Insuficiência Cardíaca – Causas, Sintomas e Tratamentos

Revisado por

Nutrição - CRN6-MA 16199

Insuficiência Cardíaca – Causas, Sintomas e Tratamentos que todos devemos saber. Além disso, a Insuficiência Cardíaca é um tipo de doença que impede que o sangue seja bombeado com a quantidade e frequência necessária para que o organismo consiga funcionar da maneira correta. Atualmente, as incidências da Insuficiência Cardíaca são muito maiores, sendo uma das principais causas de morte no Brasil e no mundo.

Os idosos são os mais afetados por essa patologia. Quanto mais rápido surgem os sintomas maiores são as chances de que o problema não consiga ser revertido com tanta facilidade. A doença pode afetar diretamente o dia a dia de quem sofre com essa disfunção, principalmente durante a práticas de atividades físicas.

O que é Insuficiência Cardíaca:

A Insuficiência Cardíaca não é uma doença por si só. É a situação em que a bomba cardíaca (o coração) se torna incapaz de manter a circulação necessária ao organismo ou só pode fazê-lo mediante uma pressão mais elevada que a normal, em vista de que o fluxo sanguíneo encontra algum impedimento para seguir o seu curso.

Isso pode acontecer em razão de diferentes doenças, tanto de causas cardíacas, como de outras causas. Em geral, mas nem sempre, a Insuficiência Cardíaca desenvolve-se aos poucos, às vezes durante anos, permitindo a adaptação gradual do coração e uma vida prolongada aos seus portadores, embora com alguma limitação.

Principais Causas:

A Insuficiência Cardíaca é uma doença crônica de longo prazo, embora possa, às vezes, se desenvolver repentinamente. Ela pode afetar apenas um dos lados do coração, sendo chamada, dependendo do caso, de Insuficiência Cardíaca direita ou Insuficiência Cardíaca esquerda. Mesmo que ela se desenvolva em somente um lado do coração, ambos os lados acabam sendo afetados conforme o tempo vai passando.

Como a função de bombeamento do coração está comprometida, o sangue pode retornar a outras áreas do corpo, acumulando-se, por exemplo, nos pulmões, fígado, trato gastrointestinal, braços e pernas.

Daí o outro nome dado à doença: Insuficiência Cardíaca. Com isso, faltam oxigênio e nutrientes para os órgãos onde houve acúmulo de sangue, prejudicando e reduzindo a capacidade destes de trabalhar adequadamente.

No Brasil a causa mais comum da Insuficiência Cardíaca é a doença arterial coronariana (DAC), na qual teremos um estreitamento dos vasos coronarianos, que são responsáveis por levar oxigênio ao músculo cardíaco, pela presença de placas de gordura podendo levar a isquemia e infarto.

Também podem levar a esta condição clínica alterações nas válvulas cardíacas, níveis pressóricos não controlados, inflamações do músculo cardíaco, doença de chagas e outras causas.

Sintomas da Insuficiência Cardíaca:

Os sintomas da Insuficiência Cardíaca dependem da câmara mais afetada e da gravidade do quadro. A disfunção do coração é na maioria das vezes um quadro progressivo e lento. A insuficiência do ventrículo esquerdo se manifesta com sintomas da baixo débito de sangue para o corpo.

O principal é a fraqueza e o cansaço aos esforços. Nas fases avançadas da Insuficiência Cardíaca, o paciente pode se cansar com tarefas simples como tomar banho e pentear o cabelo. Outro sintoma típico é a falta de ar ao deitar.

A incapacidade de bombear o sangue para os tecidos, causa um acúmulo do mesmo nos pulmões. É como se fosse um congestionamento. O sangue que sai dos pulmões não consegue chegar eficientemente ao coração porque esse não consegue bombear o sangue que já se encontra dentro dele.

Esse lentidão no fluxo pulmonar causa extravasamento chamado de congestão pulmonar. Em casos graves desenvolve-se o edema pulmonar (leia: INCHAÇOS E EDEMAS para entender como se formam os edemas). O edema do pulmão é uma urgência médica, onde o paciente literalmente se afoga fora d’água, podendo morrer se não receber tratamento a tempo.

Tratamento de Insuficiência Cardíaca:

O tipo de tratamento a ser indicado deverá ser individualizado para cada paciente e dependerá de alguns fatores como: A causa da Insuficiência Cardíaca, os sintomas e complicações clínicas apresentados pelo paciente e o estágio da doença. O tratamento. Em geral o paciente deverá restringir o uso de sal, a ingesta de líquidos e perder peso. Não poderá ingerir gorduras e frituras.

O tratamento medicamentoso avançou muito nos últimos anos, e têm possibilitado diminuição dos sintomas, aumento da sobrevida e da qualidade de vida dos pacientes. Serão utilizados anti-hipertensivos para controle da pressão arterial, diuréticos para diminuir o inchaço das pernas e liquido no pulmão, medicações que diminuam a descarga de adrenalina encontrada nestes pacientes, remédios que melhorem a contratilidade do coração e vasodilatadores.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *