Início » Doenças e Tratamentos » Infarto – o que é, causas, sintomas e prevenção!

Infarto – o que é, causas, sintomas e prevenção!

infarto

O infarto é uma condição que afeta milhares de pessoas em todo mundo. De acordo com a Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC), a cada dois minutos, um brasileiro morre de alguma doença cardíaca.

Entre os principais problemas que atingem o órgão, o Infarto e o AVC são os que mais causam mortes no país. Metade dos casos de Infarto é fulminante.

infarto
infarto

Há poucos sinais que alertam o corpo de que o Infarto está por vir. Dor no braço, no queixo e nas costas podem ser banalizados, mas são sintomas de aterosclerose – formação de placas de gordura dentro dos vasos que levam sangue ao coração.

Causas do Infarto:

Existem duas causas possíveis para um Infarto. Uma delas – a mais comum – é a obstrução das artérias que levam o oxigênio para o coração, conhecidas como artérias coronárias.

Este bloqueio acontece através de um coágulo surgido de uma placa de gordura, a ateroma, que surge dentro da parede interna da artéria.

As placas de gorduras no sangue também são chamadas de DAC – doença arterial coronariana, devido aos crescimentos frequentes advindo de outras atividades, ou da falta delas, conforme veremos adiante.

Sintomas do Infarto:

Boa parte dos casos de Infarto não apresentam nenhum sintoma. Porém, quando aparecem, podem ser divididos entre os clássicos e os mais atípicos que, normalmente, aparecem em maior parte nas mulheres.

Com relação a duração, os sintomas podem durar de alguns minutos a algumas horas, podendo surgir, desaparecer e surgir novamente.

Prevenção:

A melhor maneira para evitar é a reeducação. O fumo, a obesidade, o diabetes, hipertensão, altos níveis de colesterol, estresse, sedentarismo e histórico familiar para doenças são os fatores de risco para o ataque cardíaco. Uma alimentação saudável e a prática de esportes e atividades físicas podem reduzir os riscos de um Infarto.

A dieta rica em verduras e vegetais, com baixa ingestão de gordura animal, controle de pressão arterial e a manutenção do peso ideal são fatores que devem evitar o risco maior de uma parada cardíaca. Estatinas e outros medicamentos também podem auxiliar na prevenção reduzindo os níveis de colesterol.

Formado em Comunicação Social, especialista em jornalismo digital e SEO, responsável por criar diversos projetos na internet, afim de levar conhecimento à todos sobre saúde, beleza, bem estar, natureza e entretenimento.

4 comentários

  • […] nas artérias, veias e capilares em todo corpo, incluindo as que transportam sangue para o coração. Também afeta os linfonodos e causa sintomas que afetam o nariz, boca e garganta. É a causa mais […]

  • […] cardiovasculares mais comuns incluem doenças coronarianas, como angina, cardiopatia congênita e infarto do miocárdio (infarto do […]

  • […] dificuldade na circulação de sangue dentro do pulmão, o que pode sobrecarregar ainda mais o coração, e, se não forem logo tratadas, os sintomas ficam cada vez […]

  • […] pressão arterial de pacientes hipertensos diminui, além de também estabelecer um menor risco de infarto do […]

Deixe um comentário