Bócio – O que é, Causas, Sintomas e Tratamentos

Revisado por

Dr. Valeria Carneiro Graduada em Ginecologia e Obstetrícia!

Especialista do Cura Natural

Bócio – O que é, Causas, Sintomas e Tratamentos
4.6 (92.86%) 14 vote[s]

Bócio – O que é, Causas, Sintomas e Tratamentos que todos deveriam saber. Além disso, o Bócio surge quando a glândula da tireoide aumenta de tamanho, formando uma espécie de nódulo ou caroço na região do pescoço, que se torna mais arredondado e mais largo do que o normal. O bócio geralmente consegue ser facilmente observado sem grande dificuldade, e ele pode ser simétrico, assimétrico, composto por um nódulo ou por um conjunto deles, sendo nestes casos conhecido como bócio nodular ou multinodular.

O bócio pode ter diversas causas, mas é comum surgir quando surgem distúrbios no funcionamento da tireoide , como o hipertireoidismo ou hipotireoidismo, sendo por isso recomendado consultar um endocrinologista logo que possível, para que possa investigar e tratar o bócio.

Causas do Bócio:

A causa do bócio está diretamente associada à glândula tireoide e pode ocorrer a partir de diversos problemas pré-existentes, tais como:

Deficiência de iodo: O iodo é essencial para o corpo já que produz os hormônios da tireoide . A deficiência dessa substância faz com que a tireoide se alargue como um esforço para receber mais iodo. Como em muitos países o iodo é difícil de ser encontrado na dieta, esta é a principal causa para o bócio no mundo.

Doenças graves: O bócio pode acontecer quando a glândula da tireoide gera grande quantidade de hormônio tireoidiano (ou hipertireoidismo). Em caso de doenças graves, os anticorpos gerados pelo sistema imunológico combate de forma errada a glândula tireoide , como um modo de defesa natural do organismo, fazendo com que ela produza em demasia a tiroxina, essa estimulação faz com que a tireoide inche.

Nódulos tireoidianos solitários: Nesta situação, apenas um nódulo se fortalece em uma região da glândula tireoide . Entretanto, a maioria desses nódulos é benigna e não sugerem o câncer.
Gravidez. Um hormônio fabricado durante a gravidez, chamado gonadotrofina coriônica humana (HCG), pode fazer com que a glândula tiroide aumente rapidamente.
Inflamação. A tireoidite é uma doença de origem inflamatória que pode gerar a dor e o inchaço na tireoide .

Principais Sintomas do Bócio:

Os principais sintomas que indicam o surgimento do bócio incluem:

  • Dificuldade para engolir;
  • Surgimento de um nódulo ou caroço no pescoço;
  • Aparecimento de tosse;
  • Desconforto na região do pescoço;
  • Sensação de falta de ar;
  • Rouquidão.

Além disso, também podem surgir sintomas como cansaço fácil, depressão, dores musculares ou nas articulações que podem indicar a presença de hipotireoidismo.

Tratamento do Bócio:

O tratamento vai depender da origem da formação do bócio. Ele pode consistir em administração de iodo para elevar a síntese dos hormônios se a causa for carência de iodo; tratamento com medicamentos antitireoidianos em casos de excesso de secreção; utilização de iodo radioativo para destruir uma parte da glândula hipersecretante; retirada cirúrgica parcial ou total da tireoide (tireoidectomia) ou tratamentos substitutivos (hormônios de síntese ou seja de produção) em caso de defeito da síntese de hormônios da tireoide .

Prevenção do Bócio:

Apenas o bócio cuja origem é a carência de iodo no organismo pode ser prevenido. Para isso, basta garantir seu consumo suficiente. Sua adição ao sal de cozinha praticamente erradicou os casos de bócio por esse problema no Brasil. As outras formas, no entanto, surgem por condições que não podem ser evitadas pelo paciente.

Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

INFORMAÇÃO DO AUTOR: Valeria Carneiro

Dr. Valeria Carneiro Graduada na Universidade Federal de Minas Gerais em Medicina Especializada em Ginecologia e Obstetrícia, Pós Graduada no Departamento de Ginecologia na UNIFESP/ EPM a 2 anos, Experiencia clinica em patologias do trato genital feminino e foco em cirurgias ginecológicas como também especialista em partos normais e cirúrgicos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *