Doenças e Tratamentos

Hemangioma – o que é, causas e tratamentos!

hemangioma

A hemangioma é uma má-formação vascular, com caráter benigno, e que pode ocorrer em diferentes partes do corpo. Essa condição é caracterizada por um conjunto de vasos sanguíneos não prejudicial à saúde do indivíduo, porém pode causar um desconforto estético.

hemangiomas o que e
hemangiomas o que e

Hemangioma é mais comum de acontecer no pescoço, face, peito e costas de recém-nascidos e crianças, porém também pode surgir em outros lugares, como órgãos, músculos e ossos. Normalmente, o Hemangioma possui um crescimento durante todo o primeiro ano de vida da criança.

Tipos:

Os principais tipos incluem:

  • Hemangioma no Fígado: é um tipo de tumor benigno que surge no fígado e que não provoca sintomas, sendo detectado em exames de rotina.
  • Hemangioma Cavernoso: é uma malformação dos vasos sanguíneos que está presente na pele do bebê, mas também podem afetar músculos ou ossos. Evolui com o crescimento da criança e aumenta repentinamente quando ocorre alteração hormonal, pressão local ou traumatismo;
  • Hemangioma Capilar: está situado na camada superior da pele e, normalmente, desaparece após os 10 anos de idade;
  • Hemangioma na Coluna: é uma lesão benigna dos vasos sanguíneos que se localiza na coluna vertebral, e que não apresenta sintomas. Quando provoca dores nas costas pode ser recomendada cirurgia.
  • Hemangioma Plano: é observado na pele como manchas planas cor de vinho que, a partir dos 20 anos de idade, podem aumentar, formando nódulos que podem sangrar.

Causas:

Normalmente surge durante a formação do embrião, ainda antes do nascimento. Não se sabe ao certo o motivo, mas alguns estudos relacionam o problema a algumas proteínas produzidas pela placenta durante a gravidez.

As bolinhas vermelhas ou vinho podem aparecer em diversos órgãos, sendo mais comum na pele e no fígado.

Fatores de Risco da hemangioma:

Qualquer pessoa está sujeita aos hemangiomas, mas alguns fatores de risco aumentam as chances de desenvolvê-los. Neste caso, alguns grupos de pessoas estão entre os que mais estão sujeitos ao surgimento do hemangioma. São eles:

Diagnostico:

Muitos Hemangioma superficiais podem ser diagnosticados clinicamente através de um exame físico direto, pela simples inspeção local. Nos mais profundos ou combinados, pode-se fazer o diagnóstico por meio de uma tomografia computadorizada ou de uma ressonância magnética, às vezes, realizadas por outros motivos, já que em muitas ocasiões eles são assintomáticos.

hemangioma
hemangioma

Frequentemente esta associados com outras condições patológicas, geralmente raras, também genéticas ou congênitas. Nesses casos, outros exames podem ser necessários para diagnosticar essas patologias.

Tratamento da hemangioma:

Não há como prevenir, por isso, é importante que os pais mantenham acompanhamento médico assim que perceberem qualquer mancha ou bolinhas vermelhas no corpo do bebê. Como as manchas tendem a desaparecer com o tempo, na maioria dos casos basta o especialista acompanhar a evolução do quadro.

Porém, algumas lesões podem interferir na respiração da criança e também na alimentação. Nesse caso, o tratamento para hemangioma é indicado de acordo com cada caso. Os mais comuns são a eletrocoagulação, excisão e sutura das lesões, criocirurgia ou laser.

Formado em Comunicação Social, especialista em jornalismo digital e SEO, responsável por criar diversos projetos na internet, afim de levar conhecimento à todos sobre saúde, beleza, bem estar, natureza e entretenimento.

Deixe um comentário