!

Sinais de Deficiência de Luteína:

Por ser um composto antioxidante, a falta desse carotenoide mais conhecido como Luteína não causa sintomas específicos, porém, a sua presença é importante para reduzir o aparecimento de doenças como a degeneração macular. Portanto, adquira uma alimentação rica nesse carotenoide, e aproveite os benefícios que ele te proporciona.

Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

INFORMAÇÃO DO AUTOR: Byanca Stefany

Sou graduada em Ciências Farmaceuticas pela Universidade Federal do Piaui (UFPI), com pós graduação em Fármaco e Medicamentos pela Universidade de São Paulo (USP) mestrado também pela Universidade de São Paulo (USP) na área de Tecnologia Bioquímica Farmacêutica e Doutoranda pela Universidade de São Paulo (USP) na área de Farmácia Fisiopatologista e Toxicologia. Atualmente Trabalho na área de Análise Clinicas, e tambèm atuo no Instituto de Pesquisa de Ciência, tecnologia e Qualidade (ICTQ) e exerço a função de Editor no site "Dicas de Saúde".

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *